24 de ago de 2008

Liturgia Diária!!!

Domingo, dia 24 de Agosto de 2008
XXI Domingo Comum (semana I do saltério)
S. Bartolomeu, apóstolo



Comentário ao Evangelho do dia feito por
Santo Hilário : "Tu és... o Filho do Deus vivo"

Leituras

Is. 22,15.19-23.
Isto diz o Senhor DEUS do universo: «Vai ter com Chebna, esse tal
administrador do palácio real,
Vou depor-te do teu cargo, destituir-te do teu posto.
Naquele dia, chamarei o meu servo Eliaquim, filho de Hilquias.
Vesti-lo-ei com a tua túnica, cingi-lo-ei com a tua faixa, porei nas suas
mãos o teu poder; será como pai para os habitantes de Jerusalém, para o
povo de Judá.
Porei sobre os seus ombros a chave do palácio de David: o que ele abrir
ninguém fechará, o que ele fechar ninguém abrirá.
Fixá-lo-ei como prego em lugar firme, será como um trono de glória para a
casa de seu pai.'»


Salmos 138(137),1-2.2-3.6.8.
Dou-te graças, SENHOR, de todo o coração, na presença dos poderosos te
hei-de louvar.
Inclino-me voltado para o teu santo templo e louvarei o teu nome, pela tua
bondade e pela tua fidelidade, porque foste mais além das tuas promessas.
Inclino-me voltado para o teu santo templo e louvarei o teu nome, pela tua
bondade e pela tua fidelidade, porque foste mais além das tuas promessas.
Quando te invoquei, atendeste-me e aumentaste as forças da minha alma.
SENHOR é excelso, mas repara no humilde e reconhece de longe o soberbo.
SENHOR tudo fará por mim! Ó SENHOR, o teu amor é eterno! Não abandones a
obra das tuas mãos!


Romanos 11,33-36.
Oh, que profundidade de riqueza, de sabedoria e de ciência é a de Deus!
Como são insondáveis as suas decisões e impenetráveis os seus caminhos!
Quem conheceu o pensamento do Senhor? Quem lhe serviu de conselheiro?
Quem antes lhe deu a Ele, para que lhe seja retribuído?
Porque é dele, por Ele e para Ele que tudo existe. Glória a Ele pelos
séculos! Ámen.


Mateus 16,13-20.
Ao chegar à região de Cesareia de Filipe, Jesus fez a seguinte pergunta aos
seus discípulos: «Quem dizem os homens que é o Filho do Homem?»
Eles responderam: «Uns dizem que é João Baptista; outros, que é Elias; e
outros, que é Jeremias ou algum dos profetas.»
Perguntou-lhes de novo: «E vós, quem dizeis que Eu sou?»
Tomando a palavra, Simão Pedro respondeu: «Tu és o Messias, o Filho de Deus
vivo.»
Jesus disse-lhe em resposta: «És feliz, Simão, filho de Jonas, porque não
foi a carne nem o sangue que to revelou, mas o meu Pai que está no Céu.
Também Eu te digo: Tu és Pedro, e sobre esta Pedra edificarei a minha
Igreja, e as portas do Abismo nada poderão contra ela.
Dar-te ei as chaves do Reino do Céu; tudo o que ligares na terra ficará
ligado no Céu e tudo o que desligares na terra será desligado no Céu.»
Depois, ordenou aos discípulos que a ninguém dissessem que Ele era o
Messias.


Da Bíblia Sagrada



Comentário ao Evangelho do dia feito por

Santo Hilário (c. 315 - 367), bispo de Poitiers, doutor da Igreja
Comentários sobre Mateus, 16

"Tu és... o Filho do Deus vivo"

O Senhor tinha perguntado: "Quem dizem os homens que é o Filho do homem?"
Naturalmente que o aspecto do seu corpo manifestava o Filho do homem mas,
ao fazer esta pergunta, ele dava a entender que, para além do que se
pudesse ver nele, havia outra coisa a discernir... O objecto da pergunta
era um mistério para o qual se devia orientar a fé dos crentes.
      
A confissão de Pedro obteve plenamente a recompensa que merecia por ter
visto naquele homem o Filho de Deus. "Feliz" é ele, louvado por ter
alongado a sua vista para além dos olhos humanos, não olhando para o que
vinha da carne e do sangue mas contemplando o Filho de Deus revelado pelo
Pai dos céus. Foi considerado digno de ser o primeiro a reconhecer o que em
Cristo era de Deus. Que belo alicerce pôde ele dar à Igreja, confirmado
pelo seu novo nome! Ele torna-se a pedra digna de edificar a Igreja de
forma a que ela rompa as leis do inferno... e todas as cadeias da morte.
Feliz porteiro do céu a quem são confiadas as chaves do acesso à
eternidade; a sua sentença na terra antecipa a autoridade do céu, de tal
forma que o que tiver ligado ou desligado na terra sê-lo-á também no céu
      
Jesus ordena ainda aos discípulos que não digam a ninguém que ele é o
Cristo porque vai ser preciso que outros, quer dizer, a Lei e os profetas,
sejam testemunhas do seu Espírito, uma vez que o testemunho da ressurreição
caberá aos apóstolos. E, assim como foi manifestada a felicidade daqueles
que conhecem Cristo no Espírito, foi igualmente manifestado o perigo de se
desconhecer a sua humildade e a sua Paixão.




Gerir directamente o seu abono (ou a sua subscrição) neste endereço : www.evangelhoquotidiano.org


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.