4 de set de 2008

Liturgia Diária!!!

Quinta-feira, dia 04 de Setembro de 2008
Santa Rosa de Viterbo, virgem, +1252, Nossa Senhora Consoladora



Comentário ao Evangelho do dia feito por
S. José Maria Escrivá de Balaguer : "Doravante, serás pescador de homens"

Leituras

1 Cor. 3,18-23.
Ninguém se engane a si mesmo: se algum de entre vós se julga sábio à
maneira deste mundo, torne-se louco para ser sábio.
Porque a sabedoria deste mundo é loucura diante de Deus. Com efeito, está
escrito: Ele apanha os sábios na sua própria astúcia.
E ainda: O Senhor conhece os pensamentos dos sábios e sabe que são fúteis.
Portanto, ninguém se glorie nos homens, pois tudo é vosso:
Paulo, Apolo, Cefas, o mundo, a vida, a morte, o presente ou o futuro. Tudo
é vosso.
Mas vós sois de Cristo e Cristo é de Deus.


Salmos 24(23),1-2.3-4.5-6.
Ao SENHOR pertence a terra e o que nela existe, o mundo inteiro e os que
nele habitam;
pois Ele a fundou sobre os mares e a consolidou sobre os abismos.
Quem poderá subir à montanha do SENHOR e apresentar-se no seu santuário?
que tem as mãos inocentes e o coração limpo, o que não ergue o espírito
para as coisas vãs, nem jura pelo que é falso.
Este há-de receber a bênção do SENHOR e a recompensa de Deus, seu salvador.

Esta é a geração dos que o procuram, dos que buscam a face do Deus de
Jacob.


Lucas 5,1-11.
Encontrando-se junto do lago de Genesaré, e comprimindo-se à volta dele a
multidão para escutar a palavra de Deus,
Jesus viu dois barcos que se encontravam junto do lago. Os pescadores
tinham descido deles e lavavam as redes.
Entrou num dos barcos, que era de Simão, pediu-lhe que se afastasse um
pouco da terra e, sentando-se, dali se pôs a ensinar a multidão.
Quando acabou de falar, disse a Simão: «Faz-te ao largo; e vós, lançai as
redes para a pesca.»
Simão respondeu: «Mestre, trabalhámos durante toda a noite e nada
apanhámos; mas, porque Tu o dizes, lançarei as redes.»
Assim fizeram e apanharam uma grande quantidade de peixe. As redes estavam
a romper-se,
e eles fizeram sinal aos companheiros que estavam no outro barco, para que
os viessem ajudar. Vieram e encheram os dois barcos, a ponto de se irem
afundando.
Ao ver isto, Simão Pedro caiu aos pés de Jesus, dizendo: «Afasta-te de mim,
Senhor, porque sou um homem pecador.»
Ele e todos os que com ele estavam encheram-se de espanto por causa da
pesca que tinham feito; o mesmo acontecera
a Tiago e a João, filhos de Zebedeu e companheiros de Simão. Jesus disse a
Simão: «Não tenhas receio; de futuro, serás pescador de homens.»
E, depois de terem reconduzido os barcos para terra, deixaram tudo e
seguiram Jesus.


Da Bíblia Sagrada



Comentário ao Evangelho do dia feito por

S. José Maria Escrivá de Balaguer (1902-1975), presbítero, fundador
Homilia em "Amigos de Deus"

"Doravante, serás pescador de homens"

"Eis que vou enviar grande número de pescadores que os pescarão, oráculo do
Senhor" (Jr 16,16). Mostra-nos assim a nossa grande missão: a pesca. Diz-se
ou escreve-se por vezes que o mundo é como um mar. Há muita verdade nesta
comparação. Na vida humana, como no mar, há períodos de calma e de
tempestade, tranquilidade e ventos violentos. Os homens encontram-se
frequentemente em águas amargas, entre grandes vagas; avançam no meio de
tormentas quais tristes navegadores, até quando parecem alegres, mesmo
exuberantes: as suas gargalhadas tentam dissimular o seu desencorajamento,
a sua decepção, a sua vida sem caridade nem compreensão. Devoram-se uns aos
outros, como os peixes.
      
Fazer de modo a que todos os homens entrem, de boa vontade, nas redes
divinas e se amem uns aos outros, eis a tarefa dos filhos de Deus. Se somos
cristãos, devemos transformar-nos nestes pescadores que descreve o profeta
Jeremias com a ajuda de uma metáfora que Jesus Cristo igualmente empregou
por várias vezes: "Vinde após mim e farei de vós pescadores de homens",
disse ele a Pedro e a André.
    
Vamos acompanhar Cristo nesta pesca divina. Jesus está "à beira do lago de
Genesaré e as pessoas acotovelam-se à sua volta, desejosas de escutar a
palavra de Deus" (Lc 5,1). Tal como hoje! Não o vêem?




Gerir directamente o seu abono (ou a sua subscrição) neste endereço : www.evangelhoquotidiano.org


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.