13 de out de 2008

Liturgia Diária!!!

Segunda-feira, dia 13 de Outubro de 2008
S. Eduardo III, rei de Inglaterra, +1066, Beata Alexandrina Costa, virgem, +1955



Comentário ao Evangelho do dia feito por
São  Justino : «Ora aqui está alguém que é maior do que Salomão»

Leituras

Gálatas 4,22-24.26-27.31.5,1.
Com efeito, está escrito que Abraão teve dois filhos: um da escrava e outro
da mulher livre.
Mas, enquanto o da escrava foi gerado segundo a carne, o da mulher livre
foi gerado por causa da promessa.
Isto está dito em alegoria; pois elas representam duas alianças: uma, a do
monte Sinai, foi a que gerou para a escravidão; essa é Agar.
Mas a Jerusalém do alto é livre; essa é a nossa mãe,
pois está escrito: Alegra-te, ó estéril, que não dás à luz; rejubila e
grita, tu que não sentes as dores de parto; pois são muitos os filhos da
abandonada, mais do que os daquela que tem marido!
Por isso, irmãos, não somos filhos da escrava, mas da mulher livre.
Foi para a liberdade que Cristo nos libertou. Permanecei, pois, firmes, e
não vos sujeiteis outra vez ao jugo da escravidão.


Salmos 113(112),1-2.3-4.5.6-7.
Louvai, servos do SENHOR, louvai o nome do SENHOR.
Bendito seja o nome do SENHOR, agora e para sempre.
Desde o nascer ao pôr-do-sol, seja louvado o nome do SENHOR.
SENHOR reina sobre todas as nações, a sua majestade está acima dos céus.
Quem é como o SENHOR, nosso Deus, que tem o seu trono nas alturas?
Ele se inclina, lá do alto, para observar o céu e a terra.
Ele levanta do pó o indigente e tira o pobre da miséria,


Lucas 11,29-32.
Como as multidões afluíssem em massa, começou a dizer: «Esta geração é uma
geração perversa; pede um sinal, mas não lhe será dado sinal algum, a não
ser o de Jonas.
Pois, assim como Jonas foi um sinal para os ninivitas, assim o será também
o Filho do Homem para esta geração.
A rainha do Sul há-de levantar-se, na altura do juízo, contra os homens
desta geração e há-de condená-los, porque veio dos confins da terra para
ouvir a sabedoria de Salomão; ora, aqui está quem é maior do que Salomão!
Os ninivitas hão-de levantar-se, na altura do juízo, contra esta geração e
hão-de condená-la, porque fizeram penitência ao ouvir a pregação de Jonas;
ora, aqui está quem é maior do que Jonas.»


Da Bíblia Sagrada



Comentário ao Evangelho do dia feito por

São  Justino (c.100 -160), filósofo, mártir
Diálogo com Trífon (34-36)

«Ora aqui está alguém que é maior do que Salomão»

Deixai-me citar um salmo, dito pelo Espírito Santo a David; dizeis que tem
a ver com Salomão, vosso rei, mas tem a ver com Cristo [...]: «Ó Deus,
concede ao rei a tua rectidão» (Sl 71,1). Como Salomão se tornou rei,
dizeis que é dele que este salmo fala; mas as palavras do salmo designam
nitidamente um rei eterno, que é Cristo. Porque Cristo foi-nos anunciado
como rei, sacerdote, Deus, Senhor, anjo, homem, chefe supremo, pedra,
criança por nascimento, como um ser de dor num primeiro momento, depois
como um ser que se eleva aos céus, e que regressa na glória da sua realeza
eterna [...]
«Ó Deus, concede ao rei a tua rectidão e a tua justiça ao filho do rei,
para que julgue o teu povo com justiça e os teus pobres com equidade [...]
Todos os reis se prostrarão diante dele; todas as nações o servirão» [...].
Salomão foi um rei grande e ilustre; no seu reinado foi edificada a casa a
que chamamos Templo de Jerusalém, mas é claro que nada do que é dito no
salmo lhe aconteceu. Nenhum rei o adorou nem o seu reino não se estendeu
até aos confins da Terra, os seus inimigos não se curvaram a seus pés para
lhes sacudir a poeira [...]

O «Senhor do universo» (Sl 23,10) não é Salomão; é Cristo. Assim que
ressuscitou de entre os mortos e subiu aos céus, ordenou aos príncipes que
Deus nomeou no céu «para abrirem as portas» do céu, a fim de que «Aquele
que é o Rei da glória entre» e suba para «se sentar à direita do Pai, até
que ele faça dos inimigos escabelo para seus pés», como é dito noutros
salmos (23,109). Mas quando os príncipes do céu O viram sem figura nem
beleza, sem honra, nem glória (Is 53,2), não O reconheceram e perguntaram:
«Quem é esse Rei glorioso?» (Sl 23,8). O Espírito Santo responde-lhes
então: «O Senhor do universo, eis o Rei glorioso». Com efeito, não é de
Salomão, que tanta glória teve enquanto rei [...], que se pôde dizer: «Quem
é ele, esse Rei glorioso?»




Gerir directamente o seu abono (ou a sua subscrição) neste endereço : www.evangelhoquotidiano.org


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.