1 de nov de 2008

Liturgia Diária!!!

Sabado, dia 01 de Novembro de 2008


Todos os Santos



Comentário ao Evangelho do dia feito por
Santo Ambrósio : « Vi uma multidão imensa..., de todas as nações, raças, povos e línguas..., de pé, diante do trono e diante do Cordeiro» (Ap. 7,9)

Leituras

Apoc. 7,2-4.9-14.
Depois, vi outro anjo que subia do Oriente, levando o selo do Deus vivo e
gritando com voz forte aos quatro anjos, aos quais fora dado o poder de
danificar a terra e o mar. E dizia:
«Não danifiqueis a terra nem o mar nem as árvores, até que tenhamos marcado
com um selo a fronte dos servos do nosso Deus.»
Ouvi também o número dos que foram assinalados: cento e quarenta e quatro
mil, de todas as tribos dos filhos de Israel:
Depois disto, apareceu na visão uma multidão enorme que ninguém podia
contar, de todas as nações, tribos, povos e línguas. Estavam de pé com
túnicas brancas diante do trono e diante do Cordeiro, e com palmas na mão.
Aclamavam em alta voz: «A salvação pertence ao nosso Deus, que está sentado
no trono, e ao Cordeiro.»
E todos os anjos, que estavam de pé à volta do trono, dos anciãos e dos
quatro seres viventes, prostraram-se diante do trono, com a face por terra,
e adoraram a Deus,
aclamando: «Ámen! O louvor, a glória, a sabedoria, a acção de graças, a
honra, o poder e a força devem ser dados ao nosso Deus pelos séculos do
séculos. Ámen!»
Então, um dos seres viventes tomou a palavra e disse-me: «Estes, que estão
vestidos de túnicas brancas, quem são e donde vieram?»
Eu respondi-lhe: «Meu senhor, tu é que sabes.» Ele disse-me: «Estes são os
que vêm da grande tribulação; lavaram as suas túnicas e as branquearam no
sangue do Cordeiro.


Salmos 24(23),1-2.3-4.5-6.
Ao SENHOR pertence a terra e o que nela existe, o mundo inteiro e os que
nele habitam;
pois Ele a fundou sobre os mares e a consolidou sobre os abismos.
Quem poderá subir à montanha do SENHOR e apresentar-se no seu santuário?
que tem as mãos inocentes e o coração limpo, o que não ergue o espírito
para as coisas vãs, nem jura pelo que é falso.
Este há-de receber a bênção do SENHOR e a recompensa de Deus, seu salvador.

Esta é a geração dos que o procuram, dos que buscam a face do Deus de
Jacob.


1 João 3,1-3.
Vede que amor tão grande o Pai nos concedeu, a ponto de nos podermos chamar
filhos de Deus; e, realmente, o somos! É por isso que o mundo não nos
conhece, uma vez que o não conheceu a Ele.
Caríssimos, agora já somos filhos de Deus, mas não se manifestou ainda o
que havemos de ser. O que sabemos é que, quando Ele se manifestar, seremos
semelhantes a Ele, porque o veremos tal como Ele é.
Todo o que tem esta esperança em Deus, torna-se puro, como Ele, que é puro.



Mateus 5,1-12.
Ao ver a multidão, Jesus subiu a um monte. Depois de se ter sentado, os
discípulos aproximaram-se dele.
Então tomou a palavra e começou a ensiná-los, dizendo:
«Felizes os pobres em espírito, porque deles é o Reino do Céu.
Felizes os que choram, porque serão consolados.
Felizes os mansos, porque possuirão a terra.
Felizes os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados.
Felizes os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia.
Felizes os puros de coração, porque verão a Deus.
Felizes os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus.
Felizes os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o
Reino do Céu.
Felizes sereis, quando vos insultarem e perseguirem e, mentindo, disserem
todo o género de calúnias contra vós, por minha causa.
Exultai e alegrai-vos, porque grande será a vossa recompensa no Céu; pois
também assim perseguiram os profetas que vos precederam.»


Da Bíblia Sagrada



Comentário ao Evangelho do dia feito por

Santo Ambrósio (c. 340-397), bispo de Milão e doutor da Igreja
Sobre o bem da morte

« Vi uma multidão imensa..., de todas as nações, raças, povos e línguas..., de pé, diante do trono e diante do Cordeiro» (Ap. 7,9)

Fortalecidos com os ensinamentos [da Escritura], caminhemos sem tremer para
o nosso redemptor, Jesus, para a assembleia dos patriarcas, partamos para o
nosso pai, Abraão, assim que o dia chegar. Caminhemos para essa congregação
dos santos, essa assembleia de justos. Iremos para os nossos pais, aqueles
que nos ensinaram a fé; mesmo se as obras nos faltam, que a fé nos ajude,
defendamos a nossa herança! Iremos aos lugares onde Abraão abre o seu seio
aos pobres como Lázaro (Lc 16,19s); aí repousam aqueles que suportaram o
rude peso da vida deste mundo. Agora, Pai, estende mais e mais as tuas mãos
para acolheres estes pobres, abre os teus braços, alarga o teu seio para os
acolheres melhor, pois são muitos os que acreditaram em Deus.Iremos ao
paraíso de felicidade onde Adão, outrora caído numa emboscada de
salteadores, já não pensa em curar as suas feridas, onde o próprio
malfeitor goza da sua parte do Reino celeste (cf Lc 10, 30; 23,43). Lá onde
nenhuma nuvem, nenhuma trovoada, nenhum raio, nenhuma tempestade de vento,
nem trevas, nem crespúsculo, nem verão, nem inverno, marcarão a
instabilidade dos tempos. Nem frio, nem granizo, nem chuva. O nosso pobre
pequeno sol, a lua, as estrelas, já não servirão para nada; só o luz de
Deus resplandecerá, porque Deus será a luz de todos, essa luz verdadeira
que ilumina todo o homem resplandecerá para todos (Ap 21, 5; Jo 1, 9). Nós
iremos aonde o Senhor Jesus preparou moradas para todos os seus servos,
para que, aí onde Ele está, nós estejamos também (Jo 14, 2-3).«Pai, aqueles
que me deste, quero que, lá onde eu estiver, estejam comigo, e que
contemplem a minha glória» (Jo 17, 24)... Nós seguimos-te, Senhor Jesus;
mas, para isso, chama-nos, pois sem ti ninguém ascende. Tu és o caminho, a
verdade, a vida (Jo 14,6), a possibilidade, a fé, a recompensa. Recebe-nos,
fortalece-nos, dá-nos a vida!




Gerir directamente o seu abono (ou a sua subscrição) neste endereço : www.evangelhoquotidiano.org


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.