12 de nov de 2008

Liturgia Diária!!!

Quarta-feira, dia 12 de Novembro de 2008


S. Josafá Kuncevicz, monge, bispo, mártir, +1623



Comentário ao Evangelho do dia feito por
S. Bernardo : «Os outros nove, onde estão?»

Leituras

Tito 3,1-7.
Recorda-lhes que sejam submissos e obedientes aos governantes e
autoridades, que estejam prontos para qualquer boa obra,
que não digam mal de ninguém, nem sejam conflituosos, mas sejam afáveis,
mostrando sempre amabilidade para com todos os homens.
Pois também nós éramos outrora insensatos, rebeldes, extraviados, escravos
de toda a espécie de paixões e prazeres, vivendo na maldade e na inveja,
odiados e odiando-nos uns aos outros.
Mas, quando se manifestou a bondade de Deus, nosso Salvador, e o seu amor
para com os homens,
Ele salvou-nos, não em virtude de obras de justiça que tivéssemos
praticado, mas da sua misericórdia, mediante um novo nascimento e renovação
do Espírito Santo,
que Ele derramou abundantemente sobre nós por Jesus Cristo, nosso Salvador,

a fim de que, justificados pela sua graça, nos tornemos, segundo a nossa
esperança, herdeiros da vida eterna.


Salmos 23(22),1-3.3-4.5.6.
SENHOR é meu pastor: nada me falta.
Em verdes prados me faz descansar e conduz-me às águas refrescantes.
Reconforta a minha alma e guia-me por caminhos rectos, por amor do seu
nome.
Reconforta a minha alma e guia-me por caminhos rectos, por amor do seu
nome.
Ainda que atravesse vales tenebrosos, de nenhum mal terei medo porque Tu
estás comigo. A tua vara e o teu cajado dão-me confiança.
Preparas a mesa para mim à vista dos meus inimigos; ungiste com óleo a
minha cabeça; a minha taça transbordou.
Na verdade, a tua bondade e o teu amor hão-de acompanhar-me todos os dias
da minha vida, e habitarei na casa do SENHOR para todo o sempre.


Lucas 17,11-19.
Quando caminhava para Jerusalém, Jesus passou através da Samaria e da
Galileia.
Ao entrar numa aldeia, dez homens leprosos vieram ao seu encontro;
mantendo-se à distância,
gritaram, dizendo: «Jesus, Mestre, tem misericórdia de nós!»
Ao vê-los, disse-lhes: «Ide e mostrai-vos aos sacerdotes.» Ora, enquanto
iam a caminho, ficaram purificados.
Um deles, vendo-se curado, voltou, glorificando a Deus em voz alta;
caiu aos pés de Jesus com a face em terra e agradeceu-lhe. Era um
samaritano.
Tomando a palavra, Jesus disse: «Não foram dez os que ficaram purificados?
Onde estão os outros nove?
Não houve quem voltasse para dar glória a Deus, senão este estrangeiro?»
E disse-lhe: «Levanta-te e vai. A tua fé te salvou.»


Da Bíblia Sagrada



Comentário ao Evangelho do dia feito por

S. Bernardo (1091-1153), monge cisterciense e doutor da Igreja
Sermões diversos, n.º 27

«Os outros nove, onde estão?»

Vemos, hoje em dia, muitas pessoas que rezam, mas, afinal, não as vemos a
voltar atrás para dar graças a Deus [...] «Não foram os dez curados? Onde
estão pois os outros nove?» Estais a lembrar-vos, penso eu, que foi nestes
termos que o Salvador se lamentou acerca da ingratidão dos outros nove
leprosos. Podemos ler que eles sabiam «rezar, suplicar e pedir», pois
tinham levantado a voz para exclamar: «Jesus, Filho de David, tende piedade
de nós». Mas faltou-lhes uma quarta coisa que o apóstolo Paulo reclama: «a
acção de graças» (1Tm2,1), porque não voltaram para dar graças a Deus.

Nos nossos dias é ainda frequente ver um considerável número de pessoas
pedir a Deus com insistência o que lhes falta, mas são em pequeno número as
que parecem ficar reconhecidas com os dons recebidos. Não há mal em pedir
com insistência, mas o que faz que Deus não nos atenda é considerar que nos
falta gratidão. Afinal, talvez seja até um acto de clemência da sua parte
recusar aos ingratos o que estes pedem, para que não venham a ser julgados
com rigor por causa da sua ingratidão [...]. É pois por misericórdia que
Deus retém por vezes a sua misericórdia [...]

Vede portanto como todos os que estão curados da lepra do mundo, quero
dizer, das desordens evidentes, não aproveitam a sua cura. Alguns, com
efeito, foram atingidos por uma chaga bem pior do que a lepra, tanto mais
perigosa por ser uma chaga mais interior. É por isso com razão que o Senhor
do mundo pergunta onde estão os outros nove leprosos, porque os pecadores
se afastam da salvação. É por isso que, depois de o primeiro homem ter
pecado, Deus lhe perguntou: «Onde estás?» (Gn 3,9).




Gerir directamente o seu abono (ou a sua subscrição) neste endereço : www.evangelhoquotidiano.org


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.