30 de nov de 2008

Liturgia Diária!!!

Domingo, dia 30 de Novembro de 2008
1º Domingo do Advento - B

1º Domingo do Advento - Ano B (semana I do saltério)
Santo André, apóstolo



Comentário ao Evangelho do dia feito por
S. Pascácio Radberto : "Tendo cuidado e vigiai: porque não sabeis quando virá o tempo"

Leituras

Is. 63,16-17.19.64,2-7.
Mas Tu és o nosso pai! Pois Abraão não nos conhece e Israel também nos
ignora. Só Tu, SENHOR, és o nosso pai, e o teu nome, desde sempre, é
«Redentor-nosso.»
Porquê, SENHOR, nos deixas extraviar dos teus caminhos? Porque permites que
o nosso coração se endureça para não te respeitar? Volta-te para nós, por
amor dos teus servos, e das tribos da tua herança!
Somos, desde há muito, um povo que Tu não governas, que não é designado
pelo teu nome. Quem dera que rasgasses os céus e descesses, derretendo os
montes com a tua presença,
vendo os prodígios impressionantes que operavas.
Nunca nenhum ouvido ouviu, nem nenhum olho viu que algum deus, excepto Tu,
fizesse tanto por quem nele confia.
Vais ao encontro daquele que pratica o bem com alegria, e se recorda de ti
seguindo os teus caminhos. Mas eis que te irritaste por causa dos nossos
pecados. Afasta as nossas faltas e seremos salvos.
Todos nós éramos pessoas impuras; as nossas melhores acções eram como panos
ensanguentados. Murchávamos como folhas secas, e as nossas maldades
arrastavam-nos como o vento.
Ninguém invocava o teu nome, nem se esforçava por se apoiar em ti; porque
escondias de nós a tua face, e nos entregavas às nossas iniquidades.
Mas Tu, SENHOR, é que és o nosso pai. Nós somos a argila e Tu és o oleiro.
Todos nós fomos modelados pelas tuas mãos.


Salmos 80(79),2-3.15-16.18-19.
pastor de Israel, escuta, Tu que conduzes José como um rebanho, Tu que tens
o teu trono sobre os querubins!
Mostra a tua grandeza às tribos de Efraim, Benjamim e Manassés! Desperta o
teu poder e vem salvar-nos!
Deus do universo, volta, por favor, olha lá do céu e vê: cuida desta vinha!

Trata da cepa que a tua mão direita plantou, dos rebentos que fizeste
crescer para nós.
Mas estende a tua mão sobre o teu escolhido, sobre o homem que para ti
fortaleceste.
nunca mais nos afastaremos de ti; conserva-nos a vida e invocaremos o teu
nome.


1 Cor. 1,3-9.
graça e paz vos sejam dadas da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus
Cristo.
Dou incessantemente graças ao meu Deus por vós, pela graça de Deus que vos
foi concedida em Cristo Jesus.
Pois nele é que fostes enriquecidos com todos os dons, tanto da palavra
como do conhecimento.
Assim, foi confirmado em vós o testemunho de Cristo,
de modo que não vos falta graça alguma, a vós que esperais a manifestação
de Nosso Senhor Jesus Cristo.
É Ele também que vos confirmará até ao fim, para que sejais encontrados
irrepreensíveis no Dia de Nosso Senhor Jesus Cristo.
Fiel é Deus, por quem fostes chamados à comunhão com seu Filho, Jesus
Cristo Nosso Senhor.


Marcos 13,33-37.
«Tomai cuidado, vigiai, pois não sabeis quando chegará esse momento.
É como um homem que partiu de viagem: ao deixar a sua casa, delegou a
autoridade nos seus servos, atribuiu a cada um a sua tarefa e ordenou ao
porteiro que vigiasse.
Vigiai, pois, porque não sabeis quando virá o dono da casa: se à tarde, se
à meia-noite, se ao cantar o galo, se de manhãzinha;
não seja que, vindo inesperadamente, vos encontre a dormir.
O que vos digo a vós, digo a todos: vigiai!»


Da Bíblia Sagrada



Comentário ao Evangelho do dia feito por

S. Pascácio Radberto (? - c. 849), monge beneditino
Comentário sobre o evangelho de Mateus 11, 24 ; PL 120, 799 (trad. Delhougne, Les Pères commentent, p. 14)

"Tendo cuidado e vigiai: porque não sabeis quando virá o tempo"

É preciso termos sempre em consideração uma dupla vinda de Cristo: uma,
quando Ele vier e nós tivermos de prestar contas de tudo o que tivermos
feito; a outra, quotidiana, quando Ele visita sem cessar a nossa
consciência e vem a nós a fim de nos encontar prontos por ocasião da sua
vinda definitiva. Com efeito, para que me serve conhecer o dia do juizo, se
estou consciente de tantos pecados? Saber que o Senhor vem, se Ele não vier
primeiro ao meu coração, se não entrar no meu espírito, se Cristo não viver
e não falar em mim? Então sim, é bom que Cristo venha se, antes que tudo,
Ele vive em mim e eu nele. Para mim, é como se a segunda vinda se tivesse
já realizado, uma vez que o desaparecimento do mundo já ocorreu em mim,
porque de certa forma posso dizer: "O mundo está crucificado para mim e eu
para o mundo" (Ga 6,14).
      
Reflecti também sobre esta palavra de Jesus: "Muitos virão em meu nome" (Mt
24,5). Só o Anticristo se apodedra deste nome, ainda que isso seja para nos
enganar... Em nenhuma passagem da Escritura encontrareis que o Senhor tenha
declarado: "Eu sou Cristo". Porque lhe bastava mostrar que o era, pelos
seus ensinamentos e pelos seus milagres, uma vez que o Pai agia com Ele. O
ensino da sua palavra e o seu poder gritavam: "Eu sou Cristo", com mais
força do que milhares de vozes teriam gritado. Portanto, não sei se
podereis achar que Ele o tenha dito em palavras, mas mostrou-o "cumprindo
as obras do Pai" (Jo 5,36) e ministrando um ensino impregnado de piedade
filial. Os falsos messias, que são disso desprovidos, só podem usar os seus
discursos para suportar as suas pretensões enganadoras.




Gerir directamente o seu abono (ou a sua subscrição) neste endereço : www.evangelhoquotidiano.org


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.