17 de nov de 2008

Novena de Nossa Senhora das Graças

Irmãos e Irmãs! Hoje é o dia de iniciarmos a Novena à Nossa Senhora das Graças! Acompanhe conosco por aqui esta maravilhosa novena. Todo dia traremos as orações e um pouco da história desta aparição de Nossa Senhora aprovada pela Igreja que originou a Medalha Milagrosa.
Ore conosco!

Informações Gerais:

pesquisa: Regina Perina

A MEDALHA MILAGROSA

Santa Catarina Labouré foi distinguida no dia 27 de novembro de 1830, com a aparição da Virgem Santíssima.

Nossa Senhora tinha os dedos cobertos de anéis e pedrarias de indizível beleza, dos quais desprendiam raios luminosos para todos os lados, envolvendo a Virgem de extraordinário esplendor.

Maria Santíssima disse: Eis o símbolo das graças que derramamos sobre as pessoas que as pedem.

Como se não pudesse com o peso das graças, os braços se abaixaram e se abriram na atitude graciosa que se vê na medalha milagrosa. Formou-se então, em torno da Virgem Maria, um quadro onde se liam em letras de ouro essas palavras: Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorrremos a Vós.

A Santíssima Virgem confiou-lhe então esta missão:

Manda cunhar uma medalha por este modelo. As pessoas que a usarem receberão grandes graças; hão de ser abundantes as graças para os que a trouxerem com confiança.

A Virgem Maria fez compreender a Santa Catarina o quanto lhe são agradáveis s orações dos que a invocam, e quanto é generosa em conceder o que lhe pedem.

Reza-se a novena em qualquer época do ano e muito especialmente de 18 a 26 de novembro em preparação para a Grande Festa no dia 27 de novembro.


Súplica a Nossa Senhora (rezar todos os dias da novena):

Ó Imaculada Virgem! Mãe de DEUS e nossa Mãe, ao contemplar-Vos de braços abertos derramando graças sobre os que vô-las pedem, cheios de confiança na vossa poderesa intercessão, embora reconhecendo a nossa indignidade, por causa de nossas numerosas culpas, acercamo-nosde vossos pés, para Vos expor durante esta novena, as nossas mais prementes necessidades (mencionar as necessidades).

Concedei, pois, ó Virgem da Medalha Milagrosa este favor que confiantes Vos solicitamos, para maior glória de Deus, engrandecimento do Vosso Nome, e bem de nossas almas, e para melhor servirmos ao vosso Divino Filho, inspirai-nos um profundo ódio ao pecado e dai-nos coragem de nos afirmarmos sempre, verdadeiros cristãos.

PRIMEIRO DIA: (Primeira Aparição)

Contemplemos a Virgem Imaculada, em sua primeira aparição a Santa Catarina Labouré. A piedosa noviça, guiada por seu Anjo da Guarda, é apresentada à Imaculada Senhora. Consideremos sua inefável alegria. Seremos também felizes como Santa Catarina, se trabalharmos com ardor para nossa santificação. Gozaremos as delícias do paraíso, se nos privarmos dos gozos terrenos. Amém.
3 Ave-Marias.

Reze: 3 AVE-MARIAS, acrescentando em cada uma: Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós.


Oração Final (rezar todos os dias da novena):

Santíssima Virgem, eu creio e confesso vossa santa e Imaculada Conceição, pura e sem mancha. Ó puríssima Virgem Maria, por vossa Conceição Imaculada e gloriosa prerrogativa de Mãe de Deus, alcançai-me de vosso amado Filho a humildade, a caridade, a obediência, a castidade, a santa pureza de coração, de corpo e espírito, a perseverança na prática do bem, uma santa vida e uma boa morte, e a graça (peça a graça) que peço com toda a confiança. Amém.


Um comentário:

  1. Novena: (prova dos noves fora) = NADA.

    Essa coisa da «IMACULADA CONCEIÇÂO» foi durante muitos séculos após a morte de Jesus e Maria considerada insuportável (insustentável) pela teologia vigente da própria igreja católica romana.



    O dogma da Imaculada Conceição, proclamado a 08.12.1854 por Pio IX (Bula «Ineffabilis Deus»)


    Foi o valoroso argumentista «João Duns Escoto» que faleceu em 8 de Novembro de 1308 que com os seus sofismas fabricou os argumentos ja há muito esperados pelos defensores desse erróneo conceito.

    Os protestantes não aceitam esse conceito em relação à mãe de Jesus, mas proclamam-no em relação a Jesus.

    Eu atrevo-me a dizer claramente que nem Jesus teve uma «IMACUKLADA CONCEIÇÃO».

    É certo que ELE nunca pecou, mas para nos salvar carregou os pecados de TODA A UMANIDADE. Assim ao ser concebido aceitou voluntária e amorosamente a mácula do pecado Adâmico (também chamado de original), isto é o pecado de todos os homens (e mulheres) passou pare ELE.

    Foi por isso que morreu por nós e foi essa a razão que o levou a aceitar um corpo humano MORTAL.

    O «filho de DEUS» que já existia antes de ser concebido como homem era imortal e passou a ser um homem mortal.

    Essa ideia está bem expressa na Bíblia:
    Por ex.

    «De facto, Deus fez o que era impossível à Lei, por estar sujeita à fraqueza da carne: ao enviar o seu próprio Filho, em carne idêntica à do pecado e como sacrifício de expiação pelo pecado, condenou o pecado na carne,» (Rm 8, 3)

    «Aquele que não havia conhecido o pecado, Deus o fez pecado por nós, para que nos tornássemos, nele, justiça de Deus.» (2 Cor 5, 21)

    Como podem observar nestes 2 textos, DEUS fez do seu FILHO PECADO. Mas que pecado?!
    O pecado de Adão; chamado de ORIGINAL.

    Assim, como diz a escritura que o salário do PECADO é a MORTE, Jesus teve que nascer MORTAL e ... morreu.

    Ora confira:

    «É que o salário do pecado é a morte; ao passo que o dom gratuito que vem de Deus é a vida eterna, em Cristo Jesus, Senhor nosso. » (Rm 6, 23)

    Portanto, não houve em TODA a humanidade nenhuma Conceição Imaculada.

    Adão e Eva não nasceram, mas neles foi criada TODA a humanidade que recebeu desse casal a mácula.

    Jesus (por vontade própria e por amor por nós) quis fazer parte desta HUMANIDADE maculada para que pudéssemos receber o dom da ressurreição, pois antes não havia essa bem-aventurada esperança.

    ResponderExcluir

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.