5 de dez de 2008

Celibato é dom e carisma, diz bispo

MARINGÁ, sexta-feira, 21 de novembro de 2008 (ZENIT.org).- Diante de polêmicas levantadas pela mídia brasileira sobre a questão do celibato, um arcebispo explica que o celibato sacerdotal «é dom e carisma, para poder servir mais e melhor».

Dom Anuar Battisti, arcebispo de Maringá (Brasil), afirma que o chamado ao sacerdócio «deve ser coroado pela entrega total como pessoa, mas vivido em comunhão com os demais membros do presbitério».

«O ministro consagrado vive livremente a sua entrega, na solidão fecunda, alimentada na oração pessoal, na Eucaristia, na Palavra e no amor pastoral a todos que encontrar pelo caminho», afirma, em mensagem difundida hoje pela CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).

O arcebispo recorda a carta Celibato Sacerdotal, publicada por Paulo VI em 1967, que afirma que o ‘sacerdote configura-se mais perfeitamente a Cristo, também no amor com que o eterno Sacerdote amou a Igreja seu Corpo, oferecendo-se inteiramente por ela, para a tornar Esposa sua, gloriosa, santa e imaculada’.

De acordo com Dom Anuar, a Igreja tem consciência da escassez de sacerdotes em relação às necessidades da população do mundo.

«Ela sabe também que não é abolindo o celibato que vai resolver o problema. Hoje, há igrejas onde os ministros são casados e sentem a mesma dificuldade», afirma.

«Posso dizer, olhando a nossa realidade, que temos um bom número de sacerdotes, cinco em missão em outras Igrejas, e mais de trinta jovens se preparando para assumir a missão de evangelizar como sacerdotes celibatários.»

O arcebispo afirma que a promessa do Senhor –“Vos darei Pastores segundo o meu coração” (Jr 3,15)– «não falha».

«Vamos orar como disse Jesus: ‘a Messe é grande, os operários poucos, pedi ao Senhor que envie operários para sua messe’», recomenda Dom Anuar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.