"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12

24 de set de 2008

NOVENA À SANTA TERESINHA DO MENINO JESUS!

DIA 1º DE OUTUBRO É DIA DE SANTA TERESINHA! A NOVENA PODE COMEÇAR EM QUALQUER DIA E EM QUALQUER MÊS, (há um grande número de amigos de Santa Teresinha que fazer a novena em qualquer mês entre os dias 9 e 17) MAS PARA QUEM QUER TERMINAR A NOVENA NO DIA DELA DEVE COMEÇAR EM 22/09, SEGUNDA FEIRA PASSADA...
MAS SE VOCÊ QUISER FAZER A PARTIR DE HOJE, AÍ VAI:

A NOVENA

Durante 9 dias, rezam-se 24 "GLÓRIA AO PAI, AO FILHO E AO ESPÍRITO SANTO, ASSIM COMO ERA NO PRINCÍPIO, AGORA E SEMPRE POR TODOS OS SÉCULOS DOS SÉCULOS, AMÉM", agradecendo a DEUS os favores e graças com que cumulou a Santa, durante os 24 anos em que viveu na terra. 

ORAÇÃO PARA TODOS OS DIAS DA NOVENA.

Santíssima Trindade, 
Pai, Filho e Espírito Santo 
que enriquecestes de graças e bênçãos 
a alma de vossa serva Santa Teresinha 
durante os 24 anos que passou na terra, 
concedei por intercessão 
de tão venturosa santa 
a graça que tão ardentemente peço...
(pede-se a graça) 
se for para o nosso bem 
e conforme a vossa Santíssima Vontade. 

Aumentai a minha fé 
e a minha esperança, 
ó poderosa santa, 
cumprindo mais uma vez a vossa promessa 
de que ninguém vos invocará em vão, 
fazendo-me ganhar uma rosa, 
sinal que alcançarei a graça pedida.

IRMÃOS DE SANTA TEREZINHA

1. Leia e medite a Palavra de Deus (Bíblia) diariamente;
2. Divulgue a Bíblia, doando pelo menos um exemplar ao ano;
3. Conheça a vida de Santa Teresinha lendo seu livro "História de uma Alma";
4. Divulgue a vida de Santa Teresinha, através da impressão e distribuição da "Novena das Rosas";
5. Participe da Santa Missa (confesse e comungue);
6. Ore sempre pelo Papa, Bispos, Padres, pelo Povo e nunca se esqueça dos Jovens;
7. Motive a formação de Grupos de Oração, onde você possa trocar experiências e colocar a vida cristã em comum.

SÃO MIGUEL ARCANJO E O PAPA LEÃO XIII

O Papa Leão XIII

No dia 29 de setembro de 1891 o grande pontífice Leão XIII fez publicar a oração que finalizou o capítulo anterior. Oração chamada por muitos de “Pequeno Exorcismo de Leão XIII”. Este Vigário de Roma não só a publicou como mandou que obrigatoriamente os sacerdotes a rezassem no encerramento de todas as Missas. 

O tempo passou, vieram as reformas litúrgicas e esta oração já não se torna mais obrigatória no final das Celebrações.

Porém, o Espírito Santo tem colocado esta oração nos lábios e no coração de milhões de fiéis e de muitos sacerdotes que diariamente rezam-na com todo fervor. E isto tem acontecido porque juntos, como corpo que somos da Igreja, precisamos invocar o Príncipe da Milícia Celeste para que ele lance no abismo as forças do mal que ainda atuam no mundo com o único objetivo de perder as almas.

Afinal, porque Leão XIII publicou esta oração e ordenou que ela fosse rezada?

O motivo foi uma revelação divina.

Sua Santidade estava fazendo sua ação de graças na Missa, quando viu a terra ser invadida por enormes nuvens sombrias de espíritos infernais. Durante a visão ouviu uma discórdia entre Jesus e satanás, este exigia um pouco mais de tempo para destruir a Igreja ao que o Senhor respondeu: “Terás o tempo que pedes depois faremos as contas”.

Leão XIII, iluminado por Deus intuiu que a vitória desta discórdia estava entregue a São Miguel e que seria ele quem precipitaria o Príncipe das trevas, com todos os que o servem, no mais profundo abismo.

Este fato já foi muito comentado na Igreja e mesmo na imprensa secular. Durante algum tempo caiu no esquecimento. Mas graças a Deus este relato e a oração composta pelo Pontífice vêm sendo resgatado no coração do povo de Deus. 

É preciso que a rezemos diariamente e em várias ocasiões!

A visão é muito clara: nuvem de demônios invadindo a terra. E contra eles o Senhor quer que invoquemos o Arcanjo São Miguel.

Reze esta oração!

Chame seu esposo ou esposa e, mesmo na cama, rezem o pequeno exorcismo de Leão XIII.

Convide seus filhos ou seus irmãos e ore com eles.

E se não houver ninguém, encha o coração de fé; confiando na vitória de Deus, acreditando que São Miguel está com você sinta-se como soldado da milícia celeste e reze com fervor:

“São Miguel Arcanjo defendei-nos no combate, sede nosso refúgio contra a maldade e as ciladas do demônio!

Ordene-lhe Deus, instantemente o pedimos; e vós príncipe da milícia celeste, pelo poder divino, precipitai no inferno a satanás e a todos os espíritos malignos que andam pelo mundo para perder as almas. Amém.”

Liturgia Diária!!!

Quarta-feira, dia 24 de Setembro de 2008
Nossa Senhora das Mercês, S. Vicente Maria Strambi, bispo, +1824



Comentário ao Evangelho do dia feito por
S. João Crisóstomo : «A tua majestade suprema é proclamada pela boca das crianças, dos pequeninos» (Sl 8,3)

Leituras

Prov. 30,5-9.
Toda a palavra de Deus é provada ao fogo, é um escudo para aqueles que
confiam nele.
Nada acrescentes às suas palavras, para que não te repreenda e sejas achado
mentiroso.
Peço-te duas coisas, não mas negues antes da minha morte:
Afasta de mim a falsidade e a mentira, não me dês pobreza nem riqueza,
concede-me o pão que me é necessário,
para que, saciado, não te renegue, e não diga: «Quem é o Senhor?» Ou,
empobrecido, não roube e não profane o nome do meu Deus.


Salmos 119,29.72.89.101.104.163.
Afasta-me dos caminhos da mentira; concede-me a graça da tua lei.
Prezo mais a lei da tua boca do que milhões em ouro e prata. Yod
SENHOR, a tua palavra permanece para sempre, mais estável do que os céus.
Desviei os meus pés de todo o mau caminho para obedecer às tuas palavras.
Dos teus preceitos recebi entendimento; por isso detesto os caminhos da
mentira. Nun
Odeio e detesto a mentira, mas amo a tua lei.


Lucas 9,1-6.
Tendo convocado os Doze, deu-lhes poder e autoridade sobre todos os
demónios e para curarem doenças.
Depois, enviou-os a proclamar o Reino de Deus e a curar os doentes,
e disse-lhes: «Nada leveis para o caminho: nem cajado, nem alforge, nem
pão, nem dinheiro; nem tenhais duas túnicas.
Em qualquer casa em que entrardes, ficai lá até ao vosso regresso.
Quanto aos que vos não receberem, saí dessa cidade e sacudi o pó dos vossos
pés, para servir de testemunho contra eles.»
Eles puseram-se a caminho e foram de aldeia em aldeia, anunciando a
Boa-Nova e realizando curas por toda a parte.


Da Bíblia Sagrada



Comentário ao Evangelho do dia feito por

S. João Crisóstomo (c. 345-407), bispo de Antioquia depois de Constantinopla, doutor da Igreja
4ª homilia sobre a 1ª epístola aos Coríntios

«A tua majestade suprema é proclamada pela boca das crianças, dos pequeninos» (Sl 8,3)

A cruz conquistou os espíritos no meio de pregadores ignorantes, e isso no
mundo inteiro. Não se tratava de questões banais, mas de Deus e da
verdadeira fé, da vida segundo o Evangelho, e do julgamento futuro. A cruz
transformou, pois, em filósofos, pessoas simples e iletradas. Eis como: «a
loucura de Deus é mais sábia que o homem, e a sua fraqueza, mais forte» (1
Co 1,25).

Como é que é mais forte? Porque se propaga pelo mundo inteiro, porque
submeteu os homens ao seu poder e resiste aos inumeráveis adversários que
gostariam de ver desaparecer o nome do Crucificado. Pelo contrário, esse
nome desabrochou e propagou-se; os seus inimigos pereceram, desapareceram;
os vivos que combatiam um morto foram reduzidos à impotência... Com efeito,
o que publicanos e pecadores conseguiram vencer pela graça de Deus, os
filósofos, os oradores, os reis, em breve, a terra inteira, em toda a sua
extensão, não foi sequer capaz de o imaginar... Era pensando nisso que o
apóstolo Paulo dizia: «A fraqueza de Deus é mais forte que todos os
homens». De outro modo, como teriam podido esses doze pecadores pobres e
ignorantes imaginar uma tal empresa?




Gerir directamente o seu abono (ou a sua subscrição) neste endereço : www.evangelhoquotidiano.org