"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12

15 de out de 2008


A ATHOS PRODUÇÕES,cujo objetivo é promover eventos de evangelização.

Estará disponibilizando no dia 18 de Outubro,de 09 ás 11:00 horas

Lote promocional de ingressos para o show de lançamento do DVD 'Rosa de Saron Acústico -16 de Novembro-Ginásio Marista

Segue valores lote promocional:

R$ 5,00 - (MEIA ENTRADA)

R$ 10,00(INTEIRA)

*Promoção valida somente para o dia 18 de outubro,após esta data valor normal.

R$ 15,00(MEIA ENTRADA)

R$ 30,00(INTEIRA

Locais de vendas:

*Livraria Yeshua

Portal da Glória -Vila Velha

(27)3239-1467

*Sacra Familia

ao lado da igreja Católica de Jardim Camburi-Vitória

(27)3347-0547

*Livraria Bom Pastor-Campo Grande

(27)3226-8731

Em anexo flyer do evento.

-Obrigatória a apresentação da carteira de identidade estudantil para compra de meia-entrada;

-Só poderão fazer uso da meia-entrada estudantes devidamente matriculados na rede de ensino pública e privada e idosos com mais de 60 anos;

-É obrigatória a apresentação do documento de identidade na entrada do evento,a organização do evento se reserva ao direito de não permitir a entrada de pessoas sem documentos;

-Será limitada a compra de no máximo 04 ingressos por pessoa,para coibir a ação de cambistas,não nos responsabilizamos por ingressos adquiridos fora dos pontos de vendas.

ATHOS PRODUÇÕES

(27)3337-0781

CNBB: NOTA SOBRE A DOAÇÃO DE ÓRGÃOS


Reunidos em Brasília nos dias 24 a 26 de setembro
de 2008, nós – Bispos do Conselho Permanente da
CNBB – desejamos esclarecer a posição da Igreja Católica
a respeito da doação de órgãos de pessoas com
morte encefálica comprovada. A questão tem sua relevância,
dado o grande número de pessoas que estão à
espera de algum tipo de órgão.
Recordamos antes de tudo a Palavra do Senhor,
que diz: “O Filho do Homem não veio para ser servido,
mas para servir e dar a sua vida em resgate por
muitos” (Mc 10,45). Guiados pela luz do evangelho,
vemos na doação voluntária de órgãos um gesto de
amor fraterno em favor da vida e da saúde do próximo.
É uma prova de solidariedade, grandeza de espírito
e nobreza humana.
O magistério da Igreja tem se manifestado favorável
à doação voluntária de órgãos. O Catecismo da Igreja
Católica afirma: “a doação gratuita de órgãos após
a morte é legítima e pode ser meritória” (n. 2301). A
encíclica Evangelium Vitae ensina: “merece particular
apreço a doação de órgãos feita segundo normas eticamente
aceitáveis para oferecer possibilidades de saúde
e de vida a doentes, por vezes já sem esperança” (n.
86). O Papa João Paulo II por ocasião do 18º Congresso
Internacional sobre Transplantes de Órgãos, dizia: “A
doação de órgãos é uma decisão livre de oferecer, sem
recompensa, uma parte do próprio corpo em benefício
da saúde e do bem-estar de outra pessoa”. (Roma 29
de agosto de 2000).
Manifestamos nossa solidariedade para com milhares
de pessoas que estão em lista de espera, na
expectativa de receber algum órgão para sua sobrevivência,
recuperação e saúde. Encorajamos as pessoas
e especialmente as famílias a que – livre, conscientemente
e com a devida proteção legal – doem órgãos
como gesto de amor solidário em consonância com o
evangelho da vida. Certamente estamos diante de um
gesto nobre e comovente: um sim à vida. Aproveitamos
a ocasião também para recordar que a moral católica
considera lícita não apenas a doação voluntária
de órgãos, bem como os transplantes. Encorajamos a
todos a colaborarem sempre mais com as doações de
sangue e de medula óssea, tão necessárias.
No entanto, destacamos que a doação de órgãos
exige rigorosa observância dos princípios éticos que
proíbem a provocação da morte dos doadores, a
comercialização e o tráfico de órgãos. Sejam conscienciosamente
respeitadas a inviolabilidade da vida e a
dignidade da pessoa. A ética determina, ainda, que o
consentimento do doador ou de sua família seja livre
e consciente, após ter recebido todas as informações
requeridas.
A Lei Federal nº 10.211 de 23 de março de 2001,
determina que a família tem o direito de decidir a doação
de órgãos da pessoa em estado de morte encefálica;
assim, aqueles que se dispõem à doação, devem
manifestar previamente aos familiares a sua intenção.
O Sistema Nacional de Transplantes é que decide sobre
os critérios de destinação justa dos órgãos doados
e sobre a organização das listas de espera, evitando e
coibindo toda tentativa de comércio de órgãos.
A doação de órgãos não contraria à fé cristã na ressurreição
final, pois “Deus dá vida aos mortos e chama
à existência o que antes não existia” (Rm 4,17). Todos
aqueles que se dispõem a doar órgãos aos irmãos, tenham
a certeza de que o amor e tudo o que se faz por
amor permanecerão para sempre: “o amor jamais acabará”
(1Cor 13,8).

Informativo Cléofas Extra - 15/10/2008

Informativo Cléofas - Extra!, 15 de Outubro de 2008 - Ano III - Número 94

Evento: Acampamento de Oração

Data: 17 a 19 de Outubro
Local: Sede da comunidade Canção Nova - Cachoeira Paulista-SP
Tel: (12) 3186-2600
Site: www.cancaonova.com

Na sede da comunidade Canção Nova (em Cachoeira Paulista-SP) nos dias 17, 18 e 19 de Outubro 2008, será realizado um Acampamento de Oração com o tema: “Quando o sofrimento bater a sua porta”. O evento trará uma programação diversificada, com adoração ao santíssimo sacramento, pregações, celebração da Santa Missa e várias atividades para aqueles que vierem participar do evento. Teremos a participação de Monsenhor Jonas Abib, Pe. Fábio de Melo, Prof. Felipe Aquino, Dunga, Eliana Ribeiro e Salette Ferreira. O evento será realizado no Centro de Evangelização Dom João Hipólito de Moraes, e toda cobertura você poderá estar conferindo no eventos.cancaonova.com. Obs: No sábado a noite teremos um show com Salette Fereira.

Confirme a sua presença ou sua caravana no telefone (12) 3186 2600.

Esperamos por você nesse grande Acampamento de Oração!


* Caso não deseje mais receber a newsletter, entre em contato e escolha o assunto "Newsletter - REMOVER"
** Veja nossas regras para a newsletter aqui.

© 2008 - Editora Cléofas

2009: Ano Catequético Nacional - 'Catequese, caminho para o Discipulado'

1. POR QUE UM ANO CATEQUÉTICO:

Há cinqüenta anos acontecia o primeiro Ano Catequético, hoje, dando continuidade ao dinamismo do movimento catequético, queremos fazer com que todas as nossas Dioceses, Paróquias e comunidades, sejam de fato comunidades catequizadoras, cuja eixo norteador é a formação para o discipulado e missão. Neste sentido, a 44ª Assembléia Geral dos Bispos (2006) aprovou por unanimidade a realização de um Ano Catequético, celebrando 50 anos do primeiro Ano Catequético, ocorrido em 1959. A iniciativa é resultado da importância e valorização que a Igreja vem dando a CATEQUESE, como ficou expresso no processo de elaboração do Diretório Nacional de Catequese (DNC – 2002 a 2005); e também na V Conferência de Aparecida, sem o impulso da catequese não há como formar discípulos missionários.

O Ano Catequético tem como tema: "Catequese , caminho para o discipulado" e lema: "Nosso coração arde quando Ele fala, explica as Escrituras e parte o pão" (Lc 24,13-35). Terá sua culminância com a 3ª Semana Brasileira de Catequese que se realizará de 7 a 11 de outubro de 2009 em Itaici (Indaiatuba - SP).

2. COMO A IGREJA ESTÁ SE PREPARANDO PARA O ANO CATEQUÉTICO:

O objetivo do ano catequético se expressa da seguinte forma: Dar novo impulso à catequese como serviço eclesial e como caminho para o discipulado.

A busca de um novo impulso à catequese, levando à consciência de que a catequese é uma dimensão de toda ação evangelizadora. Uma ação eclesial só é evangelizadora se também catequiza. Catequese não é portanto, uma ação restrita aos ministros da catequese, mas é de todo cristão. Com isso há necessidade de recuperar a concepção de catequese como processo permanente de educação da fé e não somente em vista à preparação aos sacramentos.

Catequese como caminho para o discipulado, traz presente a necessidade do encontro pessoal com Jesus Cristo e conseqüentemente o seguimento e missão, todo discípulo é missionário, são as duas faces de uma mesma realidade, conforme afirma o Documento de Aparecida .

A CNBB, através da Comissão Episcopal Pastoral para Animação Bíblico-Catequética, convoca a Igreja do Brasil para o Ano Catequético Nacional de 2009 e apresenta como instrumento de trabalho o TEXTO-BASE.

Este subsídio para o grande mutirão catequético está centrado na iniciação à vida cristã, no discipulado missionário, à luz do itinerário dos discípulos de Emaús (Lc 24,13-35).

Está organizado em três partes, seguindo o método ver-julgar-agir, resgatado e valorizado no Documento de Aparecida (DA 19) e presente também no Diretório Nacional de Catequese (DNC 157).

ANO CATEQUÉTICO É PARA TODA IGREJA:

Não quer ser um evento isolado, se insere no processo de recepção do Documento de Aparecida, nas novas Diretrizes aprovadas na 46ª Assembléia Geral da CNBB, nos demais eventos eclesiais, enfim, quer impulsionar e dinamizar toda a caminhada pastoral da Igreja, Dioceses, Prelazias, Paróquias, comunidades, Pastorais e Movimentos. Diante disso, os Bispos, os Párocos, primeiros responsáveis pela catequese, juntamente com os agentes de pastoral leigos/as, de modo especial os/as catequistas são conclamados a dinamizar as atividades propostas para este evento que tem a seguinte programação:

ABERTURA OFICIAL :

2º Domingo de Páscoa nas Dioceses, Prelazias, Paróquias, Comunidades, com criatividade e de forma celebrativa.

Um destaque na 47ª Assembléia Geral dos Bispos (2009): Celebração Eucarística ou outro evento.

Encerramento: Domingo de Cristo-Rei.

TEMA DA 3ª SEMANA BRASILEIRA DE CATEQUESE:

"Iniciação à Vida Cristã"

DATA E LOCAL: 07 a 11 de outubro de 2009 - Indaiatuba (Itaici) - SP

Fonte: CNBB

Liturgia Diária!!!

Quarta-feira, dia 15 de Outubro de 2008
Santa Teresa de Ávila, virgem, doutora da Igreja, +1582



Comentário ao Evangelho do dia feito por
São Siluane : «Ai de vós, fariseus, porque gostais do primeiro lugar nas sinagogas»

Leituras

Gálatas 5,18-25.
Ora, se sois conduzidos pelo Espírito, não estais sob o domínio da Lei.
Mas as obras da carne estão à vista. São estas: fornicação, impureza,
devassidão,
idolatria, feitiçaria, inimizades, contenda, ciúme, fúrias, ambições,
discórdias, partidarismos,
invejas, bebedeiras, orgias e coisas semelhantes a estas. Sobre elas vos
previno, como já preveni: os que praticarem tais coisas não herdarão o
Reino de Deus.
Por seu lado, é este o fruto do Espírito: amor, alegria, paz, paciência,
benignidade, bondade, fidelidade,
mansidão, auto-domínio. Contra tais coisas não há lei.
Mas os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne com as suas paixões e
desejos.
Se vivemos no Espírito, sigamos também o Espírito.


Salmos 1,1-2.3.4.6.
Feliz o homem que não segue o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho
dos pecadores, nem toma parte na reunião dos libertinos;
antes põe o seu enlevo na lei do SENHOR e nela medita dia e noite.
como a árvore plantada à beira da água corrente: dá fruto na estação
própria e a sua folhagem não murcha; em tudo o que faz é bem sucedido.
Mas os ímpios não são assim! São como a palha que o vento leva.
SENHOR conhece o caminho dos justos, mas o caminho dos ímpios conduz à
perdição.


Lucas 11,42-46.
Mas ai de vós, fariseus, que pagais o dízimo da hortelã, da arruda e de
todas as plantas e descurais a justiça e o amor de Deus! Estas eram as
coisas que devíeis praticar, sem omitir aquelas.
Ai de vós, fariseus, porque gostais do primeiro lugar nas sinagogas e de
ser cumprimentados nas praças!
Ai de vós, porque sois como os túmulos, que não se vêem e sobre os quais as
pessoas passam sem se aperceberem!»
Um doutor da Lei tomou a palavra e disse-lhe: «Mestre, falando assim,
também nos insultas a nós.»
Mas Ele respondeu: «Ai de vós, também, doutores da Lei, porque carregais os
homens com fardos insuportáveis e nem sequer com um dedo tocais nesses
fardos!


Da Bíblia Sagrada



Comentário ao Evangelho do dia feito por

São Siluane (1866-1938), monge ortodoxo
Escritos

«Ai de vós, fariseus, porque gostais do primeiro lugar nas sinagogas»

A alma do homem humilde é como o mar; quando atiramos uma pedra ao mar, a
pedra agita a superfície das águas durante uns instantes, mas em seguida
mergulha nas profundezas. Assim são absorvidas as dores no coração do homem
humilde, porque a força do Senhor está com ele.

Onde habitas tu, alma humilde? Quem vive em ti? E a que posso eu
comparar-te? Resplandeces, brilhante como o sol, mas não te consomes,
apesar de arderes (Ex 3, 2), e aqueces todos os homens com o teu ardor. A
ti pertence a terra dos mansos, nas palavras do Senhor (Mt 5, 4). És
semelhante a um jardim florido, ao fundo do qual se encontra uma casa
magnífica, onde o Senhor gosta de repousar.

Amam-te o céu e a terra. Amam-te os santos apóstolos, os profetas, os
santos e os bem-aventurados. Amam-te os anjos, os serafins, os querubins.
Ama-te, na tua humildade, a puríssima Mãe do Senhor. Ama-te o Senhor, que
rejubila em ti.




Gerir directamente o seu abono (ou a sua subscrição) neste endereço : www.evangelhoquotidiano.org