19 de jan de 2009

Liturgia Diária!!!

Segunda-feira, dia 19 de Janeiro de 2009
Segunda-feira da 2ª semana do Tempo Comum

S. Canuto, rei da Dinamarca, mártir, +1086, Santos Mário, Marta, Audíface e Ábaco, mártires, +270



Comentário ao Evangelho do dia feito por
Rupert de Deutz : «O esposo está com eles»

Leituras

Heb. 5,1-10.
Todo o Sumo Sacerdote tomado de entre os homens é constituído em favor dos
homens, nas coisas respeitantes a Deus, para oferecer dons e sacrifícios
pelos pecados.
Pode compadecer-se dos ignorantes e dos que erram, pois também ele está
cercado de fraqueza;
por isso, deve oferecer sacrifícios, tanto pelos seus pecados, como pelos
do povo.
E ninguém tome esta honra para si mesmo, mas somente quem é chamado por
Deus, tal como Aarão.
Assim também Cristo não se atribuiu a glória de se tornar Sumo Sacerdote,
mas concedeu-lha aquele que lhe disse: Tu és meu Filho, Eu hoje te gerei.
E, como diz noutro passo: Tu és sacerdote para sempre, segundo a ordem de
Melquisedec.
Nos dias da sua vida terrena, apresentou orações e súplicas àquele que o
podia salvar da morte, com grande clamor e lágrimas, e foi atendido por
causa da sua piedade.
Apesar de ser Filho de Deus, aprendeu a obediência por aquilo que sofreu
e, tornado perfeito, tornou-se para todos os que lhe obedecem fonte de
salvação eterna,
tendo sido proclamado por Deus Sumo Sacerdote segundo a ordem de
Melquisedec.


Salmos 110,1.2.3.4.
Disse o SENHOR ao meu senhor: «Senta-te à minha direita, e Eu farei dos
teus inimigos um estrado para os teus pés.»
De Sião, o SENHOR estenderá o ceptro do teu poder. Dominarás os teus
inimigos na batalha!
tua família é de nobres, desde o dia em que nasceste; no esplendor do
santuário, das entranhas da madrugada, como orvalho, Eu te gerei.
SENHOR jurou e não voltará atrás: «Tu és sacerdote para sempre, segundo a
ordem de Melquisedec.»


Marcos 2,18-22.
Estando os discípulos de João e os fariseus a jejuar, vieram dizer-lhe:
«Porque é que os discípulos de João e os dos fariseus guardam jejum, e os
teus discípulos não jejuam?»
Jesus respondeu: «Poderão os convidados para a boda jejuar enquanto o
esposo está com eles? Enquanto têm consigo o esposo, não podem jejuar.
Dias virão em que o esposo lhes será tirado; e então, nesses dias, hão-de
jejuar.»
«Ninguém deita remendo de pano novo em roupa velha, pois o pano novo puxa o
tecido velho e o rasgão fica maior.
E ninguém deita vinho novo em odres velhos; se o fizer, o vinho romperá os
odres e perde-se o vinho, tal como os odres. Mas vinho novo, em odres
novos.»


Da Bíblia Sagrada



Comentário ao Evangelho do dia feito por

Rupert de Deutz (c. 1075-1130), monge beneditino
A Santíssima Trindade e as suas obras, livro 42, sobre Isaías, 2, 26 (trad. Ir. Isabelle de la Source, Lire la Bíble, Mediaspaul, t. 6, p. 156)

«O esposo está com eles»

«Com grande alegria rejubilei no Senhor e o meu coração exulta no meu
Deus.» (Is 61,10). [...] A vinda, a presença do Senhor de que fala o
profeta neste versículo é o beijo que deseja a esposa do Cântico dos
Cânticos quando diz: «Ah! Beija-me com ósculos da tua boca!» (Cant 1,2). E
esta esposa fiel é a Igreja: nasceu dos patriarcas, noivou em Moisés e nos
profetas; com o desejo ardente do seu coração, suspira pela vinda do seu
Bem-Amado. [...] Cheia de alegria, agora que recebeu este beijo, exclama na
sua felicidade: «Eu exulto de alegria no Senhor!»
Participando nesta alegria, João Baptista, o ilustre «amigo do Esposo», o
confidente dos segredos do Esposo e da esposa, o testemunho do seu amor
mútuo, declara: «Quem tem a esposa é o esposo; e o amigo do esposo, que o
acompanha e escuta, alegra-se sobremaneira, ouvindo a voz do esposo. Essa é
a minha alegria, que agora é completa.» (Jo 3,29). Indubitavelmente, o que
foi o precursor do Esposo no seu nascimento, o precursor também da sua
Paixão quando desceu aos infernos, anunciou a Boa Nova à Igreja que se
encontrava à espera. [...]
Por conseguinte, este versículo ajusta-se completamente à Igreja jubilosa
que, na mansão dos mortos, se apressa a ir ao encontro do Esposo: «Com
grande alegria rejubilei no Senhor e o meu coração exulta no meu Deus.» E
qual é a causa da minha alegria? Qual é o motivo do meu júbilo? «Porque me
revestiu com a roupagem da salvação e me cobriu com o manto da justiça» (Is
61,10). Em Adão, tinha sido despida, tinha tido de juntar folhas de
figueira para esconder a minha nudez; miseravelmente coberta de túnicas de
pele, fui expulsa do paraíso (Gn 3,7.21). Mas hoje, o meu Senhor e meu Deus
converteu as folhas em roupagem da salvação. Pela sua Paixão, ele
revestiu-me com uma primeira roupa, a do baptismo e da remissão dos
pecados; e, no lugar da túnica de peles da mortalidade, envolveu-me numa
segunda roupa, a da ressurreição e da imortalidade.




Gerir directamente o seu abono (ou a sua subscrição) neste endereço : www.evangelhoquotidiano.org


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.