17 de fev de 2009

Liturgia Diária!!!

Terça-feira, dia 17 de Fevereiro de 2009
Terça-feira da 6ª semana do Tempo Comum

Santos Fundadores da Ordem dos Servitas, século XIV



Comentário ao Evangelho do dia feito por
Santo Anselmo : «Não vedes? Ainda não compreendeis?»

Leituras

Gén. 6,5-8.7,1-5.10.
O Senhor reconheceu que a maldade dos homens era grande na Terra, que todos
os seus pensamentos e desejos tendiam sempre e unicamente para o mal.
O Senhor arrependeu-se de ter criado o homem sobre a Terra, e o seu coração
sofreu amargamente.
E o Senhor disse: «Eliminarei da face da Terra o homem que Eu criei, e,
juntamente com o homem, os animais domésticos, os répteis e as aves dos
céus, pois estou arrependido de os ter feito.»
Noé, porém, era agradável aos olhos do Senhor.
O Senhor disse, depois, a Noé: «Entra na arca, tu e toda a tua família,
porque só a ti reconheci como justo nesta geração.
De todos os animais puros levarás contigo sete pares, o macho e a fêmea;
dos animais que não são puros levarás um par, o macho e a sua fêmea;
das aves do céu, também sete pares, macho e fêmea, a fim de conservares a
sua raça viva sobre a Terra.
Porque dentro de sete dias, vou mandar chuva sobre a Terra, durante
quarenta dias e quarenta noites, e exterminarei na superfície de toda a
Terra todos os seres que Eu criei.»
E Noé cumpriu tudo quanto o Senhor lhe ordenara.
Ao cabo de sete dias, as águas do dilúvio submergiram a Terra.


Salmos 29(28),1-2.3-4.8.9-10.
Filhos de Deus, prestai ao SENHOR, prestai ao SENHOR glória e honra.
Prestai ao Senhor a glória do seu nome, adorai o SENHOR no seu átrio
sagrado.
A voz do SENHOR ressoa sobre as águas, o Deus glorioso faz ecoar o seu
trovão, o SENHOR está sobre a vastidão das águas.
A voz do SENHOR é poderosa, a voz do SENHOR é cheia de majestade.
a voz do SENHOR abala o deserto, o SENHOR faz tremer o deserto de Cadés.
A voz do SENHOR retorce os carvalhos, despoja as árvores dos bosques. No
seu santuário todos exclamam: "Glória!"
Para além do dilúvio, está sentado o SENHOR; o SENHOR está sentado como rei
eterno.


Marcos 8,14-21.
Os discípulos tinham-se esquecido de levar pães e só traziam um pão no
barco.
Jesus começou a avisá-los, dizendo: «Olhai: tomai cuidado com o fermento
dos fariseus e com o fermento de Herodes.»
E eles discorriam entre si: «Não temos pão.»
Mas Ele, percebendo-o, disse: «Porque estais a discorrer que não tendes
pão? Ainda não entendestes nem compreendestes? Tendes o vosso coração
endurecido?
Tendes olhos e não vedes, tendes ouvidos e não ouvis? E não vos lembrais
de quantos cestos cheios de pedaços recolhestes, quando parti os cinco pães
para aqueles cinco mil?» Responderam: «Doze.»
«E quando parti os sete pães para os quatro mil, quantos cestos cheios de
bocados recolhestes?» Responderam: «Sete.»
Disse-lhes então: «Ainda não compreendeis?»


Da Bíblia Sagrada



Comentário ao Evangelho do dia feito por

Santo Anselmo (1033-1109), monge, bispo, Doutor da Igreja


«Não vedes? Ainda não compreendeis?»

Não consigo ver a tua luz: é demasiado brilhante para a minha vista. E no
entanto, tudo o que vejo é graças à Tua luz que o distingo, como os nossos
olhos frágeis vêem, graças ao sol, tudo o que avistam, sem no entanto
conseguirem olhar directamente para o sol.

A minha inteligência fica impotente perante a Tua luz, que é demasiado
brilhante. Os olhos da minha alma são incapazes de a receber, não
suportando sequer ficar muito tempo fixos nela. O meu olhar fica ferido
pelo seu brilho, ultrapassado pela sua extensão; perde-se na sua imensidão
e fica confundido perante a sua profundidade.

Ó luz soberana e inacessível! Verdade total e feliz! Quão longe estás de
mim, e no entanto eu estou tão perto de Ti! Tu escapas quase inteiramente à
minha vista, enquanto que eu estou inteiramente debaixo da Tua vista. Por
todo o lado irradia a plenitude da Tua presença, e eu não consigo ver-Te. É
em Ti que ajo e que tenho a minha existência; no entanto, não consigo
chegar a Ti. Tu estás em mim, Tu és tudo ao meu redor; no entanto, não
consigo alcançar-Te com a vista.




Gerir directamente o seu abono (ou a sua subscrição) neste endereço : www.evangelhoquotidiano.org


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.