7 de mar de 2009

Liturgia Diária!!!

Sabado, dia 07 de Março de 2009
Sábado da 1ª semana da Quaresma

Santas Perpétua e Felicidade, mártires, +203



Comentário ao Evangelho do dia feito por
Aelred de Rielvaux : «Amai os vossos inimigos»

Leituras

Deut. 26,16-19.
«Hoje, o Senhor, teu Deus, ordena-te que cumpras estas leis e preceitos.
Observa-os e cumpre-os com todo o teu coração e com toda a tua alma.
Hoje, declaraste ao Senhor que Ele seria o teu Deus e que andarias nos seus
caminhos, observando as suas leis, os seus preceitos e os seus mandamentos.

Por sua vez, o Senhor declarou-te hoje que serias o seu povo particular,
como te tinha dito, e que deverias observar todos os seus mandamentos;
que te tornaria superior em honra, fama e esplendor a todos os povos que
Ele tinha criado; que serias um povo consagrado ao Senhor, teu Deus, como
Ele tinha dito.»


Salmos 119(118),1-2.4-5.7-8.
Felizes os que seguem o caminho da rectidão e vivem segundo a lei do
SENHOR.
Felizes os que cumprem os seus preceitos e o procuram com todo o coração,
Promulgaste os teus preceitos para se cumprirem fielmente.
Oxalá os meus passos sejam firmes no cumprimento dos teus decretos.
Poderei louvar-te de coração sincero, instruído pelos teus justos juízos.
Hei-de cumprir as tuas leis; não me abandones mais! Bet


Mateus 5,43-48.
«Ouvistes o que foi dito: Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo.
Eu, porém, digo-vos: Amai os vossos inimigos e orai pelos que vos
perseguem.
Fazendo assim, tornar-vos-eis filhos do vosso Pai que está no Céu, pois Ele
faz com que o Sol se levante sobre os bons e os maus e faz cair a chuva
sobre os justos e os pecadores.
Porque, se amais os que vos amam, que recompensa haveis de ter? Não fazem
já isso os cobradores de impostos?
E, se saudais somente os vossos irmãos, que fazeis de extraordinário? Não o
fazem também os pagãos?
Portanto, sede perfeitos como é perfeito o vosso Pai celeste.»


Da Bíblia Sagrada



Comentário ao Evangelho do dia feito por

Aelred de Rielvaux (1110-1167), monge cisterciense
O Espelho da Ceridade III, 5 (trad. Orval/bréviaire)

«Amai os vossos inimigos»

Nada nos encoraja tanto ao amor pelos nossos inimigos, no qual consiste a
perfeição do amor fraterno, como meditar com gratidão na admirável
paciência do «mais belo entre os filhos dos homens» (Sl 44, 3). Ele
estendeu o Seu belo rosto aos ímpios, para que o cobrissem de escarros.
Permitiu-lhes taparem-Lhe os olhos, esses olhos que governam o universo.
Expôs as costas ao látego. [...] Submeteu a cabeça às pontas dos espinhos,
essa cabeça diante da qual devem tremer príncipes e poderosos. Entregou-Se,
Ele próprio, às afrontas e às injúrias. Enfim, suportou pacientemente a
cruz, os pregos, a lança, o fel, o vinagre, permanecendo sempre cheio de
doçura e de serenidade. «Não abriu a boca, como cordeiro levado ao
matadouro, como ovelha emudecida nas mãos do tosquiador» (Is 53, 7).Ao ouvir estas palavras admiráveis, cheias de doçura, de amor e de
imperturbável serenidade - «Pai, perdoa-lhes» (Lc, 23, 24) - o que podemos
nós juntar à doçura e à caridade desta oração?E, contudo, o
Senhor juntou alguma coisa. Ele não Se contentou com a oração; também quis
perdoar: «Pai, perdoa-lhes porque não sabem o que fazem», disse. São com
certeza grandes pecadores, mas quase não têm consciência disso; portanto,
Pai, perdoa-lhes. Crucificam, mas não sabem Quem é Aquele que estão a
crucificar. [...] Pensam que se trata de um transgressor da lei, de um
usurpador da divindade, de um sedutor do povo. Eu dissimulei-lhes o Meu
rosto. Eles não reconheceram a Minha majestade. Por isso, «Pai, perdoa-lhes
porque não sabem o que fazem».Assim, pois, se quer aprender a
amar, o homem não pode deixar-se levar pelos impulsos da carne. [...] Deve
atentar na doce paciência da carne do Senhor. Se quer encontrar repouso
perfeito e feliz nas delícias da carne fraterna, deve estreitar nos braços
do verdadeiro amor também os que são seus inimigos. Mas, para que o fogo
divino não diminua por causa das injúrias, deve fixar os olhos do espírito
na serena paciência do seu Senhor, do seu bem-amado Salvador.




Gerir directamente o seu abono (ou a sua subscrição) neste endereço : www.evangelhoquotidiano.org


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.