25 de mar de 2009

Liturgia Diária!!!

Quarta-feira, dia 25 de Março de 2009
ANUNCIAÇÃO DO SENHOR, solenidade

Anunciação do Senhor (ofício próprio)
S. Tarásio, patriarca, séc. VIII



Comentário ao Evangelho do dia feito por
Santo Efrém : «Porque me fez grandes coisas, o Omnipotente» (Lc 1, 49)

Leituras

Is. 7,10-14.
O SENHOR mandou dizer de novo a Acaz:
«Pede ao SENHOR teu Deus um sinal, quer no fundo dos abismos, quer lá no
alto dos céus.»
Acaz respondeu: «Não pedirei tal coisa, não tentarei o SENHOR.»
Isaías respondeu: «Escuta, pois, casa de David: Não vos basta já ser
molestos para os homens, senão que também ousais sê-lo para o meu Deus?
Por isso, o Senhor, por sua conta e risco, vos dará um sinal. Olhai: a
jovem está grávida e vai dar à luz um filho, e há-de pôr-lhe o nome de
Emanuel.


Salmos 40(39),7-8.8-9.10.11.
Não quiseste sacrifícios nem oblações, mas abriste me os ouvidos para
escutar; não pediste holocaustos nem vítimas.
Então eu disse: "Aqui estou! No Livro da Lei está escrito aquilo que devo
fazer."
Então eu disse: "Aqui estou! No Livro da Lei está escrito aquilo que devo
fazer."
Esse é o meu desejo, ó meu Deus; a tua lei está dentro do meu coração.
Anunciei a tua justiça na grande assembleia; Tu bem sabes, SENHOR, que não
fechei os meus lábios.
Não escondi a tua justiça no fundo do coração; proclamei a tua fidelidade
e a tua salvação. Não ocultei à grande assembleia a tua bondade e a tua
verdade.


Heb. 10,4-10.
uma vez que é impossível que o sangue dos touros e dos bodes apague os
pecados.
Por isso, ao entrar no mundo, Cristo diz: Tu não quiseste sacrifício nem
oferenda, mas preparaste-me um corpo.
Não te agradaram holocaustos nem sacrifícios pelos pecados.
Então, Eu disse: Eis que venho – como está escrito no livro a meu respeito
– para fazer, ó Deus, a tua vontade.
Disse primeiro: Não quiseste nem te agradaram sacrifícios, oferendas e
holocaustos pelos pecados – e, no entanto, eram oferecidos segundo a Lei.
Disse em seguida: Eis que venho para fazer a tua vontade. Suprime, assim, o
primeiro culto, para instaurar o segundo.
E foi por essa vontade que nós fomos santificados, pela oferta do corpo de
Jesus Cristo, feita uma vez para sempre.


Lucas 1,26-38.
Ao sexto mês, o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia
chamada Nazaré,
a uma virgem desposada com um homem chamado José, da casa de David; e o
nome da virgem era Maria.
Ao entrar em casa dela, o anjo disse-lhe: «Salve, ó cheia de graça, o
Senhor está contigo.»
Ao ouvir estas palavras, ela perturbou-se e inquiria de si própria o que
significava tal saudação.
Disse-lhe o anjo: «Maria, não temas, pois achaste graça diante de Deus.
Hás-de conceber no teu seio e dar à luz um filho, ao qual porás o nome de
Jesus.
Será grande e vai chamar-se Filho do Altíssimo. O Senhor Deus vai dar-lhe o
trono de seu pai David,
reinará eternamente sobre a casa de Jacob e o seu reinado não terá fim.»
Maria disse ao anjo: «Como será isso, se eu não conheço homem?»
O anjo respondeu-lhe: «O Espírito Santo virá sobre ti e a força do
Altíssimo estenderá sobre ti a sua sombra. Por isso, aquele que vai nascer
é Santo e será chamado Filho de Deus.
Também a tua parente Isabel concebeu um filho na sua velhice e já está no
sexto mês, ela, a quem chamavam estéril,
porque nada é impossível a Deus.»
Maria disse, então: «Eis a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua
palavra.» E o anjo retirou-se de junto dela.


Da Bíblia Sagrada



Comentário ao Evangelho do dia feito por

Santo Efrém (c. 306-373), diácono na Síria, Doutor da Igreja
Homilias sobre a Mãe de Deus, 2, 93-145; CSCO 363 e 364, 52-53 (trad. Delhougne, Les Pères commentent, p. 481 rev.)

«Porque me fez grandes coisas, o Omnipotente» (Lc 1, 49)

Contemplai Maria, bem-amados, vede como Gabriel entrou em sua casa e como,
à sua objecção, «Como será isso?», o servo do Espírito Santo deu a seguinte
resposta: «Nada é impossível a Deus, para Ele tudo é simples.» Considerai
como ela acreditou no que ouvira e disse: «Eis a serva do Senhor.» Desde
logo o Senhor desceu, de uma forma que só Ele conhece; pôs-Se em movimento
e veio como Lhe agradava; entrou nela sem que ela o sentisse e ela
acolheu-O sem ter qualquer sofrimento. Ela trazia em si, como uma criança,
Aquele de que o mundo está cheio. Ele desceu para ser o modelo que
renovaria a imagem antiga de Adão.

É por essa razão que, quando te anunciam o nascimento de Deus, deves
manter-te em silêncio. Que a palavra de Gabriel esteja presente no teu
espírito, pois nada é impossível a esta gloriosa Majestade que desceu por
nós e que nasceu da nossa humanidade. Nesse dia, Maria tornou-se para nós o
céu que contém Deus, pois a Divindade sublime desceu e fez dela a Sua
morada. Nela, Deus fez-se pequeno – mas sem enfraquecer a Sua natureza –
para nos fazer crescer. Nela, Ele teceu-nos uma veste com a qual nos
salvaria. Nela cumpriram-se todas as palavras dos profetas e dos justos.
Dela se elevou a luz que expulsou as trevas do paganismo.

Numerosos são os títulos de Maria [...]: ela é o palácio no qual habitou o
poderoso Rei dos reis, mas Ele não a deixou como viera, pois foi dela que
Ele se fez carne e que nasceu. Ela é o novo céu no qual o Rei dos reis
habitou; nela elevou-se Cristo e dela subiu para iluminar a criação,
formada e talhada à Sua imagem. Ela é a cepa de vinha que deu uvas; ela
gerou um fruto superior à natureza; e Ele, se bem que diferente dela pela
Sua natureza, vestiu a sua cor quando nasceu dela. Ela é a fonte da qual
brotaram as águas vivas para os sequiosos e aqueles que aí se dessedentam
dão frutos a cem por um.




Gerir directamente o seu abono (ou a sua subscrição) neste endereço : www.evangelhoquotidiano.org


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.