8 de abr de 2009

Liturgia Diária!!!

Quarta-feira, dia 08 de Abril de 2009
4a-FEIRA DA SEMANA SANTA

Santa Júlia Billiart, virgem, fundadora, +1816



Comentário ao Evangelho do dia feito por
Beata Teresa de Calcutá : «O que mete coMigo a mão no prato, esse Me entregará.»

Leituras

Is. 50,4-9.
«O Senhor DEUS ensinou-me o que devo dizer, para saber dar palavras de
alento aos desanimados. Cada manhã desperta os meus ouvidos, para que eu
aprenda como os discípulos.
O Senhor DEUS abriu-me os ouvidos, e eu não resisti, nem recusei.
Aos que me batiam apresentei as espáduas, e a face aos que me arrancavam a
barba; não desviei o meu rosto dos que me ultrajavam e cuspiam.
Mas o Senhor DEUS veio em meu auxílio; por isso não sentia os ultrajes.
Endureci o meu rosto como uma pedra, pois sabia que não ficaria
envergonhado.
O meu defensor está junto de mim. Quem ousará levantar-me um processo?
Compareçamos juntos diante do juiz! Apresente-se quem tiver qualquer coisa
contra mim.
O Senhor DEUS vem em meu auxílio; quem ousará condenar-me? Cairão todos
esfrangalhados, como roupa velha, roída pela traça.»


Salmos 69(68),8-10.21-22.31.33-34.
Por causa de ti, tenho sofrido insultos, o meu rosto cobriu se de vergonha.
Tornei me um estranho para os meus irmãos, um desconhecido para os filhos
de minha mãe.
O zelo da tua casa me consome; os insultos dos que te ultrajam caíram sobre
mim.
O insulto despedaçou me o coração, até desfalecer; esperei compaixão, mas
foi em vão; alguém que me consolasse, m
Deram-me fel, em vez de comida, e vinagre, quando tive sede.
Louvarei, com cânticos, o nome de Deus; hei-de glorificá lo com acções de
graças.
Que os humildes vejam isto e se alegrem, e os que buscam a Deus se encham
de coragem,
porque o SENHOR escuta os necessitados e não despreza o seu povo cativo.


Mateus 26,14-25.
Então um dos Doze, chamado Judas Iscariotes, foi ter com os sumos
sacerdotes
e disse-lhes: «Quanto me dareis, se eu vo-lo entregar?» Eles garantiram-lhe
trinta moedas de prata.
E, a partir de então, Judas procurava uma oportunidade para entregar Jesus.

No primeiro dia da festa dos Ázimos, os discípulos foram ter com Jesus e
perguntaram-lhe: «Onde queres que façamos os preparativos para comer a
Páscoa?»
Ele respondeu: «Ide à cidade, a casa de um certo homem e dizei-lhe: 'O
Mestre manda dizer: O meu tempo está próximo; é em tua casa que quero
celebrar a Páscoa com os meus discípulos.'»
Os discípulos fizeram como Jesus lhes ordenara e prepararam a Páscoa.
Ao cair da tarde, sentou-se à mesa com os Doze.
Enquanto comiam, disse: «Em verdade vos digo: Um de vós me há-de entregar.»

Profundamente entristecidos, começaram a perguntar-lhe, cada um por sua
vez: «Porventura serei eu, Senhor?»
Ele respondeu: «O que mete comigo a mão no prato, esse me entregará.
O Filho do Homem segue o seu caminho, como está escrito acerca dele; mas ai
daquele por quem o Filho do Homem vai ser entregue. Seria melhor para esse
homem não ter nascido!»
Judas, o traidor, tomou a palavra e perguntou: «Porventura serei eu,
Mestre?» «Tu o disseste» respondeu Jesus.


Da Bíblia Sagrada



Comentário ao Evangelho do dia feito por

Beata Teresa de Calcutá (1910-1997), fundadora das Missionárias da Caridade
Jesus, a Palavra a proferir, cap. 8

«O que mete coMigo a mão no prato, esse Me entregará.»

Vede de que compaixão Cristo dá provas para com Judas, o homem que recebeu
tanto amor e, contudo, traiu o próprio Mestre, esse Mestre que manteve um
silêncio sagrado, sem o atraiçoar perante os companheiros. Com efeito,
Jesus poderia muito bem ter falado abertamente, revelando aos outros as
intenções ocultas e os actos de Judas; mas não o fez. Preferiu dar provas
de misericórdia e de caridade; em vez de o condenar, chamou-lhe amigo (Mt
26, 50). Se Judas tivesse olhado para Jesus de frente, como fez Pedro (Lc
22, 61), teria sido amigo da misericórdia de Deus. Jesus foi sempre
misericordioso.




Gerir directamente o seu abono (ou a sua subscrição) neste endereço : www.evangelhoquotidiano.org


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.