29 de mai de 2009

Liturgia Diária!!!

Sexta-feira, dia 29 de Maio de 2009
Sexta-feira da 7ª semana da Páscoa

Beato Félix de Nicósia, religioso, +1787



Comentário ao Evangelho do dia feito por
São João Crisóstomo : «O bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas» (Jo 10, 11)

Leituras

Actos 25,13-21.
Alguns dias mais tarde, o rei Agripa e Berenice chegaram a Cesareia e foram
apresentar cumprimentos a Festo.
Como se demorassem vários dias, Festo expôs ao rei o caso de Paulo,
dizendo: «Está aqui um homem que Félix deixou preso,
e contra o qual, estando eu em Jerusalém, os sumos sacerdotes e os anciãos
dos judeus apresentaram queixa, pedindo a sua condenação.
Respondi-lhes que não era costume dos romanos conceder a entrega de homem
algum, antes de o acusado ter os acusadores na sua frente e dispor da
possibilidade de se defender da acusação.
Vieram, pois, comigo e, sem mais demoras, sentei-me, no dia seguinte, no
tribunal e mandei comparecer o homem.
Postos em frente dele, os acusadores não alegaram nenhum dos crimes que eu
pudesse suspeitar;
só tinham com ele discussões acerca da sua religião e de um certo Jesus,
que morreu e Paulo afirma estar vivo.
Quanto a mim, embaraçado perante um debate deste género, perguntei-lhe se
queria ir a Jerusalém, a fim de lá ser julgado sobre o assunto.
Mas Paulo apelou para que a sua causa fosse reservada à decisão de Augusto
e eu ordenei que o mantivessem preso até o enviar a César.»


Salmos 103(102),1-2.11-12.19-20.
Bendiz, ó minha alma, o SENHOR, e todo o meu ser louve o seu nome santo.
Bendiz, ó minha alma, o SENHOR, e não esqueças nenhum dos seus benefícios.
Como é grande a distância dos céus à terra, assim são grandes os seus
favores para os que o temem.
Como o Oriente está afastado do Ocidente, assim Ele afasta de nós os nossos
pecados.
SENHOR estabeleceu nos céus o seu trono e o seu reino estende-se a tudo o
que existe.
Bendizei o SENHOR, todos os seus anjos, poderosos mensageiros, que cumpris
as suas ordens, sempre dóceis à sua palavra.


João 21,15-19.
Depois de terem comido, Jesus perguntou a Simão Pedro: «Simão, filho de
João, tu amas-me mais do que estes?» Pedro respondeu: «Sim, Senhor, Tu
sabes que eu sou deveras teu amigo.» Jesus disse-lhe: «Apascenta os meus
cordeiros.»
Voltou a perguntar-lhe uma segunda vez: «Simão, filho de João, tu amas-me?»
Ele respondeu: «Sim, Senhor, Tu sabes que eu sou deveras teu amigo.» Jesus
disse-lhe: «Apascenta as minhas ovelhas.»
E perguntou-lhe, pela terceira vez: «Simão, filho de João, tu és deveras
meu amigo?» Pedro ficou triste por Jesus lhe ter perguntado, à terceira
vez: 'Tu és deveras meu amigo?' Mas respondeu-lhe: «Senhor, Tu sabes tudo;
Tu bem sabes que eu sou deveras teu amigo!» E Jesus disse-lhe: «Apascenta
as minhas ovelhas.
Em verdade, em verdade te digo: quando eras mais novo, tu mesmo atavas o
cinto e ias para onde querias; mas, quando fores velho, estenderás as mãos
e outro te há-de atar o cinto e levar para onde não queres.»
E disse isto para indicar o género de morte com que ele havia de dar glória
a Deus. Depois destas palavras, acrescentou: «Segue-me!»


Da Bíblia Sagrada



Comentário ao Evangelho do dia feito por

São João Crisóstomo (c. 345-407), presbítero em Antioquia, depois Bispo de Constantinopla, Doutor da Igreja
Homília 88 sobre o Evangelho de João; PG 59, 477 (trad. Orval)

«O bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas» (Jo 10, 11)

Aquilo que principalmente atrai a benevolência do alto é a solicitude para
com o próximo. É por isto que Cristo exige esta disposição a Pedro: «Simão,
filho de João, tu amas-Me mais do que estes?» Pedro respondeu: «Sim,
Senhor, Tu sabes que eu sou deveras teu amigo». Jesus disse-lhe: «Apascenta
os Meus cordeiros». Por que foi que, deixando de lado os outros apóstolos,
Jesus se dirigiu a Pedro falando-lhe sobre eles? É que Pedro era o primeiro
entre os apóstolos, o seu porta-voz, o chefe do seu colégio, de tal maneira
que foi a ele, e não aos outros, que Paulo veio um dia consultar (Ga 1,
18). Para mostrar bem a Pedro que devia confiar e que a sua negação estava
esquecida, Jesus dá-lhe agora a primazia entre os seus irmãos. Não menciona
a sua negação e não lhe faz sentir vergonha do passado. «Se Me amas,
diz-lhe, permanece à cabeça dos teus irmãos; e o amor fervoroso que sempre
Me manifestaste com tanta alegria, prova-o agora. A vida que dizias ser
capaz de dar por Mim, dá-a pelas Minhas ovelhas». [...]

Mas Pedro perturba-se pensando que poderia dar a entender que amava muito,
não amando verdadeiramente. Pedro diz, tanto como estava certo de mim no
passado, assim estou agora confundido. Jesus interroga-o três vezes, e três
vezes lhe dá a mesma ordem. Mostra-lhe assim o apreço que dá ao cuidado das
Suas ovelhas, dando-lhe, com efeito, a maior prova de amor para com ele.





Gerir directamente o seu abono (ou a sua subscrição) neste endereço : www.evangelhoquotidiano.org


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.