1 de jun de 2009

CICLO LITÚRGICO

Um comentário:

  1. Aquele circulo exposto acima faz-me lembrar um outro circulo, também representado o TEMPO.

    Vi assim representado os 12 ou 13 meses do ano judaico.
    O tempo «pascal» quase que coincide. A Páscoa dos judeus é no dia 14 do 1º mês do calendário sagrado e que corresponde ao 7º mês do calendário civil dos judeus.
    (É por alturas do início da Primavera; isto é: o no Mẽs lunar que começa com a lua nova e que inclui o inicio da primavera)

    Mas no 7º mês sagrado que corresponde ao 1º mês civil dos judeus (por inicio do Outono) os Judeus também celebram um conjunto de festas tão importantes como as que celebram por altura da Páscoa.
    São as Festas das Trombetas, dos Tabernáculos e vejam só do PERDÂO (ou EXPIAÇÃO).
    Estas festas não passaram para a liturgia da igreja católica.
    Foi por alturas das festas da expiação que se deu, mais plausivamente, o nascimento de Yeshua (Jesus), mas os católicos celebram-no no dia 25 de Dezembro, no mesmo dia em que os pagãos idólatras celebravam o «NATALIS SOLIS INVICTUS», que era uma festa em honra duma divindade pagã solar: o renascimento do deus-sol, que parecia que ia morrer quase a enterrar-se no horizonte, ficando os dias cada vez mais pequenos, mas que de um dia para o outro se volta a erguer e a aumentar a duraçâo dos dias.

    Acho que é de mau gosto confundirem o nascimento de Yeshua, como o de uma divindade do paganismo. Jesus, (Yeshua) nem sequer celebrava o dia do nascimento natalício, nunca o fez porque era Judeu e os Judeus não tinham esse costume. Agora ELE tem que gramar essa comemoração, por ELE não solicitada e fora de época e pior ainda com a triste conotação dum deus pagão.
    Devo recordar que os gregos chamavam orgulhosamente os seus deuses de «demónios». Para eles (pagãos) era muito bom e salutar. mas para os cristãos é uma autêntica humilhação espiritual ... ... ... ... ...
    Sinais dos tempos, claro ... ... ... ... ... ...

    ResponderExcluir

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.