9 de jul de 2009

Liturgia Diária!!!

Quinta-feira, dia 09 de Julho de 2009
Quinta-feira da 14ª semana do Tempo Comum

Santa Paulina do Coração Agonizante de Jesus (Madre Paulina), Nossa Senhora, Mãe da Esperança



Comentário ao Evangelho do dia feito por
Santo Efrém : «Se essa casa for digna, a vossa paz desça sobre ela»

Leituras

Gén. 44,18-21.23-29.45,1-5.
Então, Judá aproximou-se de José e disse-lhe: «Por favor, senhor, que o teu
servo possa dizer uma palavra aos ouvidos do meu senhor, e que a tua cólera
não se inflame contra o teu servo! Porque tu és igual ao faraó.
Quando o meu senhor interrogou os seus servos, dizendo: 'Tendes ainda pai
ou outro irmão?',
nós respondemos ao meu senhor: 'Temos um pai idoso e um irmão jovem, filho
da sua velhice. Seu irmão morreu, ficando ele só, dos filhos de sua mãe, e
o pai está muito afeiçoado a ele.'
Tu disseste então aos teus servos: 'Trazei--mo, para que eu o veja.'
Mas tu disseste aos teus servos: 'Se o vosso irmão mais novo não vos
acompanhar, não torneis a aparecer diante de mim.'
Ao voltarmos para junto do teu servo, nosso pai, repetimos-lhe as mesmas
palavras do meu senhor.
E o nosso pai disse-nos: 'Voltai, comprai-nos alguns víveres.'
Respondemos-lhe: 'Não podemos partir. Se o nosso irmão mais novo não for
connosco, não voltaremos; porque não podemos aparecer diante daquele homem,
se o nosso irmão mais novo não estiver connosco.'
O teu servo e meu pai, disse-nos: 'Sabeis que a minha mulher deu-me dois
filhos.
Um desapareceu de junto de mim e eu disse: Com certeza foi devorado! E não
tornei a vê-lo, até hoje.
Se me tirardes também este e se lhe acontecer algum mal, fareis descer os
meus cabelos brancos ao túmulo, com o peso da dor.'
José não pôde conter-se diante dos que o rodeavam e exclamou: «Mandai sair
toda a gente daqui!» Por isso não ficou ninguém presente, quando José se
deu a conhecer aos irmãos.
Mas ele chorava tão alto que os egípcios ouviram-no, e a notícia chegou
também ao palácio do faraó.
José disse então aos irmãos: «Eu sou José; meu pai ainda é vivo?» Mas eles
não puderam responder-lhe, porque ficaram perturbados diante dele.
José disse aos irmãos: «Aproximai-vos de mim, peço-vos!» E eles
aproximaram-se. José continuou: «Eu sou José, vosso irmão, que vendestes
para o Egipto.
Mas não vos entristeçais, nem vos irriteis contra vós próprios, por me
terdes vendido para este país; porque foi para podermos conservar a vida
que Deus me mandou para aqui à vossa frente.


Salmos 105(104),16-17.18-19.20-21.
Fez, depois, cair a fome sobre a terra e privou-os do pão, que dá o
sustento.
Enviou diante deles um homem, José, que foi vendido como escravo.
Apertaram-lhe os pés com grilhões e puseram-lhe uma argola de ferro ao
pescoço,
até que se cumpriu a profecia, e a palavra do SENHOR lhe deu razão.
Então o rei deu ordens para que o soltassem, o soberano dos povos pô-lo em
liberdade.
Nomeou-o mordomo da sua casa e administrador de todos os seus bens,


Mateus 10,7-15.
Pelo caminho, proclamai que o Reino do Céu está perto.
Curai os enfermos, ressuscitai os mortos, purificai os leprosos, expulsai
os demónios. Recebestes de graça, dai de graça.
Não possuais ouro, nem prata, nem cobre, em vossos cintos;
nem alforge para o caminho, nem duas túnicas, nem sandálias, nem cajado;
pois o trabalhador merece o seu sustento.
Em qualquer cidade ou aldeia onde entrardes, procurai saber se há nela
alguém que seja digno, e permanecei em sua casa até partirdes.
Ao entrardes numa casa, saudai-a.
Se essa casa for digna, a vossa paz desça sobre ela; se não for digna,
volte para vós.
Se alguém não vos receber nem escutar as vossas palavras, ao sair dessa
casa ou dessa cidade, sacudi o pó dos vossos pés.
Em verdade vos digo: No dia do juízo, haverá menos rigor para a terra de
Sodoma e de Gomorra do que para aquela cidade.»


Da Bíblia Sagrada



Comentário ao Evangelho do dia feito por

Santo Efrém (c. 306-373), diácono na Síria, Doutor da Igreja
Diatesseron 8, 3-4 (trad. cf SC 121, p. 159)

«Se essa casa for digna, a vossa paz desça sobre ela»

«Em qualquer casa em que entrardes, dizei primeiro: A paz seja nesta casa»
(Lc 10, 5) para que o próprio Senhor lá entre e lá resida, como junto a
Maria. [...] Esta saudação é o mistério da fé que brilha no mundo; por ela,
o ódio é asfixiado, a guerra interrompida e os homens compreendem-se
mutuamente. O efeito desta saudação estava escondido por um véu, apesar da
prefiguração do mistério da ressurreição [...] que ocorre sempre que a luz
aparece e a aurora expulsa a noite. A partir do momento em que Cristo
enviou os seus discípulos pela primeira vez, os homens começaram a dar e a
receber esta saudação, fonte de cura e de bênção. [...]

Esta saudação, com o seu poder escondido [...], é amplamente suficiente
para todos os homens. Foi por isso que Nosso Senhor a enviou
prenunciadoramente com os Seus discípulos, para que ela realize a paz e
para que, levada pela voz dos apóstolos, Seus enviados, ela lhes prepare o
caminho. Ela foi semeada em todas as casas [...]; ela entrou em todos os
corações que a entenderam, para separar e pôr à parte os seus filhos, que
reconhecia. Ela permanecia neles, mas denunciava os que lhe eram estranhos,
porque não a acolhiam.

Esta saudação de paz não secava, jorrava dos apóstolos para os seus irmãos,
desvendando os tesouros inesgotáveis do Senhor [...]. Presente naqueles que
a davam e nos que a acolhiam, este anúncio da paz não sofria nem diminuição
nem divisão. Sobre o Pai, anunciava que Ele está perto de todos e em todos;
sobre a missão do Filho, revelava que Ele está por inteiro junto de todos,
mesmo que o Seu fim seja estar junto de Seu Pai. Ela não cessa de proclamar
que doravante as figurações são realizadas e que a verdade expulsa enfim as
sombras.




Gerir directamente o seu abono (ou a sua subscrição) neste endereço : www.evangelhoquotidiano.org


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.