17 de jul de 2009

Liturgia Diária!!!

Sexta-feira, dia 17 de Julho de 2009
Sexta-feira da 15ª semana do Tempo Comum

Beato Nicolau Dinis, mártir, +1570, Beato Inácio de Azevedo e companheiros, mártires, +1570, Beato Bento de Castro, mártir, +1570



Comentário ao Evangelho do dia feito por
Orígenes : «O Filho do homem é Senhor do sábado»

Leituras

Ex. 11,10.12,1-14.
Moisés e Aarão fizeram todos estes prodígios diante do faraó, mas o Senhor
endureceu o coração do faraó, e ele não deixou partir os filhos de Israel
da sua terra.
O Senhor disse a Moisés e a Aarão na terra do Egipto:
«Este mês será para vós o primeiro dos meses; ele será para vós o primeiro
dos meses do ano.
Falai a toda a comunidade de Israel, dizendo que, aos dez deste mês, tomará
cada um deles um animal do rebanho para a família, um animal do rebanho por
casa.
Se a família for pouco numerosa para um animal do rebanho, tomar-se-á com o
vizinho mais próximo da casa, segundo o número das pessoas; calculareis o
animal do rebanho conforme o que cada um puder comer.
O animal do rebanho para vós será sem defeito, um macho, filho de um ano, e
tomá-lo-eis de entre os cordeiros ou de entre os cabritos.
Vós o tereis sob guarda até ao dia catorze deste mês, e toda a assembleia
da comunidade de Israel o imolará ao crepúsculo.
Tomar-se-á do sangue e colocar-se-á sobre as duas ombreiras e sobre o
dintel da porta das casas em que ele se comerá.
Comer-se-á a carne naquela noite; comer-se-á assada no fogo com pães sem
fermento e ervas amargas.
Não a comereis nem crua nem cozida na água, mas assada no fogo, a cabeça
com as patas e as entranhas.
Não deixareis dela nada até pela manhã; e o que restar dela pela manhã,
queimá-lo-eis no fogo.
Comê-la-eis desta maneira: os rins cingidos, as sandálias nos pés, e o
cajado na mão. Comê-la-eis à pressa. É a Páscoa em honra do Senhor.
E Eu atravessarei a terra do Egipto naquela noite, e ferirei todos os
primogénitos na terra do Egipto, desde os homens até aos animais, e contra
todos os deuses do Egipto farei justiça, Eu, o Senhor.
E o sangue será para vós um sinal nas casas em que vós estais. Eu verei o
sangue e passarei ao largo; e não haverá contra vós nenhuma praga de
extermínio, quando Eu ferir a terra do Egipto.
Aquele dia será para vós um memorial, e vós festejá-lo-eis como uma festa
em honra do Senhor. Ao longo das vossas gerações, a deveis festejar como
uma lei perpétua.


Salmos 116(115),12-13.15-16.17-18.
Como retribuirei ao SENHOR todos os seus benefícios para comigo?
Elevarei o cálice da salvação, invocando o nome do SENHOR.
preciosa aos olhos do SENHOR a morte dos seus fiéis.
SENHOR, sou teu servo, filho da tua serva; quebraste as minhas cadeias.
Hei-de oferecer-te sacrifícios de louvor, invocando, SENHOR, o teu nome.
Cumprirei as minhas promessas feitas ao SENHOR na presença de todo o seu
povo,


Mateus 12,1-8.
Em certa ocasião, Jesus passava, num dia de sábado, através das searas. Os
seus discípulos, que tinham fome, começaram a arrancar espigas e a
comê-las.
Ao verem isso, os fariseus disseram-lhe: «Aí estão os teus discípulos a
fazer o que não é permitido ao sábado!»
Mas Ele respondeu-lhes: «Não lestes o que fez David, quando sentiu fome,
ele e os que estavam com ele?
Como entrou na casa de Deus e comeu os pães da oferenda, que não lhe era
permitido comer, nem aos que estavam com ele, mas unicamente aos
sacerdotes?
E nunca lestes na Lei que, ao sábado, no templo, os sacerdotes violam o
sábado e ficam sem culpa?
Ora, Eu digo vos que aqui está quem é maior que o templo.
E, se compreendêsseis o que significa: Prefiro a misericórdia ao
sacrifício, não teríeis condenado estes que não têm culpa.
O Filho do Homem até do sábado é Senhor.»


Da Bíblia Sagrada



Comentário ao Evangelho do dia feito por

Orígenes (cerca 185-253), presbítero e teólogo
Homilias sobre o livro dos Números, nº 23 (a partir da trad. Sr Isabelle de la Source, Lire la Bible, t. 2, p. 87)

«O Filho do homem é Senhor do sábado»

O sábado foi instituído como um dia sagrado; todos os santos e todos os
justos deviam celebrar o sábado. [...] Vejamos então em que consiste para o
cristão a observância do sábado: no dia de sábado, não se deve realizar
nenhuma obra deste mundo; é necessário abster-se de todas as obras
terrenas, não fazer nada que se relacione com este mundo, dedicar-se às
obras espirituais, ir à igreja, estar atento à leitura da Escritura e às
explicações que dela são dadas, pensar em coisas do céu, ocupar-se da
esperança na vida futura, ter presente o julgamento que há-de vir, meditar,
não nas realidades visíveis e presentes, mas nas realidades futuras e
invisíveis.

Os judeus também devem observar tudo isto. Em suas casas, os ferreiros, os
pedreiros, todos os trabalhadores manuais ficam sem nada fazer no dia de
sábado. Mas nesse dia, os leitores que proclamam a Sagrada Escritura, os
doutores que explicam a Lei de Deus, não interrompem as suas funções, e no
entanto não profanam o sábado. O meu Senhor o reconheceu: «Não lestes»,
disse-lhes Ele, «que ao sábado, no templo, os sacerdotes violam o sábado e
ficam sem culpa?» Portanto, é aquele que se abstém das obras deste mundo e
se torna livre para as actividades espirituais, é esse que oferece o
sacrifício do sábado e santifica o sábado como um dia de festa. [...]

Durante o sábado, cada qual permanece na sua casa e não sai dela. Qual é
pois esta casa da alma espiritual? Esta casa é a justiça, a verdade, a
sabedoria, a santidade; tudo isso é Cristo, a casa da alma. Desta casa, não
é necessário sair, quando se quer guardar o verdadeiro sábado e celebrar
por sacrifícios este dia de festa, segundo as palavras do Senhor:
«Permanecei em Mim e Eu permanecerei em vós» (Jo 15, 4).




Gerir directamente o seu abono (ou a sua subscrição) neste endereço : www.evangelhoquotidiano.org


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.