12 de ago de 2009

Liturgia Diária!!!

Quarta-feira, dia 12 de Agosto de 2009
Quarta-feira da 19ª semana do Tempo Comum

Santa Joana Francisca de Chantal, viúva, religiosa, fundadora, +1641, Beato Amadeu da Silva, religioso, +1482



Comentário ao Evangelho do dia feito por
São César de Arles : «Tudo o que desligardes na Terra será desligado no Céu»

Leituras

Deut. 34,1-12.
Moisés subiu das planícies de Moab ao monte Nebo, ao cimo do Pisga, que
está em frente de Jericó. O Senhor mostrou-lhe toda a terra, desde Guilead
até Dan,
todo o Neftali, o território de Efraim e de Manassés, todo o território de
Judá até ao mar ocidental,
o Négueb, o Quicar, no vale de Jericó, cidade das Palmeiras, até Soar.
O Senhor disse-lhe: «Esta é a terra que jurei dar a Abraão, Isaac e Jacob.
Dá-la-ei à vossa descendência. Viste-a com os teus olhos, mas não entrarás
nela.»
E Moisés, o servo de Deus, morreu ali, na terra de Moab, por determinação
do Senhor.
Foi sepultado num vale da terra de Moab, defronte de Bet-Peor, mas ninguém
até hoje soube do lugar da sua sepultura.
Moisés tinha cento e vinte anos quando morreu; a sua vista nunca
enfraqueceu e o seu vigor nunca se esgotou.
Os filhos de Israel choraram Moisés, nas planícies de Moab, durante trinta
dias até se completarem os dias de pranto por Moisés.
Josué, filho de Nun, ficou cheio do espírito de sabedoria, porque Moisés
lhe tinha imposto as mãos; os filhos de Israel obedeceram-lhe e procederam
como o Senhor havia ordenado a Moisés.
Nunca mais surgiu em Israel um profeta semelhante a Moisés, com quem o
Senhor falava face a face.
Ninguém se lhe assemelhou em todos os sinais e prodígios que o Senhor lhe
mandou fazer na terra do Egipto contra o faraó, contra os seus servos e
todo o país,
nem em todas as acções da sua mão poderosa nem em todas as grandes
maravilhas que Moisés realizou na presença de todo o Israel.


Salmos 66(65),1-3.5.16-17.
Aclamai a Deus, terra inteira,
cantai a glória do seu nome, proclamai os seus louvores.
Dizei a Deus: "São admiráveis as tuas obras! O teu poder é tão grande, que
os teus inimigos se curvam diante de ti
Vinde e admirai as obras de Deus, as obras admiráveis que Ele fez diante
dos homens.
Vinde e ouvi, todos os que temeis a Deus; vou narrar vos o que Ele fez por
mim.
Por Ele gritou a minha boca e o seu louvor andava já na minha língua.


Mateus 18,15-20.
«Se o teu irmão pecar, vai ter com ele e repreende o a sós. Se te der
ouvidos, terás ganho o teu irmão.
Se não te der ouvidos, toma contigo mais uma ou duas pessoas, para que toda
a questão fique resolvida pela palavra de duas ou três testemunhas.
Se ele se recusar a ouvi-las, comunica-o à Igreja; e, se ele se recusar a
atender à própria Igreja, seja para ti como um pagão ou um cobrador de
impostos.
Em verdade vos digo: Tudo o que ligardes na Terra será ligado no Céu, e
tudo o que desligardes na Terra será desligado no Céu.»
«Digo-vos ainda: Se dois de entre vós se unirem, na Terra, para pedir
qualquer coisa, hão-de obtê-la de meu Pai que está no Céu.
Pois, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, Eu estou no meio
deles.»


Da Bíblia Sagrada



Comentário ao Evangelho do dia feito por

São César de Arles (470-543), monge e bispo
Sermão ao povo, n° 59 (a partir da trad. de Soleil Levant 1962 rev.; cf. SC 330, p. 43)

«Tudo o que desligardes na Terra será desligado no Céu»

Para nosso bem e nossa salvação, a Sagrada Escritura aconselha-nos a que
confessemos os nossos pecados, incessantemente e com humildade, não somente
perante Deus, mas também perante um homem santo e temente a Deus. É assim
que o Espírito Santo nos recomenda pela voz do apóstolo Tiago: «Confessai,
pois, os pecados uns aos outros e orai uns pelos outros para serdes
curados» (5, 16) [...]; e o salmista diz: «Confessarei os meus erros ao
Senhor; e Vós perdoastes a culpa do meu pecado» (31, 5).

Ferimo-nos com os nossos pecados; por isso, devemos recorrer sempre ao
medicamento da confissão. Com efeito, se Deus quer que nós confessemos os
nossos pecados, não é que Ele não os saiba, mas é porque o diabo deseja
encontrar forma de nos acusar perante o tribunal do Juízo Eterno; por isso,
quer que pensemos mais em desculpá-los do que em acusá-los. O nosso Deus,
pelo contrário, porque é bom e misericordioso, quer que os confessemos
neste mundo, de modo a que não sejamos confundidos sobre eles no outro.
Assim, ao confessarmo-nos, Ele mostra-se clemente; se os reconhecemos,
perdoa-nos. [...] E nós, irmãos, somos realmente os vossos médicos
espirituais; procuramos com solicitude curar as vossas almas.




Gerir directamente o seu abono (ou a sua subscrição) neste endereço : www.evangelhoquotidiano.org


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.