18 de ago de 2009

Liturgia Diária!!!

Terça-feira, dia 18 de Agosto de 2009
Terça-feira da 20 semana do Tempo Comum

Santo Alberto Hurtado Cruchaga, presbítero, +1952, Santa Helena, mãe do imperador Constantino, +328



Comentário ao Evangelho do dia feito por
São Pedro Damião : «Receberá cem vezes mais agora, no tempo presente» (Mc 10, 30)

Leituras

Juízes 6,11-24.
Veio, então, o anjo do SENHOR e colocou-se debaixo do terebinto de Ofra,
que era propriedade de Joás, da família de Abiézer; e Gedeão, seu filho,
estava a limpar o trigo no lagar, para o esconder da vista dos madianitas.
O anjo do SENHOR viu-o e disse-lhe: «O SENHOR está contigo, valente
guerreiro!»
Respondeu-lhe Gedeão: «Por favor, meu Senhor: se o SENHOR está connosco,
então porque é que nos aconteceu tudo isto? Onde estão todas as maravilhas
que nos contavam os nossos pais, quando diziam: 'Não é verdade que o SENHOR
nos fez sair do Egipto?' Pois agora o SENHOR abandonou-nos e entregou-nos
nas mãos dos madianitas.»
O SENHOR voltou-se para ele e disse: «Vai com toda a tua força, e salva
Israel do poder dos madianitas; sou Eu que te envio.»
Disse-lhe ele: «Por favor, meu Senhor, como salvarei eu Israel? A minha
família é a mais pobre de Manassés, e eu sou o mais jovem da casa de meu
pai!»
Disse-lhe o SENHOR: «Eu estarei contigo e tu hás-de derrotar os madianitas,
como se fossem um só homem.»
Gedeão respondeu: «Se, porventura, mereci o teu favor, mostra-me por um
sinal que és Tu quem fala comigo.
Por favor te peço: Não te afastes deste lugar até que eu venha ter contigo;
trarei a minha oferta e colocá-la-ei na tua presença.» Ele disse: «Eu
ficarei aqui até que regresses.»
Gedeão foi preparar um cabrito e, com uma medida de farinha, preparou pães
ázimos; pôs a carne num cesto e o molho numa panela; depois, levou tudo
para baixo do terebinto e ofereceu-lho.
Disse-lhe o anjo de Deus: «Toma a carne e os pães ázimos, põe-nos sobre
esta rocha e espalha o molho.» Gedeão assim fez.
O anjo do SENHOR estendeu a extremidade do bastão que tinha na mão e tocou
na carne e nos pães ázimos; saiu fogo da rocha e devorou a carne e os pães
ázimos. Então, o anjo do SENHOR desapareceu da vista dele.
Gedeão viu que era o anjo do SENHOR e disse: «Ai, Senhor DEUS, que eu vi
face a face o anjo do SENHOR!»
O SENHOR disse-lhe: «A paz seja contigo! Não temas: não morrerás!»
Gedeão erigiu ali um altar ao SENHOR e chamou-lhe: «O SENHOR é paz.» Até ao
dia de hoje, este altar ainda está em Ofra de Abiézer.


Salmos 85,9.11-12.13-14.
Prestarei atenção ao que diz o SENHOR Deus; Ele promete paz para o seu povo
e para os seus amigos e para todos os que se voltam para Ele de coração.
O amor e a fidelidade vão encontrar-se. Vão beijar-se a justiça e a paz.
Da terra vai brotar a verdade e a justiça descerá do céu.
O próprio SENHOR nos dará os seus bens e a nossa terra produzirá os seus
frutos.
A justiça caminhará diante dele e a paz, no rasto dos seus passos.


Mateus 19,23-30.
Jesus disse, então, aos discípulos: «Em verdade vos digo que dificilmente
um rico entrará no Reino do Céu.
Repito-vos: É mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha, do que
um rico entrar no Reino do Céu.»
Ao ouvir isto, os discípulos ficaram estupefactos e disseram: «Então, quem
pode salvar-se?»
Fixando neles o olhar, Jesus disse-lhes: «Aos homens é impossível, mas a
Deus tudo é possível.»
Tomando a palavra, Pedro disse-lhe: «Nós deixámos tudo e seguimos-te. Qual
será a nossa recompensa?»
Jesus respondeu-lhes: «Em verdade vos digo: No dia da regeneração de todas
as coisas, quando o Filho do Homem se sentar no seu trono de glória, vós,
que me seguistes, haveis de sentar-vos em doze tronos para julgar as doze
tribos de Israel.
E todo aquele que tiver deixado casas, irmãos, irmãs, pai, mãe, filhos ou
campos por causa do meu nome, receberá cem vezes mais e terá por herança a
vida eterna.
Muitos dos primeiros serão os últimos, e muitos dos últimos serão os
primeiros.»


Da Bíblia Sagrada



Comentário ao Evangelho do dia feito por

São Pedro Damião (1007-1072), eremita e posteriormente bispo, Doutor da Igreja
Sermão 9; PL 1, 54-553 (a partir da trad. Delhougne, Les Pères commentent, p.499)

«Receberá cem vezes mais agora, no tempo presente» (Mc 10, 30)

Temos de viver desligados das coisas que possuímos e da nossa própria
vontade, se quisermos seguir Aquele que não tinha «onde reclinar a cabeça»
(Lc 9, 58), que veio, não para fazer a Sua vontade, mas, como disse, «a
vontade d'Aquele que Me enviou» (Jo 6, 38). [...]. Conheceremos assim por
experiência própria o que a Vontade promete a todo aquele que tudo abandona
e que caminha seguindo os Seus passos: «Receberá cem vezes mais agora [...]
e no tempo futuro, a vida eterna» (Mc 10, 30). De facto, o dom do cêntuplo
é grande conforto para a nossa caminhada, e a posse da vida eterna será a
felicidade infinita na pátria celeste.

Mas o que é este cêntuplo ? É, simplesmente, o consolo do Espírito doce
como mel, as visitas que nos faz e os seus primeiros frutos. É o testemunho
da nossa consciência, é a feliz e muito alegre espera dos justos, é a
memória da bondade generosa de Deus, é também, na verdade, a imensidão da
sua doçura. Os que experienciaram estes dons não precisam que deles lhes
falemos; mas como descrevê-los, por simples palavras, a quem por eles não
passou?




Gerir directamente o seu abono (ou a sua subscrição) neste endereço : www.evangelhoquotidiano.org


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.