22 de ago. de 2009

Liturgia Diária!!!

Sabado, dia 22 de Agosto de 2009
Sábado da 20ª semana do Tempo Comum

Nossa Senhora Rainha



Comentário ao Evangelho do dia feito por
Santo Isaac : «Quem se exaltar será humilhado, quem se humilhar será exaltado»

Leituras

Rute 2,1-3.8-11.4,13-17.
Noemi tinha um parente por parte do seu marido, Elimélec; era um homem
poderoso e rico, chamado Booz.
Rute, a moabita, disse a Noemi: «Por favor, deixa-me ir respigar nos campos
de alguém que queira acolher-me com bondade.» E ela respondeu-lhe: «Vai,
minha filha.»
Ela foi e entrou num campo, respigando atrás dos ceifeiros. Aconteceu que
aquele campo era propriedade de Booz, parente de Elimélec.
Booz disse a Rute: «Já ouviste, minha filha. Não vás respigar noutro campo;
não te afastes deste e junta-te às minhas servas.
Repara no campo por onde vão a ceifar e vai atrás delas. Pois ordenei aos
meus servos que não te incomodem. E se tiveres sede, vai à bilha e bebe da
água que eles tiverem trazido.»
Rute, prostrando-se por terra, disse-lhe: «Porque encontrei tal bondade da
tua parte, tratando-me como natural, a mim que sou uma estrangeira?»
Replicando, Booz disse-lhe: «Já me contaram tudo o que fizeste pela tua
sogra, depois da morte do teu marido: como deixaste o teu pai, a tua mãe e
a terra onde nasceste e vieste para um povo que há bem pouco nem conhecias.

Booz tomou, pois, Rute, que se tornou sua mulher. Juntou-se a ela e o
Senhor concedeu-lhe a graça de conceber e dar à luz um filho.
As mulheres diziam a Noemi: «Bendito seja o Senhor, que não te recusou um
parente de resgate, neste dia. Que o seu nome seja proclamado em Israel.
Ele te dará a vida e será o arrimo da tua velhice, porque nasceu um menino
da tua nora, que te ama e é para ti mais preciosa do que sete filhos.»
Noemi recebeu o menino e colocou-o no seu regaço, tornando-se a sua ama.
As suas vizinhas, congratulando-se com ela, diziam: «Nasceu um filho a
Noemi.» E deram-lhe o nome de Obed. Este foi pai de Jessé e avô de David.


Salmos 128(127),1-2.3.4.5.
Felizes os que obedecem ao SENHOR e andam nos seus caminhos.
Comerás do fruto do teu próprio trabalho: assim serás feliz e viverás
contente.
tua esposa será como videira fecunda na intimidade do teu lar; os teus
filhos serão como rebentos de oliveira ao redor da tua mesa.
Assim vai ser abençoado o homem que obedece ao SENHOR.
SENHOR te abençoe do monte Sião! Possas contemplar a prosperidade de
Jerusalém todos os dias da tua vida,


Mateus 23,1-12.
Então, Jesus falou assim à multidão e aos seus discípulos:
«Os doutores da Lei e os fariseus instalaram-se na cátedra de Moisés.
Fazei, pois, e observai tudo o que eles disserem, mas não imiteis as suas
obras, pois eles dizem e não fazem.
Atam fardos pesados e insuportáveis e colocam-nos aos ombros dos outros,
mas eles não põem nem um dedo para os deslocar.
Tudo o que fazem é com o fim de se tornarem notados pelos homens. Por isso,
alargam as filactérias e alongam as orlas dos seus mantos.
Gostam de ocupar o primeiro lugar nos banquetes e os primeiros assentos nas
sinagogas.
Gostam das saudações nas praças públicas e de serem chamados 'mestres'
pelos homens.
Quanto a vós, não vos deixeis tratar por 'mestres', pois um só é o vosso
Mestre, e vós sois todos irmãos.
E, na terra, a ninguém chameis 'Pai', porque um só é o vosso 'Pai': aquele
que está no Céu.
Nem permitais que vos tratem por 'doutores', porque um só é o vosso
'Doutor': Cristo.
O maior de entre vós será o vosso servo.
Quem se exaltar será humilhado e quem se humilhar será exaltado.


Da Bíblia Sagrada



Comentário ao Evangelho do dia feito por

Santo Isaac, o Sírio (séc. VII), monge perto de Mossul
Discursos ascéticos, 1ª série, n° 20 (a partir da trad. Touraille, DDB 1981, p. 140)

«Quem se exaltar será humilhado, quem se humilhar será exaltado»

A humildade é uma força secreta que os santos recebem quando levam a cabo
toda a ascese da sua vida. Na verdade, esta força só é dada aos que atingem
a perfeição da virtude pelo efeito da graça. [...] É a mesma força que
receberam os bem-aventurados apóstolos sob forma de fogo. Com efeito, o
Salvador tinha-lhes ordenado que não deixassem Jerusalém enquanto não
tivessem recebido a força vinda do alto (Act 2, 3; 1, 4). Jerusalém
simboliza aqui a virtude. E a força vinda do alto é o Paráclito, isto é, o
Espírito Consolador.

Ora, isso é o que a Sagrada Escritura tinha dito: os mistérios são
revelados aos humildes (Lc 10, 21). Aos humildes é concedido receber em si
este Espírito das revelações que descobre os mistérios. É por isso que
alguns santos disseram que a humildade cumula a alma nas contemplações
divinas. Portanto, que ninguém imagine que atingiu a medida da humildade só
porque em certo momento lhe ocorreu um pensamento de compunção, ou porque
derramou algumas lágrimas. [...] Mas se um homem venceu todos os espíritos
adversos [...], se derrubou e submeteu todas as fortalezas dos inimigos e
se, então, sentiu que recebeu essa graça, quando «o Espírito der testemunho
ao seu espírito», como diz o apóstolo Paulo (Rom 8, 16), aí temos a
perfeição da humildade. Bem-aventurado aquele que a possui. Porque em todo
o momento abraça o seio de Jesus (cf Jo 13, 25).




Gerir directamente o seu abono (ou a sua subscrição) neste endereço : www.evangelhoquotidiano.org


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.