7 de set de 2009

O amor de Deus


Quando nos encontramos verdadeiramente com O Pai do céu, o amor Dele nos revela quem somos de verdade, é como se caíssem as escamas dos nossos olhos e nós descobríssemos que somos as pessoas mais importantes deste mundo o amor do Pai nos liberta de qualquer tipo de escravidão. Criados para sermos felizes, o nosso coração anseia por amor verdadeiro, essa busca é incessante na vida de cada um, em cada ação o que procuramos na verdade é a felicidade, e sendo assim, nós acabamos procurando em outras fontes o amor que só O Pai querido do céu, pode nos dar, quando buscamos esse amor em pessoas, coisas, vícios, nós nos tornamos reféns de tudo isso. Os vícios nos tornam aprisionados numa dependência sofrida de uma sensação passageira, mas que produz uma felicidade momentânea, que gostaríamos de ter sempre, e quando passa o efeito eu volto a ele rapidamente para que por mais um momento eu me sinta saciado no meu vazio interior, porém só o amor misericordioso do Pai pode preencher esse vazio; somos reféns das coisas, num apego exagerado ao que é material, mas nem que tivéssemos toda a riqueza e possibilidades do mundo não seriam suficientes para nos fazer felizes de verdade, pois não é aquilo que vem de fora que me faz feliz e sim aquilo que esta dentro de mim: o amor incondicional do Pai do céu por mim, também não raro colocamos nas mãos das pessoas a nossa felicidade, e são as atitudes delas que vão determinar aquilo que somos, se nos amam como gostaríamos somos felizes, se não nos amam não somos, se sorriem para nós também sorrirmos, se não sorriem também não sorrimos, se nos tratam bem estamos bem humorados se não nos tratam ,não estamos, se nos decepcionam então perdemos o rumo e quase desistimos da vida se nos percebemos sós, mendigamos o amor das pessoas ou entramos em depressão sozinhos, enfim damos poder aos outros de decidir por nós aquilo que somos e seremos, no entanto quando o amor de Deus Pai entra na nossa vida através de uma experiência vital e pessoal com Ele, nos libertamos, e entendemos que não precisamos de nenhum falso amor para ser felizes e completos, que até mesmo o amor sincero e verdadeiro das pessoas que nos querem bem são complementos na nossa vida porque somos amados ao extremo pelo Pai do céu e esse amor é suficientemente capaz de me fazer a pessoa mais feliz , e mais agradável do mundo, ninguém mais tem em nossas vidas o poder de nos tirar a alegria, de nos fazer derrotados, porque agora sabemos que o maior amor do mundo nos ama sem medidas,incondicionalmente, ai que delícia saber que nada nem ninguém no mundo pode tirar este amor de mim, que mesmo se as montanhas oscilassem e as Colinas se abalassem esse amor jamais me abandonaria, que se eu me perdesse, por amor O Pai iria à minha procura, que mesmo que eu o abandonasse Ele jamais me deixaria, se sou gordo magro, negro, branco, rico pobre para O pai a única coisa que importa é que sou seu filho muito amado e a única coisa que Ele quer de mim é que eu O deixe me amar, essa experiência de amor de Pai para filho nos torna capazes de ser pessoas equilibradas e de pé, pessoas que não se abalam por qualquer motivo, e que riem à toa simplesmente pelo fato de terem experimentado o amor, pessoas que tem a consciência que só o amor pode transformar o mundo. O amor de Deus quando vivido por nós em sua plenitude, nos forja homens e mulheres novos, também decididos a amar, e prontos para gritarem ao mundo: QUE EXISTE UM DEUS QUE É PAI E NOS AMA, POR ISSO NUNCA ESTAREMOS SOZINHOS! ALELUIA!MUITO OBRIGADA SENHOR POR ESSE AMOR MARAVILHOSO, O SENHOR É LINDO.

Um comentário:

  1. super legal a teka estar postando no CEFAS! Mara !! Deus abençoe, paz e bem !

    ResponderExcluir

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.