30 de out de 2009

CERCA DE 400 MIL ANGLICANOS DESCONTES COM CANTERBURY SOLICITAM "UNIÃO PLENA" COM ROMA















Por Forum Libertas

Tradução: Carlos Martins Nabeto

Fonte: http://www.apologeticacatolica.org

A Comunhão Tradicional Anglicana (TAC), com centenas de paróquias em todo o mundo, poderá "retornar a Roma" em bloco. Porém, sob qual fórmula?

Mulheres-sacerdotisas, caos doutrinário, bispos ativistas homossexuais, ideologia de gênero, desprezo da liturgia... Muitos anglicanos se cansaram da desordem na Comunhão Anglicana e organizaram suas próprias congregações independentes de Canterbury. Uma destas é a Comunhão Tradicional Anglicana (TAC), que escreveu uma carta a Roma, "buscando a união plena, corporal e sacramental". O que decidirá Bento XVI?

A TAC expediu o seguinte comunicado à imprensa e em sua página na Internet (http://www.acahome.org/tac/index.htm):

"O Colégio dos Bispos da Comunhão Tradicional Anglicana-TAC, reuniu-se em Sessão Plenária em Portsmouth, Inglaterra, na primeira semana de outubro de 2007. Os Bispos e Vigários Gerais unanimemente acordaram o texto de uma carta à Sé Romana buscando a união plena, corporal e sacramental. A carta foi assinada solenemente por todo o Colégio e confiada ao Primaz e a dois Bispos eleitos pelo Colégio, para que seja apresentada na Santa Sé. A carta foi cordialmente recebida pela Congregação para a Doutrina da Fé. O Primaz da TAC determinou que nenhum membro do Colégio concederá entrevistas até que a Santa Sé tenha apreciado a carta e haja uma resposta".

O Primaz a que se refere o texto é John Hepworth, australiano, Arcebispo da Igreja Católica Anglicana da Austrália, uma denominação anglicana fora da comunhão com a Sé de Canterbury. Na Austrália, conta apenas com 25 paróquias. Porém, como Primaz da TAC, ao entregar em Roma a carta que solicita a união plena, tem em suas mãos o destino espiritual de 400 mil fiéis anglicanos tradicionais em todo o mundo. Agora a bola está nas mãos da Santa Sé, que pode levar algum tempo... Talvez muito tempo.


QUEM É A COMUNHÃO TRADICIONAL ANGLICANA-TAC?

Trata-se de um conjunto de igrejas de tradição anglicana que rejeitou fazer parte da Comunhão Anglicana por diversos motivos doutrinários, sobretudo a ordenação de mulheres (primeiro como sacerdotisas e, posteriormente, como bispas - o que é mais grave por razões organizacionais). Um fiel da tradição apostólica pode evitar comparecer a uma celebração religiosa presidida por uma sacerdotisa, porém... como saberá se tal ou qual sacerdote foi "ordenado" por uma "bispa" e, portanto, se são verdadeiros e eficazes os sacramentos que recebe?

A Comunhão Anglicana Tradicional (TAC) afirma possuir cerca de 400 mil fiéis. Se viessem em bloco à plena comunhão com Roma, seria o maior "retorno à casa" de protestantes desde o surgimento do Protestantismo no século XVI. As igrejas integradas a esta comunhão são:

  • A Igreja Anglicana na América (95 paróquias, 4 dioceses nos Estados Unidos, 1 diocese em Porto Rico e 1 diocese na Nicarágua, na América Central).
  • A Igreja Católica Anglicana do Canadá (43 paróquias no Canadá).
  • A Igreja Anglicana na África do Sul de Rito Tradicional (31 paróquias e 21 missões no sul da África).
  • A Igreja Católica Anglicana da Austrália (25 paróquias na Austrália, 1 na Nova Zelândia e 4 bispos).
  • A Igreja Anglicana Tradicional da Inglaterra (22 paróquias no Reino Unido)
  • A Igreja do Estreito de Torres (16 paróquias no Estreito de Torres, entre a Papua, no norte da Austrália e as ilhas da região; 3 bispos e 14 sacerdotes).
  • A Igreja da Irlanda de Rito Tradicional (3 comunidades em 3 condados da Irlanda).

E além destas, também:

  • 2 igrejas na África (a Igreja de Umzi Wase Tiyopia e a Igreja Anglicana Continuada da Zâmbia)
  • 3 igrejas na Ásia (a Igreja Anglicana da Índia, a Igreja Ortodoxa do Paquistão e a "Nippon Kirisuto Sei Ko Kai" no Japão, cujo número de paróquias não se encontra especificado na págida Web da Comunhão Anglicana Tradicional (http://www.acahome.org/tac/members/members.htm), sabendo-se porém que na Índia e na África podem possuir muitos fiéis.

A parábola do filho pródigo e a da ovelha perdida ensinam aos cristãos a alegrarem-se pelo retorno à casa de uma única ovelha, de um único filho. O que significaria, então, para a Igreja Católica a acolhida e pleno retorno de todas estas comunidades?

Não se trata de "apenas" 400 mil fiéis, o que já é grande número. Mas também uma quantidade importante de clérigos e pastores com experiência e fervor, comunidades já provadas, tanto na descristianizada Europa como no Terceiro Mundo, com impacto missionário, doutrina ortodoxa, devoção, ética pró-vida e pró-família, amor à Bíblia e à liturgia e uma dimensão multi-étnica e multi-cultural. Sem este perfil "robusto", teriam permanecido com Canterbury.

Porém, o que é mais importante: ao buscar Roma, marca-se um caminho que deve ser seguido por milhares de outros cristãos de tradição anglicana, descontestes com os desvios antibíblicos do Anglicanismo "de gênero" e pró-homossexualista.


TODOS OS CAMINHOS LEVAM A ROMA: POR EXEMPLO, ESTES TRÊS

Existem 3 caminhos pelos quais centenas de milhares de anglicanos podem retornar à plena união com a Sé de Pedro:

1) O Caminho da Própria Vida: um cristão anglicano (de qualquer ramo) se cansa do caos doutrinário do Anglicanismo e "volta a Roma". Procura uma paróquia católica e se submete a um curso de iniciação (em geral, nos países anglófonos, a "Iniciação Católica para Adultos"). É um passo individual, às vezes acompanhado por toda a família. Se é um sacerdote (casado ou não), pode pedir para que se lhe reconheçam ou se lhe confiram as ordens. Cada caso é um caso. Há uma freqüência constante destes casos todos os anos.

2) Outra situação: toda uma denominação anglicana que, porém, não se encontra na Comunhão Anglicana, solicita a plena comunhão com Roma. É o caso que estamos vendo ocorrer com a Comunhão Anglicana Tradicional (TAC): todo um bloco de igrejas anglicanas, que há anos romperam com Canterbury, pedem comunhão com Roma. Há muitas igrejas nesta situação de "Anglicanismo sem Canterbury". Na Internet, em AnglicansOnLine.org, existe uma lista que inclui, além da TAC, outras 60 denominações anglicanas "sem comunhão com Canterbury" (ver, p.ex.: http://anglicansonline.org/communion/nic.html). Apenas nos Estados Unidos e Canadá, as chamadas igrejas anglicanas "continuadas" (ver http://en.wikipedia.org/wiki/Continuing_Anglican_Movement) somam mais de 650 paróquias. Se Roma acolher ao pedido da TAC é bem possível que algumas outras igrejas na mesma situação sejam atraídas.

3) Terceira possibilidade: grupos inteiros de anglicanos "ainda em comunhão com Canterbury" deixam a Comunhão Anglicana e voltam a Roma. São grupos anglocatólicos ou anglicanos tradicionais que durante décadas têm tentado obter algum espaço na Comunhão Anglicana, ou seja, para que pudessem ter suas próprias jurisdições sem mulheres bispas, pudessem fazer as coisas "à sua maneira" nas paróquias, se proibisse a ordenação de militantes homossexuais etc. Estre estes, instituições internacionais como "Forward in Faith" (http://www.forwardinfaith.com), com 800 paróquias em todo o mundo, segundo suas estimativas de 2005. [Tais grupos] olharão para Roma mais ou menos segundo a margem de manobra que o anglicanismo liberal (tal como o "Affirming Catholicism", grupo este que, apesar de se apresentar como anglocatólicos, é favorável a mulheres bispas e bispos homossexuais) lhes permitir.

Em 2005, estimava-se em cerca de 4,2 milhões de católicos na Inglaterra e Gales contra 25 milhões de batizados anglicanos (dos quais apenas 1,7 milhão comparecem aos cultos dominicais anglicanos). Porém um forte fluxo imigratório tem ocorrido nos últimos anos. O vigário para os católicos polacos afirmou para o periódico "The Times" que estimava em cerca de 600 mil polacos (católicos, obviamente!) no Reino Unido, metade deles recém-chegados. A imigração está alterando o mapa religioso do país.

Além disso, tem aumentado o número de conversões do Anglicanismo para o Catolicismo desde que se iniciou [pela Igreja Anglicana] a ordenação de mulheres: Graham Leonard, ex-bispo anglicano de Londres, se converteu ao Catolicismo com sua esposa em 1995. Conversões recentes são também as dos ex-ministros britânicos John Gummer e Ann Widdecombe. Há algumas semanas foram recebidos na Igreja Católica Anita Henderson (esposa do bispo anglicano-irlandês de Tuam-Killala) [e Tony Blair (ex-primeiro-ministro da Inglaterra)].


UMA POSSIBILIDADE: O "USO ANGLICANO" NA IGREJA CATÓLICA

Em finais da década de 1970, um grupo de clérigos episcopalianos (=anglicanos dos Estados Unidos) pediram ao papa Paulo VI que fossem admitidos como sacerdotes católicos. Porém, eram casados e tinham filhos. Não houve resposta até 1980, quando João Paulo II estabeleceu um procedimento para que os clérigos episcopalianos casados, com família constituída, fossem ordenados sacerdotes católicos. De 1983 para cá, cerca de 75 clérigos episcopalianos casados foram ordenados sacerdotes católicos nos Estados Unidos.

No Reino Unido, desde 1990, cerca de 600 clérigos anglicanos foram ordenados como sacerdotes católicos, dos quais 150 eram casados, segundo um artigo de Dwight Longenecker publicado na CrisisMagazine.com (http://www.crisismagazine.com/june2007/longenecker.htm); o próprio articulista, aliás, era um pai de família, ex-ministro anglicano e atualmente sacerdote católico.

A Igreja Católica não admite que a ordem sacerdotal recebida por um clérigo anglicano/episcopalino seja verdadeiramente ordem sacerdotal. Falta-lhe a constância, pelo menos. Porém, suas atividades e experiências como clérigos anglicanos/episcopalianos são tão próximas das do Catolicismo que resultam em candidatos muito aceitáveis para serem ordenados sacerdotes católicos.

Nos Estados Unidos rege, desde 1980, a "Provisão Pastoral" de João Paulo II, que estabelece o "uso anglicano" dentro da Igreja Católica de Rito Latino. Apenas sete paróquias americanas a utilizam. Em geral, são comunidades que passaram do Anglicanismo para o Catolicismo, permitindo-lhes manter a liturgia ao estilo anglicano antigo: a Missa é oficiada pelo sacerdote olhando para o altar, comunga-se de joelhos e, no mais, se assemelha a uma Missa do século XVI (porém, em inglês e não em latim).

O último caso registrado foi o da Sociendade São Tomás Moro, em Scranton, Pennsylvânia: vinte famílias episcopalianas que se tornaram católicas e mais seu pastor episcopaliano, o qual foi ordenado sacerdote católico (o padre Eric Bergman). A Missa segue o "uso anglicano" na Paróquia Católica de Santa Clara.

Em novembro de 2006, o Arcebispo Myers (como delegado dos Bispos católicos norte-americanos) e a Sociedade do Uso Anglicano (http://anglicanuse.org; que visa promover o "uso anglicano"), se reuniram e trataram das possibilidades de se potencializar este uso. Por um lado, ajudará ao clero episcopaliano que quer se tornar católico (um clero que muitas vezes é casado e tem filhos, o que implica despesas financeiras); por outro lado, se pede para que o clero provindo do Episcopalianismo seja ordenado para "o uso anglicano", mesmo quando não chega acompanhado por um grupo de fiéis anglicanos, convertidos juntamente com ele.

A Sociedade do Uso Anglicano acredita que os fiéis chegarão. E que os sacerdotes também. Muitos anglicanos e episcopalianos que olham no sentido de Roma querem fugir do liberalismo moral, da má liturgia, do fideísmo... Procuram a beleza - o que encontram no luxuoso "uso anglicano", mais do que na missa nova pós-Vaticano II. Sentiriam-se melhor se pudessem manter a liturgia anglicana quando "retornassem a Roma".

O que acontecerá com todas essas paróquia da TAC que solicitam agora a comunhão com Roma? Lhes será exigido que abandonem suas liturgias anglicanas? Não poderia ser adaptada tanto para a Austrália quanto para a Índia, África do Sul etc. a mesma provisão que rege o uso anglicano nos Estados Unidos?

Com mais de 60 denominações anglicanas desvinculadas de Canterbury e com centenas de paróquias ainda ligadas a Canterbury, porém cada vez mais descontentes, o uso anglicano seria uma opção de ponte.

Bento XVI e o Vaticano têm demonstrado serem capazes de tratar com grupos tradicionalistas católicos, que têm voltado à união com a Sé de Pedro. Provavelmente, então, veremos nos próximos anos muitas comunidades anglicanas encontrarem o seu lugar dentro da Igreja Católica.

E, por meio delas, vale a pena olhar para o restante do mundo protestante. Muitos evangélicos pró-vida e pró-família há anos enxergam Roma como aliada e não como inimiga. Também existem pontes ecumênicas importantes no mundo como a experiência carismática católica e a protestante, as iniciativas de evangelização conjunta, ou do trabalho social contra a pobreza. À medida que a incerteza teológica divide os protestantes em liberais e conservadores, em um Cristianismo fracionado, Roma aparece cada vez mais como a aposta mais clara do desejo de Jesus: "Pai, que todos sejam um".
FONTE: SITE VERITATIS SPLENDOR

28 de out de 2009

O valor de uma pessoa não depende dos outros













Entrevista com a teóloga Jutta Burggraf


A teóloga alemã Jutta Burggraf recorda que o valor de cada pessoa não depende da aceitação ou rejeição dos demais. Ela o explica em seu novo livro, «Liberdade vivida com a força da fé», editado em Madri por Edições Rialp.

Jutta Burggraf é professora de teologia dogmática na Faculdade de Teologia da Universidade de Navarra e escreveu sobre o feminismo, ecumenismo e Santa Teresa d’Ávila.

--Seu livro se titula «Liberdade vivida». Há liberdades não vividas?

--Burggraf: Todos nós, homens, nascemos como originais, mas às vezes nos limitamos a ser nada mais que umas cópias iguais. Então, não correspondemos ao chamado pessoal e único que recebemos ao entrar neste mundo: «Sê tu mesmo. Sê como Deus te sonhou desde sempre».

Cada homem pode oferecer muitas surpresas, agregar pensamentos novos, soluções originais, atuações únicas. É capaz de viver sua própria vida, e de ser fonte de inspiração e apoio para os demais.

Se uma pessoa não utiliza suas pernas para caminhar, nós a consideramos «estranha» ou provavelmente doente; mas se não usa seu entendimento para pensar, nem sua vontade para decidir, quase não nos damos conta de seu estado perigoso, porque estamos acostumados a não viver à altura de nossas melhores possibilidades; com freqüência, não realizamos a capacidade mais rica e profunda que temos: nossa liberdade.

Com efeito, ninguém deve converter-se em um «autômato», sem rosto nem originalidade. Às vezes, convém recobrar o olhar da criança, para abrir-nos à própria novidade -- e a cada pessoa --, e assim descobrir o desafio que encerra cada situação. O mundo será o que nós fizermos dele. Ao menos nossa vida é o que fazemos dela.

--A que se refere concretamente quando alude ao mundo «sutilmente tiranizante» no qual nos coube viver?

--Burggraf: Em nossas sociedades há «correntes de ouro». Reina a tirania das massas e dos costumes. Não é difícil descobrir uma poderosa corrente coletivista que tende a despojar-nos dos mais recôndito de nosso ser, com o fim de igualar e massificar os homens, se não todos, pelo menos os que pertencem a um determinado partido, a uma associação concreta, uma comunidade, um site ou um clube de golfe.

Está na moda cantar ao uníssono, vestir-se com a mesma roupa, recorrer aos mesmos argumentos pré-fabricados, com as mesmas palavras, o mesmo olhar e inclusive o mesmo sorriso.

Há pessoas que nem se dão conta de suas correntes. Acomodam-se ao espírito que lhes parece óbvio. Mas o que elas sentem, pensam ou dizem não é coisa sua; são os sentimentos, pensamentos e frases feitas que foram publicadas em milhares de jornais e revistas, na rádio, na televisão e na internet. Enquanto alguém começa a pensar e a atuar por conta própria e mantém uma opinião divergente da geralmente aceita pelo «sistema» -- que se voltou a fechar e não admite nada que seja incômodo -- simplesmente se rejeita.

Contudo, somos livres, apesar das circunstâncias adversas que podem nos rodear e influir. E não só temos o direito, mas também o dever de exercer nossa liberdade.

Justamente hoje é mais necessário que nunca que tomemos consciência da grande riqueza de nossa vida e busquemos caminhos para chegar a ser «mais» homens, e não umas pessoas desanimadas, assustadas e enlutadas.

--Como se aprende a ser livre? Qual é o primeiro passo?

--Burggraf: Ao crescer, o homem descobre paulatinamente que tem um espaço interior, no qual está, de algum modo, à disposição de si mesmo. Ele percebe que, essencialmente, não depende nem dos pais, nem dos professores do colégio; não depende dos meios de comunicação, nem tampouco da opinião pública. Experimenta um espaço no qual está a sós consigo mesmo, onde é livre. Descobre seu mundo interior, sua própria intimidade.

O íntimo é o que só a pessoa conhece: é o «santuário» do humano. Posso entrar dentro de mim, e aí ninguém pode me aprisionar.

Quando «estou comigo», facilmente percebo quão desnecessário e inclusive ridículo é o buscar a confirmação e o aplauso dos demais. O valor de uma pessoa não depende dos outros, não depende dos aplausos ou gestos de confirmação que possa receber ou não.

Somos mais do que vivemos no exterior. Há um espaço em nós ao qual os outros não têm acesso. É nossa «pátria interior», um espaço de silêncio e quietude. Enquanto não o descubramos, viveremos de um modo superficial e confuso, buscando consolo onde não há -- no mundo exterior.

O homem é livre, quando mora na própria casa. Infelizmente, há muitas pessoas que não «estão consigo», mas sempre com os outros. Não sabem descansar em si mesmas.

--Obedecer a Deus é fonte de liberdade, afirma. Que quer dizer com isso?

--Burggraf: O próprio Deus, a fonte de toda vida, quer habitar cada vez mais profundamente em nós. Desde nosso núcleo mais íntimo, quer dar-nos a vida em abundância. De uma forma ou de outra, cada homem está chamado a reviver o drama experimentado por Santo Agostinho: «Tu estavas dentro de mim e eu fora. E fora te andava buscando».

Deus nos pede um mínimo de abertura, disponibilidade e acolhida de sua graça: «Se escutais hoje sua voz, não endureçais vosso coração». Para encontrar a Deus dentro de nós, é preciso -- misteriosamente -- «abrir-lhe as portas» de nossa casa. Em outras palavras, neste espaço íntimo do silêncio e da quietude que há em mim, onde ninguém pode entrar senão eu, não quero estar só. Convido Deus para entrar e estar comigo -- e a conduzir minha vida. Então, minha autodeterminação consiste em fazer o que ele me disser.

Quando Deus habita em mim, eu gosto de «estar comigo» e «entrar na própria casa». Nunca estarei só, mas acompanhado e protegido por quem mais me ama. Não é necessário que eu mesmo resolva os pequenos e grandes problemas de cada dia. A vida cristã é uma vida estritamente dialogal.

Obediência quer dizer, em sua origem, que Cristo nos governa. É Ele quem toma o timão de nossa barca. Não se sobrepõe às nossas ações; está no próprio núcleo da liberdade. É o que nos diz o Evangelista: «Vede que o reino de Deus se encontra dentro de vós» (Lucas 17, 20).

Fonte :site da Comunidade católica shalon

A Mulher e sua Missão








Há mais ou menos dez anos, assisti a um programa de televisão na França, sobre o homossexualismo, que achei terrível, porque não sabiam escutar um ao outro, as pessoas entrevistadas não se entendiam. Quando uma pessoa tinha coragem de expressar uma opinião diferente, todos se levantavam e começavam a gritar, sem se entenderem. E alguns irmãos e irmãs de nossa Comunidade estavam lá, participando desse programa, mas não tiveram oportunidade sequer de abrir a boca. Na noite seguinte, do meu coração subia um grito, Deus me dizia: "É a mulher que não está no seu lugar". Pareceu-me evidente que na crise de identidade da nossa sociedade, a chave de abertura da solução estava com a mulher. A mulher poderia nos tirar desse impasse. A partir desse momento, não parei mais de aprofundar-me nesse assunto. De um lado, comecei a escutar muitas mulheres, e de outro, entreguei-me à oração e à meditação das Escrituras.

João Paulo II mesmo nos convida a meditar o texto da criação, em Gênesis, e cada vez que medito maravilho-me. A Palavra de Deus é uma palavra de vida, quanto mais meditamos nela, mais somos reestruturados, mais compreendemos quem somos, de onde viemos e para onde vamos.

Então, em Gênesis há dois textos que falam da criação do homem e da mulher. No primeiro (Gn 1,26), "Deus diz: 'Façamos o homem à nossa imagem e semelhança'. Deus criou Adão (ser humano) à sua imagem e semelhança. Homem e mulher ele o criou". Quando ouvimos isso em francês ou em português, achamos interessante, mas não compreendemos muito. Mas quando o meditamos em hebraico, descobrimos uma riqueza de sentido, que é muito interessante. O texto diz que Deus criou Adão à sua imagem. Adão é o ser humano, o homem e a mulher. Em hebraico, "adamar" é a terra; Adão é então aquele que foi retirado da terra e foi moldado pela mão de Deus.

Quando se diz homem e mulher, em hebraico, são duas palavras diferentes, que identificam identidades diferentes. Homem, em hebraico, é "zarrar", que significa fazer memória, tornar presente um acontecimento do passado. E muitas vezes nas Escrituras Deus manda o homem contar os acontecimentos aos seus filhos. Isso significa que quando o homem conta ao seu filho, por exemplo a saída do Egito, ou a entrada em Jerusalém, ele comunica a presença da graça de Deus. Essa é uma capacidade belíssima do homem, de transmitir a herança espiritual, cultural e histórica. No nome "zarrar" existe uma letra que tem a forma de uma espada, porque esse nome tem o sentido de penetrar e ao mesmo tempo relembra a sexualidade do homem, o homem que no ato sexual vai penetrar o corpo da mulher para lá depositar a semente, mas também que vai trabalhar a terra para lá depositar a semente. Essa vocação do homem é muito nobre, é bela.

Para a mulher, a palavra empregada é "nequeva", que significa gruta, fenda, um espaço interior. Eu fico maravilhada sempre que digo essa palavra "nequeva" porque é assim a descrição do corpo da mulher. O mistério da vocação da mulher que está inscrito no seu próprio corpo. Esse espaço interior, receptáculo, alguma coisa cuja finalidade é conter. Através disso, pode-se compreender toda a vocação da mulher, que tem no seu próprio corpo a possibilidade para acolher uma criança. É uma vocação de acolhimento: acolhe a vida, acolhe a semente do homem, acolhe o seu amor, acolhe a criança e a leva no seu corpo. O corpo da mulher nos mergulha numa perspectiva de ação de graças com relação ao plano de Deus.

Deveríamos entrar numa perspectiva de respeito imenso pelo corpo uns dos outros. O corpo do homem, que está cheio de força, que foi feito também para proteger a mulher e a criança, para usar sua força física e sua inteligência, para criar uma sociedade onde haja um lugar claro para a mulher e para a criança. E esse corpo da mulher que traz em si o mistério da vida. E se vê através da sexualidade, do corpo do homem e da mulher como sua identidade é diferente, assim como sua missão. O trabalho do homem vai ser mais invisível, mais eficaz. O trabalho da mulher vai ser mais escondido, mais voltado à fecundidade. A mulher espera o tempo para que a semente que foi colocada no seu corpo possa se tornar uma criança completa. Mas vejam, o demônio tem a mania de tentar transformar a graça em maldição. Hoje eu diria que o demônio se dedica a atacar a mulher em especial nessa capacidade de dar a vida. Ele vem fazendo isso desde o Gênesis, ele quer passar através da mulher para atingir o homem e o que acontece é que o homem que não cumpre o seu papel não está no seu local para proteger a mulher.

"Não é bom que o homem esteja só"

Passemos ao segundo texto (Gn 2). Nesse capítulo, vemos que Deus criou o céu e a terra, e ficou muito feliz com o que fizera - o texto diz sempre: "Deus viu que era bom" - no sexto dia, criou o homem e a mulher e viu que o que havia feito era muito bom. Portanto, a criação do homem e da mulher é realmente o ápice da criação. Deus reserva sempre o melhor para o fim.

Deus viu que não era bom que o homem estivesse sozinho: "é necessário que eu lhe faça uma companheira, que lhe seja agradável, auxiliar". Em hebraico é a palavra "ezer" que se traduz por ajuda. Essa é a mesma palavra do salmo que diz: "Meu socorro está no nome do Senhor". É o socorro, a ajuda que vem de Deus. Essa ajuda que Deus pensou para o homem não é uma serva, uma empregada, mas o socorro que lhe advém de Deus. É muito bonito porque quando vemos o quadro da criação, percebemos que a mulher foi dada como um presente ao homem. A redenção se completa quando novamente Deus dá a mulher como um dom, um presente ao homem. Maria é a nova Eva que foi dada a João e, através dele, a cada um de nós. Essa mulher que foi concebida sem pecado e que pode curar a todo homem que a acolha e que acolha a sua feminilidade. O Novo Testamento está enquadrado em duas frases, a primeira quando o anjo diz a José: "Não temas receber Maria em tua casa" e a última, quando Jesus dá Maria a João: "E ele a levou consigo para sua casa".

O Evangelho de João diz que depois que Jesus entregou Maria a João, viu que tudo tinha se cumprido, então entregou o espírito. O cumprimento de todas as coisas foi, novamente, esse dom da mulher ao homem. Há algumas coisas que vão nos ajudar a entender qual é o lugar da mulher, para ver como poderemos aplicar essas palavras na nossa vida, como nós mulheres vamos nos situar com relação aos homens e como vocês homens vão acolher esse mistério da mulher na sua própria vida.

Voltando a Gênesis 2, Deus faz desfilar diante de Adão todas as criaturas, isso define um pouco a grandeza do homem, essa capacidade que Deus lhe deu de dar nome às criaturas. Quando se dá o nome a alguém se lhe revela a sua identidade. O homem tem essa graça de discernimento, de reconhecer a identidade profunda das coisas, de reinar sobre a criação e as criaturas... No entanto, o homem não encontrou nas criaturas que desfilaram uma ajuda que lhe fosse correspondente. E Deus não achou outra solução a não ser mergulhar Adão num sono profundo, e eu gosto de brincar com os meus irmãos: "Vocês não fiquem impressionados se não conseguem compreender as mulheres, porque quando ela foi criada vocês estavam dormindo". A mulher vai ser sempre um mistério para o homem.

Então, Deus tirar a "costela" - que em hebraico significa metade, o lado inteiro -. Existe um midraxe* judeu que diz que Deus não tirou a mulher dos olhos dos homens, senão ela se tornaria muito curiosa; também não a fez das orelhas, senão ela teria mania de querer escutar tudo; também não quis tirá-la da boca do homem, senão ela falaria demais; mas Deus fez a mulher do lado do coração do homem, da metade mais íntima do homem. E eu diria que até hoje o homem sente uma falta com relação a esse lado do coração que lhe foi tirado. O homem vai sempre estar à procura de uma mulher que seja a ajuda que lhe corresponda. É por isso que é tão importante para todo homem acolher a maternidade e a feminilidade de Maria. Eu creio que é somente quando se deixa curar pela feminilidade e pela maternidade de Maria que o homem é capaz de acolher a mulher como um dom de Deus.

"A carne da minha carne"

Vejam, Adão é aquele que foi tirado e formado da terra, depois Deus o colocou no Éden, no paraíso. A mulher foi criada no paraíso. É por isso que ela tem sempre a saudade do céu, desse lugar de perfeição. As Escrituras dizem que Eva foi construída, como se constrói, por exemplo, uma cidade. Quando Eva foi criada, o próprio Deus foi apresentá-la a Adão e este grita, um grito de maravilhamento e de revelação. Ao olhar para Eva, vendo a diferença nela, ele começa a compreender quem ele é. Ele tem a revelação de sua própria identidade. Isso significa que quando o homem acolhe o mistério da mulher ele se torna plenamente um homem, e conhece a sua própria identidade, sabe quem ele é. Então ele grita: "Eis a carne da minha carne, o osso dos meus ossos". É essa a primeira vez que se ouve a voz de Adão. É a mulher que faz o homem falar. Os homens têm muito mais dificuldade do que as mulheres de expressar as coisas profundas e é através do relacionamento com a mulher que ele vai aprender a partilhar em profundidade. Então o homem diz: "Ela se chamará "ishá" porque foi tirada do "ish"". E no Gênesis, pela primeira vez, as palavras homem e mulher têm a mesma raiz. É muito bonito saber como são construídas as palavras "ish" e "ishá", nelas está incluída a palavra "esh", que é o fogo. Na palavra "ish" tem uma letrinha ("jota" ou "iota). "Iota" é a mesma coisa que "iad" (mão). O homem nunca deve, portanto, esquecer-se de que foi formado pela mão de Deus. E que ele deve estar na bênção, na submissão a Deus. A grande tentação do homem é o orgulho, é acreditar que pode viver sem Deus. Como o homem, normalmente, é muito eficaz, começa muitas vezes a pensar que o senhor é ele mesmo. É necessário que ele lembre que não é o seu criador e entre nessa humildade, que dê glória a Deus.

E na palavra que significa mulher, a letra que está lá é o "rê", significa sopro. O sopro do Santo Espírito. O "rê" é a letra da oração, a mulher não deve jamais esquecer a oração. Ela é feita para estar em ligação com Deus. Por natureza, ela é mais religiosa que o homem, é mais interiorizada e mais atraída naturalmente para as coisas espirituais.

Então, quando o homem e a mulher se unem no amor, a união dessas duas letras, o "iota" e o "rê", que fazem a palavra "iá", aquela mesma que está no aleluia. A união do homem e da mulher na oração e na submissão a Deus trazem a presença de Deus. Mas se o homem esquece-se dessa submissão e dessa humildade, e se a mulher se torna superficial e se deixa atrair pelas coisas exteriores, esquecendo a oração, vai ficar apenas o "esh", que é o fogo da destruição. E a relação entre homem e mulher se torna terrivelmente destrutiva.

A queda

Vocês podem se perguntar: "Mas como Deus previu que tudo fosse tão belo e tão bom e, apesar de tudo o que Deus desejou, a realidade que nós vivemos não corresponde a isso?". É muito interessante também lermos o texto da queda, do pecado original, para compreender o nosso próprio mecanismo. A Palavra de Deus é o melhor livro de psicologia que já foi feito. Aqui estão as respostas para todos os nossos questionamentos e a solução para todos os nossos problemas.

O desejo de Deus para o homem e para a mulher é sempre um desejo de felicidade, de plenitude, mas o inimigo de Deus sempre se mete para tentar transformar a graça em maldição e para colocar a dúvida no coração do homem. Deus disse: "Você pode comer de todas as árvores do jardim". Aí a serpente inverte as coisas: "Quer dizer que você não pode comer de todas as árvores do jardim?". Quando a serpente coloca na frase de Deus esse "não", ela transforma completamente a Palavra de Deus.

É interessante ver um pouco o processo da tentação de Eva. A primeira coisa que ela faz é escutar, em seguida acolhe a serpente e aí olha e, ao olhar, vê que a árvore era bela de se ver e desejável para atingir o entendimento. Finalmente, ela pega o fruto e o come. Entrega-o a Adão e ele também o come. Essa tentação de Eva não é, certamente, a da gula, mas de adquirir o discernimento, atingir um poder espiritual. A mulher é sempre atraída por esse poder espiritual e para uma dominação sobre os seres. Como Eva não soube resistir a essa tentação, acabou separando-se de Deus. Foi um momento terrível!

Quando Adão e Eva escutam os passos de Deus no jardim, correm para se esconder porque descobriram que estavam nus. Antes estavam numa inocência original, estavam nus um diante do outro e não tinham vergonha. Mas de repente os seus olhos se abriram e acabam se tornando uma ameaça um para o outro. Foi necessário que Deus costurasse uma túnica de peles. No Gênesis se diz que antes eles eram vestidos de luz, em hebraico "or". E quando Deus fez para eles túnicas de peles a palavra é a mesma que luz: "or", mas o sentido é completamente diferente. Eles trocaram a luz pelas trevas, pela opacidade. Não havia mais transparência entre o ser de um e o ser do outro. O sentido da letra que se usa para a palavra luz: "alef" tem o sentido de unidade, e a significação numérica da palavra "or" quando designa pele, couro é o número 70, ou seja, trocaram a unidade pela multiplicidade. A simplicidade foi trocada pela complicação. E somente o Batismo nos devolve essa luz que perdemos na queda original. Todos os que foram batizados em Cristo foram revestidos do Cristo. A pessoa veste a roupa branca que simboliza a pureza original.

É interessante ver como Deus se dirige a Adão e Eva quando entra no jardim. Isso serve de exemplo para nós, que somos pais, como podemos educar e corrigir as nossas crianças. De fato, nosso movimento natural seria a acusação. Ele não diz você fez isso e aquilo... Diz: "O que foi que você fez?". Porque se Deus dissesse "você fez isso e aquilo" a pessoa diria "não". Mas diante da pergunta de Deus, Adão deveria dizer, ele mesmo, o que fizera. Adão foi levado a tomar consciência da sua falta. Muitas vezes nós nos tornamos dormentes e cegos diante do nosso pecado, incapazes de reconhecer o que nos afasta de Deus. Não tomamos consciência dos nossos erros quando alguém nos acusa, mas quando alguém se dispõe a nos escutar, e tenta compreender por que fizemos isso e aquilo. E aí tem toda uma pedagogia de Deus que vai fazer com que o homem exprima-se por si próprio.

Nesse momento, Adão perdeu a chance da sua vida. Porque, ao invés de reconhecer a sua falta, a sua participação no pecado de Eva, a sua culpa pessoal no pecado, ele acusa a mulher e também a Deus: "Foi a mulher que tu me deste". Então Deus vai perguntar a mulher e ela vai acusar a serpente, ou seja, cada um dos envolvidos encontra um terceiro que é culpado. Isso é muitíssimo profundo! Como temos dificuldade de reconhecer a nossa responsabilidade! Como é fácil dizer: "A culpa é dos pais que você me deu; a culpa é do marido/mulher que você me deu; a culpa é dos filhos que você me deu; do patrão que você me deu...". Temos essa tendência a acusar os outros. Como Adão, temos dificuldade de reconhecer a nossa responsabilidade.

E esta pergunta que Deus faz a Adão é também dirigida a nós: "O que você fez?". Às vezes nós estamos em situações dolorosas, difíceis, então acusamos a fatalidade. Mas, em vez de acusar, deveríamos tentar ouvir e responder a esta pergunta de Deus: "O que você fez? Como foi que você se afastou de mim?". Deixo essa questão para sua oração.

Tem um outro momento terrível na narrativa da queda, é o momento em que Adão e Eva se escondem. Eu diria que esse momento foi mais terrível para Deus do que para o homem e a mulher. Porque nós, que somos pais, quando os nossos filhos fazem uma besteira, mesmo que seja uma besteira bem grande, se eles têm medo de nós e desaparecem, vão se esconder, isso fere terrivelmente o nosso coração. E lá, Adão poderia ter agido de uma maneira completamente diferente. Quando fizermos alguma besteira, quando nos afastamos de Deus, devemos pular nos braços de Deus para desarmá-lo completamente. O drama de Deus é que nós pensamos que Ele é mau. No entanto, desde sempre, Ele não para de nos procurar e nos convencer da sua bondade.

O combate

Nessa altura do capítulo 3, Deus vai falar daquilo que aparentemente são maldições. Ele diz: "Porque você fez isso, maldito seja o solo por causa de ti". No nosso entendimento, achamos que Ele amaldiçoou o homem e a mulher, mas Deus nunca os amaldiçoou. Ele amaldiçoou a serpente e o solo. E o homem e a mulher vão ter de enfrentar, um o solo, a outra, a serpente. Deus começa amaldiçoando a serpente. Ele diz: "Porque você fez isso, maldita seja entre todos os animais e entre todas as bestas selvagens. Eu colocarei uma hostilidade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e a dela. Ela pisará a tua cabeça, quando tu lhe ferires o calcanhar". Vocês compreendem o que isso quer dizer? Qual será essa hostilidade entre a serpente e a mulher? Isso significa que a mulher terá de enfrentar a serpente. A serpente é o mundo demoníaco. O combate da mulher será um combate espiritual, e através da sua oração e da pureza do seu coração, se ela assim desejar, e decidir, vai receber essa capacidade de derrotar o mundo das trevas. E de assim permitir a vitória de Deus.

Então, sem cessar, o combate da mulher será espiritual. Ela vai, continuamente, ser tentada a esse nível espiritual. E ela também será tentada, às vezes, a ter uma participação nesse mundo de trevas. É dramático para os nossos países quando as mulheres não compreendem o peso da sua missão. E eu creio que é urgente que as mulheres tomem consciência da importância desse combate espiritual. Infelizmente, temos interpretado o Evangelho de maneira tão incorreta, que temos uma idéia errônea daquilo que devemos viver. E nós até usamos o próprio Evangelho para ultrajar a mulher de uma maneira incrível. É por isso, minhas irmãs, que é tão importante que vocês tomem consciência da dignidade que vocês têm. Desta missão que pertence a vocês. A missão da mulher se passa num mundo invisível.

Ao homem Deus diz: "Seja maldito o solo, a terra, por causa de ti. Durante todos os dias, tu cultivarás e trabalharás com o suor do teu rosto. A terra produzirá para ti cardos e espinhos e tu comerás das ervas dos campos. Com o suor do teu rosto comerás o pão de cada dia, até que retornes ao solo, pois dele foste tirado. Tu és pó e ao pó retornarás". Isso significa que aquilo que Deus confia aos homens é um mundo visível. É a dominação da terra. Cultivar a terra para que ela produza fruto, e também a autoridade sobre a sociedade. É construir uma sociedade na qual cada um tenha o seu próprio lugar.

Então, o combate do homem é um combate visível. E eu creio, se cada um de nós compreender qual é o nosso lugar, qual é a nossa missão, nosso olhar ao outro será completamente diferente. E nós, mulheres, poderemos dar ao homem esse olhar que fará com que ele tome a sua própria responsabilidade. Vocês, homens, poderão colocar um novo olhar sobre a mulher, tomando consciência da importância da missão da mulher. Eu diria que você tem a mulher que você merece. O olhar que você colocar sobre a mulher vai determinar quem ela é. Um olhar de respeito, de pureza, que veja o mais profundo das pessoas, que não fique somente nas aparências. Temos de tomar consciência da responsabilidade que temos uns com relação aos outros. Peçamos ao Pai o seu olhar, para que possamos olhar-nos uns aos outros com o olhar dele, recebendo uns aos outros como um presente.

Fonte: site da comunidade católica shalon.

BOLETIM CIVITAS DEI


CLIQUE NA IMAGEM ACIMA E BAIXE O BOLETIM CIVITAS DEI E LEIA! UM MATERIAL CATÓLICO DE EXCELENTE QUALIDADE!

27 de out de 2009

CLARA E FRANCISCO
(FILME PARA BAIXAR)




Um belo filme que retrata fielmente a vida de São Francisco, Santa Clara e seus conterrâneos Santa Inês, São Bernardo, Santo Egídio, Santa Beatriz, Iluminato e outros tantos jovens heróis que, negando a si mesmos e tomando suas cruzes, eternizaram a milenar Assis fundando a Ordem dos Frades Menores e as Irmãs da Pobreza, no alvorecer do áureo século 13, auge do medievo cristão.

10 de out de 2009

200 - PREGAÇÕES DO PADRE LEO


A paz de Cristo e o amor de Maria esteja com você!!!
Abaixo segue aproximadamente 200 pregações em Áudio para você baixar e ouvir do nosso queridíssimo Pe. Leo Fundador da Comunidade Bethânia e muito presente nos retiros da Canção Nova.
Para baixar basta clicar nos links abaixo e acessar o site de hospedagem e salvar em seu computador. São pregações leves que não irão comprometer o espaço de seu computador.
Tem de todo tipo de Tema e direcionados também para Família, Casais, Cura Interior, Igreja, Nossa Senhora, Juventude e outros. Tem para todos os gostos e na irreverência e carisma do Pe. Leo.
Vale a pena conferir.
Fiquem com Deus e o amor de Maria.
Grupo de Oração Vida Nova

Tema: Juventude (Padre Léo)

Tema:Igreja (Padre Léo)

Tema:FAMÍLIA
• 10 Maneiras de Estragar um Filho
http://www.4shared.com/file/71472201/a7332ad/Dezmaneirasdeestragarumfilhopeleowma.html
• A Salvação de Nossas Famílias
http://www.4shared.com/file/101932483/f9962f1a/Padre_Leo_scj_A_salvao_de_nossas_familias_16062002.html
• Casamento ou Matrimônio?
http://www.4shared.com/file/81348186/b2b02bff/Pregacao_Padre_Leo_Casamento_ou_Matrimonio.html
• Conceito de Família
http://www.4shared.com/file/81349361/96f20d9/Palestras-Padre_Lo-_Parbolas_do_Reino-Conceito_de_Famlia-Mt_1246-50.html
• Família, Lugar da Bênção de Deus
http://www.4shared.com/file/75051557/9c83efd3/13_-_Familia_Lugar_da_Beno_de_Deus_-_Pe_Lo.html
• Gaste tempo com seu Filho
http://www.4shared.com/file/104380246/fbe1d70/Padre_Leo_scj_Gaste_tempo_com_seu_filho_28122003.html
• Hoje a Salvação entrou em tua Casa
http://www.4shared.com/file/108255599/ec52e57b/Padre_Leo_scj_Hoje_a_salvacao_entrou_em_tua_casa_23112003.html
• Restaurar a Vida Familiar
http://www.4shared.com/file/108266379/23496179/Padre_Leo_scj_Restaurar_a_vida_familiar_11062005.html
• Roteiro para Restauração das Famílias
http://www.4shared.com/file/104541458/5e8514fd/Padre_Leo_scj_Roteiro_para_restauracao_das_familias_11062005.html
• O Segredo do Matrimônio
http://www.4shared.com/file/81348259/95e7f67a/Padre_Leo-Coletania_de_palestras_Vol_1-05-O_segredo_do_matrimnio.html
• Vida Íntima Penhor de Comunhão Espiritual
http://www.4shared.com/file/74289549/b4bbb574/Vida_intima_penhor_de_comunho_espiritual_-_Pe_Lo.html
• Viver na Radicalidade do Matrimônio
http://www.4shared.com/file/112862724/61a5aabc/Padre_Leo_scj_Viver_na_radicalidade_do_matrimonio_15062002.html
• Viver o Matrimônio na Alegria do Senhor
http://www.4shared.com/file/104559536/1671f514/Padre_Leo_scj_Viver_o_matrimonio_na_alegria_do_Senhor_25012004.html
• Viver o Matrimônio na Pureza e Santidade
http://www.4shared.com/file/103227340/3e831f41/Padre_Leo_scj_Viver_o_matrimonio_na_pureza_e_santidade.html
TEMA: CURA INTERIOR
• A Cura a partir do encontro Pessoal com Jesus
http://www.4shared.com/file/120326092/67481759/Padre_Leo_scj_A_cura_a_partir_do_encontro_pessoal_com_Jesus_22022004.html
• A Cura do Coração de Pedro
http://www.4shared.com/file/120327396/dadf0a7c/Padre_Leo_scj_A_cura_do_coracao_de_Pedro_25042004.html
• A Cura do Ressentimento
http://www.4shared.com/file/75053092/ec9e5e30/14_-_A_Cura_do_Ressentimento_-_Pe_Lo.html
• A Necessidade da Cura Interior
http://www.4shared.com/file/79467831/1598735d/Pregao_Pe_Lo_-__A_Necessidade_de_Cura_Interior.html
• Canalize seus Desejos para Deus
http://www.4shared.com/file/120333459/5198f083/Padre_Leo_scj_Canalize_seus_desejos_para_Deus_10022002.html
• Casa Sobre a Rocha
http://www.4shared.com/file/79467694/95834252/Pregao_Pe_Lo_-_Casa_sobre_a_Rocha.html
• Confiai ao Senhor todas as preocupações
http://www.4shared.com/file/74477609/6647cdd6/Padre_Lo_-_34_palestra_-_Confiai_ao_Senhor_Todas_as_Preocupaes_-_54m10s_-_I_Pe_57_1_.html
• Confortai-vos no Senhor
http://www.4shared.com/file/81349067/e24a3bb5/20041024_-_Confortai-vos_no_Senhor.html
• Corações Restaurados
http://www.4shared.com/file/114378335/537a0f9a/Padre_Leo_scj_Coracoes_restaurados_27062004.html
• Libertos por Jesus
http://www.4shared.com/file/103227362/e2bb1cef/Padre_Leo_scj_Libertos_por_Jesus.html
• Não desista
http://www.4shared.com/file/103248300/8dcc3fb3/Padre_Leo_scj_Nao_desista_25092004.html
• Não se Deixe Dominar pelas Doenças
http://www.4shared.com/file/81349631/72d31677/Palestras-Padre_Lo_16-01-05_09-00-No_se_Deixe_Dominar_Pelas_Doenas_1_.html
• O Medo da Rejeição leva à Mentira
http://www.4shared.com/file/81348556/17fd6e/Padre_Lo_-_10_palestra_-_Medo_da_Rejeio_leva__mentira_-_60m51s_-_Ef_0417-25_1_.html
• O Ressentimento faz mal à Saúde
http://www.4shared.com/file/81348390/414c6be5/12_-_O_ressentimento_faz_mal_a_saude_-_Pe_Lo.html
• PHS – Por hoje sim!
http://www.4shared.com/file/104536708/e43ba48/Padre_Leo_scj_PHS_Por_hoje_sim_15082004.html
• Porque Desanimamos?
http://www.4shared.com/file/81349299/81eede13/Padre_Lo_-_15_palestra_-_Por_que_Desanimamos_-_60m57s_-_Lc_0918-22_1_.html
• Preciso criar o céu para os outros
http://www.4shared.com/file/108263783/74d3cc46/Padre_Leo_scj_Preciso_criar_o_ceu_para_os_outros_08092002.html
• Purificar Nossos Desejos
http://www.4shared.com/file/71477153/ac92e9af/Purificarnossosdesejospeleowma.html
• Quebre a casca do seu coração
http://www.4shared.com/file/102665911/5b0b79ad/Padre_Leo_scj_Quebre_a_casca_do_seu_coracao_26112005.html
• Quais são as nossas Lepras
http://www.4shared.com/file/75062245/3bcc7c05/33_-_Quais_So_As_Nossas_Lepras_-_Pe_Lo.html
• Rezando a Vida
http://www.4shared.com/file/104538733/52634730/Padre_Leo_scj_Rezando_a_vida_09022003mp3.html
• Roteiro para Cura Interior
http://www.4shared.com/file/108267476/e050d08/Padre_Leo_scj_Roteiro_para_cura_interior_11112001.html
• Sede bondosos, compassivos e Perdoai
http://www.4shared.com/file/74616361/42391347/Padre_Lo_SCJ__Pregao__-_Sede_bondosos_compassivos_e_perdoai.html
• Segredos para Cura Interior
http://www.4shared.com/file/101940452/2316755a/Padre_Leo_scj_Segredos_para_cura_interior_25042004.html
• Você nasceu para ser feliz
http://www.4shared.com/file/104562729/cf0f07b/Padre_Leo_scj_Voce_nasceu_pra_ser_feliz_14082004.html
• Voltamos para o Abraço do Pai
http://www.4shared.com/file/101940431/ec458366/Padre_Leo_scj_Voltamos_para_o_abrao_do_Pai_21032004.html
• Vou Curar-lhes as feridas
http://www.4shared.com/file/71477930/6dd24e2b/Vou_curar-lhes_as_feridas_preg_peleo_sab2wma.html
TEMA: CASAIS
TEMA: JESUS E NOSSA SENHORA
• Como Maria, na minha carne Glorifico a Deus
http://www.4shared.com/file/104314521/40bdccf6/Padre_Leo_scj_Como_Maria_na_Minha_Carne_Glorifico_a_Deus_15082004.html
• Jesus Também Chorou
http://www.4shared.com/file/104423699/68a65187/Padre_Leo_scj_Jesus_tambem_chorou_14082004.html
• Caminhar com Jesus
http://www.4shared.com/file/81349195/8a1e2c61/20050612_-_Caminhar_com_Jesus.html
• Aprendizes da Escola do Coração de Jesus
http://www.4shared.com/file/114381606/18cd1753/Padre_Leo_scj_Aprendizes_da_escola_do_coracao_de_Jesus_27062004.html
• Maria, Nossa Intercessora
http://www.4shared.com/file/71475815/84457a9a/Maria_nossa_intercessora_homilia160705wma.html
• Olharão para o Transpassado
http://www.4shared.com/file/114379988/7b14485f/Padre_Leo_scj_Olharao_para_o_transpassado_27062004.html
• O Escapulário
http://www.4shared.com/file/74477675/20b0173a/Padre_Lo_-_Palestra_-_Escapulrio_1_.html
• Servir do jeito de Maria
http://www.4shared.com/file/79470857/a1660e7/25-Pregao_-_Padre_Leo_-_Servir_do_Jeito_de_Maria_1_.html
• Vinde Espírito Santo
http://www.4shared.com/file/108268431/ac6e4df9/Padre_Leo_scj_Vinde_Espirito_Santo_17052002.html
TEMA: DIVERSOS
• A Armadura do Cristão
http://www.4shared.com/file/79457665/22bc14db/Padre_Leo_-_Ef_0613_-_Armadura_Do_Cristo.html
• Alegres e Firmes no Senhor
http://www.4shared.com/file/120329585/be9f6106/Padre_Leo_scj_Alegres_e_firmes_no_Senhor_08022005.html
• Amar para ser de Deus
http://www.4shared.com/file/108248426/51d1ba7b/Padre_Leo_scj_Amar_para_ser_de_Deus_15012002.html
• Aquele a Quem amas está doente
http://www.4shared.com/file/120331341/e91e97fe/Padre_Leo_scj_Aquele_a_quem_amas_esta_doente_21032004.html
• Batizados no Fogo do Espírito Santo
http://www.4shared.com/file/79471068/72b1868/BATIZADOS_NO__FOGO__DO__ESPRITO_PADRE_LEO_.html
• Buscai as Coisas do Alto
http://www.4shared.com/file/118055664/965f9ac5/Padre_Leo_scj_Buscai_as_coisas_do_alto_09122006.html
• Como Bambus no Getsêmani
http://www.4shared.com/file/79468600/1b4f2d54/Pregao_Pe_Lo_-__Como_Bambus_no_Getsemani.html
• Conhecer para Amar Melhor
http://www.4shared.com/file/104378111/a90f7df1/Padre_Leo_scj_Conhecer_para_amar_melhor_24012004.html
• Conserte as Suas Redes
http://www.4shared.com/file/74478083/12a5c224/Padre_Lo_SCJ__Pregao__-_Conserte_as_suas_redes.html
• Cristãos Light
http://www.4shared.com/file/79467601/342b0d94/Pregao__Pe_Lo_-_Cristos_Light.html
• De Quem Sou Eu?
http://www.4shared.com/file/108249626/eae90970/Padre_Leo_scj_De_quem_sou_eu_15012002.html
• Deixe vir a Tona o Seu Melhor
http://www.4shared.com/file/112856880/5fb92c95/Padre_Leo_scj_Deixe_vir_a_tona_o_seu_melhor_18092005.html
• Depende do Lado que Você anda
http://www.4shared.com/file/79471176/f84a6e19/PADRE_LEO_DEPENDE_DO__LADO__QUE_VC_ANDA_.html
• Deus Conhece Nossos Corações
http://www.4shared.com/file/108251089/7ce08186/Padre_Leo_scj_Deus_conhece_nossos_coracoes_10112001.html
• Deus me Amparou
http://www.4shared.com/file/101933998/c73b33e5/Padre_Leo_scj_Deus_me_amparou_17042005.html
• Deus nos chamou à Sua Glória
http://www.4shared.com/file/81349244/4af1dce3/Deus_nos_chamou_a_sua_Glria.html
• Entregue teu Caminho a Deus
http://www.4shared.com/file/103227331/6c5b910/Padre_Leo_scj_Entregue_teu_caminho_a_Deus.html
• Eu só posso encontrar Deus no tempo que se chama hoje
http://www.4shared.com/file/81349131/779c00f2/-_Eu_s_posso_encontrar_Deus_no_tempo_que_se_chama_hoje_original_audio_2_.html
• Fonte de Vida Plena
http://www.4shared.com/file/103227322/86d7d9eb/Padre_Leo_scj_Fonte_de_vida_plena.html
• Fortes em Deus
http://www.4shared.com/file/108252369/f290bdbf/Padre_Leo_scj_Fortes_em_Deus_30122002.html
• Levanta-te e mostra a tua Fé!
http://www.4shared.com/file/108259210/12ce7eea/Padre_Leo_scj_Levanta-te_mostra-me_a_tua_fe_13032005.html
• Liberte-se da Maldição
http://www.4shared.com/file/74466749/86352c30/Liberte-se_da_maldio_-_Pe_Lo.html
• Madalena, a seguidora de Jesus
http://www.4shared.com/file/104525811/4a0df2ce/Padre_Leo_scj_Madalena_a_seguidora_de_Jesus_01012005.html
• Na Plenitude da Graça
http://www.4shared.com/file/104528199/71b413a6/Padre_Leo_scj_Na_plenitude_da_graa_09022003.html
• Não te Detenhas sobre a Planície
http://www.4shared.com/file/81348737/22cebe10/20001231_-_No_te_detenhas_sobre_a_plance.html
• Nem tudo me convém
http://www.4shared.com/file/108260680/fead5825/Padre_Leo_scj_Nem_tudo_me_convem_09022002.html
• Nós somos de Deus
http://www.4shared.com/file/108261596/b42f156d/Padre_Leo_scj_Nos_somos_de_Deus_14012002.html
• No Alto está a Nossa Meta
http://www.4shared.com/file/79470970/a786fdf1/NO__ALTO__EST__A_NOSSA_META__PADRE_LEO_.html
• O Céu está Entre Nós
http://www.4shared.com/file/81349799/87251cf8/Padre_Lo_-_Palestra_-_O_Cu_est_entre_Ns_1_.html
• O Poder da Benção
http://www.4shared.com/file/75058787/57a10a7a/31_-_O_Poder_da_Bno_-_Pe_Lo.html
• Para viver na Alegria de Deus
http://www.4shared.com/file/108262901/e0266d0d/Padre_Leo_scj_Para_viver_na_alegria_de_Deus_08092002.html
• Pertencemos a Deus
http://www.4shared.com/file/81349703/b6324eaf/Palestras-Padre_Lo_09-02-02_14-00-Pertencemos_a_Deus_1_.html
• Procurai a Paz
http://www.4shared.com/file/108264939/e0bbe920/Padre_Leo_scj_Procurai_a_paz_31122001.html
• Que Lugar Deus Ocupa na Minha Vida
http://www.4shared.com/file/81349578/6d25d58e/Pregao_-_Padre_Leo_-_19_Missa_Que_Lugar_Deus_Ocupa_Na_Minha_Vida.html
• Reconcilie-se com a Sua Morte
http://www.4shared.com/file/81348894/4a74401d/_PADRE_LEO__RECONCILIE-_SE_COM_SUA_MORTE.html
• Revesti-vos do Senhor
http://www.4shared.com/file/81348482/b3162d0d/20041122_-_Revestir-vos_do_Senhor_Jesus.html
• Saborear o Amor
http://www.4shared.com/file/112861381/fe9cb18b/Padre_Leo_scj_Saborear_o_amor_16102005.html
• Semear o Reino de Deus
http://www.4shared.com/file/75064111/66fbaddc/36_-_Semear_o_Reino_de_Deus_-_Pe_Lo.html
• Senhor, vou te Seguir
http://www.4shared.com/file/114382670/ac5a8b4f/Padre_Leo_scj_Senhor_vou_te_seguir_27062004.html
• Ser verdadeiramente livre
http://www.4shared.com/file/103227344/39eedb58/Padre_Leo_scj_Ser_verdadeiramente_livre.html
• Superando nossas Limitações
http://www.4shared.com/file/81349506/c5dc6e4e/OK_-_Medo_e_F_-_Padre_Leo_Superando_as_nossas_limitacoes.html
• Televisão do encardido
http://www.4shared.com/file/74477494/cab0de4c/06_-_Padre_Lo_scj_-_Televiso_do_encardido_1_.html
• Vigiai pois Deus é Fiel
http://www.4shared.com/file/81348609/ef99aae3/Padre_Leo_-_Vigiai_pois_Deus_eh_fiel_-_Cancao_Nova_1_.html

Letra A:

* A Fecundidade da Alma do Casal:
http://www.4shared.com/file/112840393/cbf5d5e3/Padre_Leo_scj_A_fecundidade_da_alma_do_casal_15102005.html
* A Salvação de Nossas Famílias:
http://www.4shared.com/file/101932483/f9962f1a/Padre_Leo_scj_A_salvao_de_nossas_familias_16062002.html
* A Santidade Plena do Matrimônio:
http://www.4shared.com/file/104312116/d796fd96/Padre_Leo_scj_A_santidade_plena_do_matrimonio_27072003.html
* Amar para ser de Deus:
http://www.4shared.com/file/108248426/51d1ba7b/Padre_Leo_scj_Amar_para_ser_de_Deus_15012002.html
* Aprendizes da Escola do Coração de Jesus:
http://www.4shared.com/file/114381606/18cd1753/Padre_Leo_scj_Aprendizes_da_escola_do_coracao_de_Jesus_27062004.html
14 jul

ミ★яσвнソм★彡

Letra J:

ミ★яσвнソм★彡

Letra L:

14 jul

ミ★яσвнソм★彡

Letra N:

14 jul

ミ★яσвнソм★彡

Letra V:

* Vinde Espírito Santo:
http://www.4shared.com/file/108268431/ac6e4df9/Padre_Leo_scj_Vinde_Espirito_Santo_17052002.html
* Viver na Radicalidade do Matrimônio:
http://www.4shared.com/file/112862724/61a5aabc/Padre_Leo_scj_Viver_na_radicalidade_do_matrimonio_15062002.html
* Viver o Matrimônio na Alegria do Senhor:
http://www.4shared.com/file/104559536/1671f514/Padre_Leo_scj_Viver_o_matrimonio_na_alegria_do_Senhor_25012004.html
* Viver o Matrimônio na Pureza e Santidade:
http://www.4shared.com/file/103227340/3e831f41/Padre_Leo_scj_Viver_o_matrimonio_na_pureza_e_santidade.html
* Você nasceu para Ser Feliz:
http://www.4shared.com/file/104562729/cf0f07b/Padre_Leo_scj_Voce_nasceu_pra_ser_feliz_14082004.html
* Voltamos para o Abraço do Pai:
http://www.4shared.com/file/101940431/ec458366/Padre_Leo_scj_Voltamos_para_o_abrao_do_Pai_21032004.html

"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.