"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12

16/07/2009

Informativo Cléofas - 16/07/09

Informativo Cléofas, 16 de Julho de 2009 - Ano IV - Número 129

Notícias do Programa Escola da Fé

+ Santa Sé apresenta balanço 2008
+ Primeira igreja 24h do país em São Paulo
+ Extremistas muçulmanos decapitam a sete cristãos na Somália
+ Especialista propõe Bento XVI para Nobel de Economia
+ Neopopulismo em Honduras
+ Coração do Santo Cura D'Ars chegará a Argentina em novembro
+ Fifa repreende comemoração religiosa do Brasil na África
+ Plataforma de mulheres contra o aborto já superou 30 mil assinaturas
+ Um milhão e meio de velas a favor da vida na Espanha



+ leia mais

O programa Escola da Fé, é exibido toda a quinta-feira às 20h30 na TV Canção Nova (Link))


Perguntas e Respostas

+ Podemos prestar culto aos santos?
+ O que acontece após a morte para a Igreja Católica?
+ Batizado realizado em casa por leigo tem validade e a criança deve chamar de padrinhos?

+ Movimento e Pastoral, qual a diferença?

+ índice


Blog do Prof. Felipe

A Vida Sexual do Casal

Uma das causas que dificulta a vida de muitos casais é o seu mau relacionamento sexual. A vida sexual do casal é importante para que marido e mulher se completem e sejam felizes. O despreparo nesse campo leva muitos casais à separação. O que falta na verdade, por parte dos casais, é o conhecimento exato do sentido e do fim da vida sexual. A maioria das pessoas não recebeu educação sexual sadia e, muitas vezes, aprendeu sobre sexo de maneira inadequada: nos filmes, com a prostituta nas revistas pornográficas, com pessoas despreparadas ou, o que é pior, maliciosas…

Não há legítima vida sexual sem a vivência do amor. Assim como você dá uma flor, um presente, um beijo, para manifestar o seu carinho à sua esposa, vocês se doam fisicamente para manifestar um ao outro o seu amor e se multiplicarem. Sem as dimensões unitiva e procriativa o sexo perde o seu sentido. Hoje, mais do que nunca o sexo é vilipendiado, explorado, vendido e corrompido. A mulher se deixa usar e vender como simples mercadoria de consumo e de prazer. Basta olhar para os anúncios comerciais.

Por causa de toda essa destruidora exploração sexual, muitos se casam com o objetivo quase exclusivo de obter sexo “oficializado” e permanente. Grande ilusão que rapidamente se desfaz. A vida sexual do casal, se não for manifestação intensa de todo o seu amor, em pouco tempo poderá ser motivo de desilusão e até de separação do casal. Conheço casais que, com menos de um ano de casados, já estavam desiludidos com a vida sexual...(...)

leia mais


Livro da Semana

Falsas Doutrinas
Seitas e Religiões

Não é verdade que todas as religiões são boas e que todas nos levam à Salvação. Se isto fosse verdade Jesus Cristo não precisaria ter vindo a este mundo, pregar o Evangelho, morrer na cruz e ressuscitar.

Nunca se viu, como em nossos dias, tantas falsas doutrinas e tantos falsos profetas, fazendo-nos lembrar o que Jesus disse no Sermão da Montanha: “Guardai-vos dos falsos profetas. Eles vêm a vós com vestes de ovelhas, mas por dentro são lobos ferozes” (Mt 7,15).

Neste livro você poderá conhecer as seitas e religiões que mais têm penetrado no Brasil, e os pontos de doutrina que contradizem a fé católica, onde Jesus colocou “a plenitude dos meios da salvação” (UR, 3).


Ficha Técnica
Editora: Cléofas
ISBN: 978-85-88158-36-8
Ano: 2009
Edição: 10
Número de páginas: 216
Idioma: Português (BR)
Acabamento: Brochura
Formato: 14x21 cm


+ comprar


* Caso não deseje mais receber a newsletter, entre em contato e escolha o assunto "Newsletter - REMOVER"
** Veja nossas regras para a newsletter aqui.
Lançamento



Jesus Sinal de Contradição

14x21 cm - 264 páginas


Shopping Cléofas



Entrai pela Porta Estreita

14x21 cm - 200 páginas



Aborto?...Nunca!...

14x21 cm - 140 páginas.



© 2009 - Editora Cléofas

Liturgia Diária!!!

Quinta-feira, dia 16 de Julho de 2009
Quinta-feira da 15ª semana do Tempo Comum

Nossa Senhora do Carmo
Nossa Senhora do Carmo



Comentário ao Evangelho do dia feito por
Doroteu de Gaza : «Vinde a Mim»

Leituras

Ex. 3,13-20.
Moisés disse a Deus: «Eis que eu vou ter com os filhos de Israel e lhes
digo: 'O Deus dos vossos pais enviou-me a vós'. Eles dir-me-ão: 'Qual é o
nome dele?' Que lhes direi eu?»
Deus disse a Moisés: «EU SOU AQUELE QUE SOU.» Ele disse: «Assim dirás aos
filhos de Israel: 'Eu sou' enviou-me a vós!»
Deus disse ainda a Moisés: «Assim dirás aos filhos de Israel: 'O Senhor,
Deus dos vossos pais, Deus de Abraão, Deus de Isaac e Deus de Jacob,
enviou-me a vós: este é o meu nome para sempre, o meu memorial de geração
em geração'.
Vai, reúne os anciãos de Israel e diz-lhes: 'O Senhor, Deus dos vossos
pais, Deus de Abraão, de Isaac e de Jacob, apareceu-me e disse:
Observei-vos com atenção e vi o que vos tem sido feito no Egipto,
e Eu disse para comigo: Far-vos-ei subir da opressão do Egipto para a terra
do cananeu, do hitita, do amorreu, do perizeu, do heveu, do jebuseu, para a
terra que mana leite e mel'.
Eles escutarão a tua voz, e tu irás, tu e os anciãos de Israel, à presença
do rei do Egipto, e dir-lhe-eis: 'O Senhor, Deus dos hebreus, saiu ao nosso
encontro; e agora permite-nos fazer uma peregrinação de três dias pelo
deserto, para oferecermos sacrifícios ao Senhor, nosso Deus.'
Eu bem sei que o rei do Egipto não vos deixará partir senão obrigado por
mão forte.
Estenderei então a minha mão e ferirei o Egipto com todas as maravilhas que
farei no meio dele. Depois disso, deixar-vos-á partir.


Salmos 105,1.5.8-9.24-25.26-27.
Louvai o SENHOR, aclamai o seu nome, anunciai entre os povos as suas obras.

Recordai as maravilhas que Ele fez, os seus prodígios e as sentenças da sua
boca,
Ele recordará sempre a sua aliança, a promessa que jurou manter por mil
gerações,
pacto que fez com Abraão e aquele juramento que fez a Isaac.
Deus multiplicou grandemente o seu povo e tornou-o mais forte que os seus
inimigos.
Mudou-lhes o coração e eles odiaram o povo de Deus e trataram com perfídia
os seus servos.
Deus enviou então o seu servo Moisés e Aarão, seu escolhido,
que realizaram maravilhas no meio deles e milagres no país de Cam.


Mateus 11,28-30.
«Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, que Eu hei-de
aliviar-vos.
Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de
coração e encontrareis descanso para o vosso espírito.
Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.»


Da Bíblia Sagrada



Comentário ao Evangelho do dia feito por

Doroteu de Gaza (c. 500-?), Monge na Palestina
Instructions, I, 8 (a partir da trad. SC 92, p. 159)

«Vinde a Mim»

Que aquele que quer alcançar o verdadeiro descanso do espírito aprenda a
ser humilde! Perceba que na humildade se encontra toda a alegria, toda a
glória e todo descanso, tal como na soberba se encontra tudo o que lhes é
contrário. Com efeito, porque chegámos nós a viver todas as nossas
tribulações? Porque caímos em toda esta miséria? Não teria sido por causa
da nossa soberba e da nossa loucura? Não teria sido por termos seguido as
nossas más inclinações e por nos termos apegado à nossa amarga vontade? Mas
porque o fizemos? Não foi o homem criado na plenitude do bem-estar, da
alegria, da paz e da glória? Não estava no paraíso? Foi-lhe ordenado: «Não
faças isso», mas ele fez. Vêem o orgulho, a arrogância, a insubmissão? «O
homem é louco», diz Deus ao ver esta insolência, «não sabe ser feliz. Se
não tiver de passar por dias difíceis perder-se-á completamente. Se não
perceber o que é estar numa aflição nunca saberá o que é a paz». Então Deus
deu-lhe o que merecia, expulsando-o do Paraíso. [...]

No entanto, como refiro muitas vezes, a bondade de Deus não abandonou a Sua
criatura. Antes de novo se virou para ela e voltou a chamá-la: «Vinde a
Mim, todos os que estais cansados e oprimidos, que Eu hei-de aliviar-vos».
Como que dizendo: «Estais fatigados, estais infelizes, experimentastes o
mal causado pela vossa desobediência. Vamos, convertei-vos finalmente;
vamos, reconhecei a vossa impotência e a vossa vergonha, para regressardes
ao vosso repouso e à vossa glória. Vamos, vivei pela humildade, vós que
estáveis mortos pelo orgulho». «Aprendei de Mim, porque sou manso e humilde
de coração e encontrareis descanso para o vosso espírito».




Gerir directamente o seu abono (ou a sua subscrição) neste endereço : www.evangelhoquotidiano.org