"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12

26 de dez de 2009

Problema difícil não tem solução fácil.




Você já resolveu um polinômio complicado que tenha como resultado uma solução fácil?
Ta, ta isso aqui não é matemática on-line. Mas responda ai vai… com certeza já passou da 7° série e perdeu muitos cabelos resolvendo teoremas e logaritmos.
Aprendemos na vida:
Problemas difíceis não têm soluções fáceis!
Como podem querer resolver um problema difícil como a AIDS com solução fácil: uso de camisinhas a “a torto e a direito”
Muito simples distribuir milhares de preservativos aos jovens pensando estar resolvendo a situação.
Galera o problema é mais em cima e não embaixo!
É mudança de mentalidade! É formação. É saber que não somos máquinas de satisfação pessoal de prazer. Uso descartável!
Somos gente.
O dramaturgo francês, Paul Claudel, disse certa vez que: “a juventude não foi feita para o prazer, mas para o desafio”. “Ser homem não é dominar os outros, mas dominar-se a si mesmo”.
Propor a castidade é desafiante, pois exige inteligência, exige auto conhecimento. E quem quer pensar?
Eu. Eu quero!
O True Love Waits (O Verdadeiro Amor Espera), lançado em 1994 na cidade de Baltimore, capital do estado de Maryland, Estados Unidos é bem bacana eles prometeram, por escrito, manter-se virgens até o dia do casamento. O pacto que assumiram diz o seguinte:
“Acreditando que o verdadeiro amor espera, eu me comprometo diante de Deus, de mim mesma, minha família, meu namorado, meu futuro companheiro e meus futuros filhos a viver a castidade até o dia em que entrar numa relação de casamento” (Jornal do Brasil, Ana Maria Mandin, 12/03/94).
Este exemplo não é único, e mostra o renascer da castidade.
Quando o Papa João Paulo II esteve nas Filipinas, em janeiro de 1995, na “Jornada Mundial da Juventude”, houve uma concentração de 4 milhões de pessoas para participar da missa que ele celebrou em Manila. Nesta ocasião um grupo de cinquenta mil jovens entregou ao Papa um abaixo assinado se comprometendo a viver a castidade.
Hoje quero levantar esta bandeira:
O verdadeiro amor espera e diante do problema difícil da AIDS a solução não é fácil mas é desafiante: Castidade!
Aceita o desafio?
Tamu junto!
Adriano Goncalves