29 de mar de 2010

Vício em Internet


Asiáticos estão preocupados com vício em internet

Um casal foi preso por deixar a filha de três meses morrer de fome em casa, enquanto participava de um jogo, numa lan house, em que o objetivo era cuidar de uma criança virtual.
Na Coreia do Sul, um casal foi responsabilizado pela morte do filho, mas, nesse caso, o que chama a atenção é a causa dessa morte e também as medidas anunciadas pelo governo para evitar a repetição dessa tragédia. 
Em vez da vida real, uma vida virtual. No Japão, muita gente transformou as lan houses na própria casa.

Além de conexão super-rápida com a internet, elas oferecem camas, comida e bebida e até banheiro com chuveiro.

Umas meninas disseram que estavam pesquisando uma viagem de férias e que na lan house é mais divertido e confortável do que em casa.

O problema é que muita gente exagera. Joga ou navega na internet a maior parte do dia e da noite também. O gerente conta que o número de pessoas que vai dormir na lan house está aumentando.

Para muitos governos, médicos e psicólogos da Ásia, isso pode ser um tipo de vício, se interferir na vida pessoal, atrapalhando o trabalho e o estudo, por exemplo. Muitos médicos alertam que não é culpa da internet ou das lan houses: o vício seria sintoma de outros problemas.

Segundo a uma pesquisa feita no país, os principais motivos são: falta de comunicação com os pais, insegurança em relação ao futuro, insatisfação com a vida atual e sentimento de isolamento.

Na Coreia do Sul, um caso chocou o país no começo deste mês: um casal foi preso por deixar a filha de três meses morrer de fome em casa, enquanto participava de um jogo, numa lan house, em que o objetivo era cuidar de uma criança virtual.

Na Coreia do Sul, de cada 10 adultos, um estaria viciado em internet. O governo sul-coreano decidiu agir oferecendo ajuda. Serão distribuídos programas de computador que limitam o uso diário da internet e terá atendimento psicológico de graça para 300 mil pessoas.

Jornal Nacional

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.