9 de abr de 2010

Estes são momentos de provas para todos nós


MAIS QUE INTERESSANTE !!!
POR FAVOR, LEIA-O TODO COM PACIÊNCIA E MEDITE, É MUITO IMPORTANTE
 A população islâmica global é de aproximadamente 1.200.000.000, ou seja 20% do total da população mundial.

 A população global judia é de aproximadamente 14.000.000.00, ou seja de 0.02% do total da população mundial.
—————————————————————————————–
 Os judeus não aparecem com seus cadáveres nas ruas, gritando e exigindo vingança.
 Os judeus não promovem lavagem cerebral nas crianças nos campos de treinamento militar, tão pouco ensinam como ser homens bombas para causar perdas a outros grupos não muçulmanos.
 Os judeus não seqüestram aviões, nem matam atletas nas olimpíadas.
 Os judeus não traficam escravos, nem tem líderes clamando por Jihad e morte a todos os “Infiéis”.
 Os judeus não têm o poder econômico do petróleo, nem as possibilidades de forçar a imprensa mundial a ver “Seu lado da história”.

DADOS HISTÓRICOS DE  ISRAEL E JERUSALÉM

1. O primeiro estado de ISRAEL foi fundado em 1312 A.C. Dois milênios antes do Islã.
2. Refugiados árabes de ISRAEL começaram a chamar a si mesmos de PALESTINOS em 1967. Duas décadas depois do “NOVO ESTADO” de Israel.
3. Depois de conquistar sua terra em 1272 A.C. os judeus governaram por mil anos e manteram sua constante presença por mais 3.300 anos.
4. O único governo árabe depois da conquista no ano 633 A.C. durou apenas 22 anos.
5. Por mais de 3.300 anos JERUSALÉM foi a capital judia. Nunca foi a capital de nenhuma identidade árabe ou muçulmana. Inclusive debaixo do domínio da Jordânia oriental. JERUSALÉM nunca foi nomeada sua capital e nunca teve a visita de nenhum dirigente árabe.
6. JERUSALÉM é mencionada mais de 700 vezes na Bíblia, e nenhuma vez é mencionada no Alcorão.
7. O rei Davi fundou JERUSALÉM; Muhammad nunca pisou em JERUSALÉM.
8. Os judeus oram voltados para JERUSALÉM, os muçulmanos oram voltados para MECA dando as costas para JERUSALÉM .
9. Em 1948 dirigentes árabes pediram a seu povo para abandonar a cidade, prometendo-lhes limpar a região da presença dos judeus. E 68% da população muçulmana se foi, sem sequer, olhar a um soldado israelita.
10. A grande maioria da população judia nos estados muçulmanos tiveram que emigrar como resultado da violência.
11. Ao redor de 630.000 árabes abandonaram ISRAEL enquanto que um milhão de judeus foram forçados a abandonar os países muçulmanos.
12. Apesar do vasto território a disposição, dos mais de 100.000.000 de refugiados resultantes da Segunda Guerra Mundial, os muçulmanos foram o único grupo étnico que nunca se re-integrou a suas regiões/religião. No entanto, a maioria dos refugiados judeus de toda Europa e Estados Árabes regressaram a ISRAEL, um país menor do que o estado de New Jersey.
13. Existe 22 países muçulmanos, sem contar com a Palestina. Só há um estado judio. Os árabes iniciaram cinco guerras contra ISRAEL e perderam todas elas.
14. As constituições de FATAH e HAMAS ainda proclamam a destruição de ISRAEL.
ISRAEL cedeu a maior parte da orelha ocidental e a franja de GAZA a autoridades palestinas e inclusive lhes proporcionou armamento.
15. Durante a ocupação da Jordânia, os centros sagrados judeus foram saqueados, e o governo proibiu que fossem visitados por judeus. Baixo o governo Israelense, todos os muçulmanos e cristãos tem acesso a seus centros sagrados/religiosos.
16. Das 175 resoluções das Nações Unidas até 1990, 97 estavam contra ISRAEL. Das 690 resoluções da Assembléia Geral, 429 estavam contra Israel.
17. As Nações Unidas manteram silêncio quando os jordanianos destruíram 58 sinagogas na antiga cidade de JERUSALÉM.
18. Manteram silêncio quando os jordanianos saquearam o antigo cemitério do Monte das Oliveiras.
19. E manteram silêncio quando os jordanianos lançaram as leis de apartheid proibindo o acesso dos judeus aos templos e ao muro oriental.
Estes são momentos de provas para todos nós. . .
Temos que perguntar o que é que devemos fazer e o que vamos contar a nossos netos acerca de nossas ações durante esta crise, quando podemos fazer algo a respeito e fazer a diferença.
Comecemos agora!
Envie esta mensagem a seus amigos, católicos, judeus, evangelicos, a todos, não importa a religião.
A verdade e a PAZ são valores comuns para todos nós.
Salmo 122:6

Orem para que haja paz em Jerusalém. “Ó Jerusalém, que prosperem aqueles que a amam…!”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.