8 de jun de 2010

DENÚNCIA


Leia e envie para seus amigos

Político que vai a Igreja quer se converter ou quer somente usar os membros da Igreja?

Sou o Pe. Francisco

Deus vos abençoe.

Uma paroquiana me procurou preocupada para se aconselhar.

Depois que a ouvi, pedi que ela escrevesse com calma, procurasse lembrar de tudo que ouviu, e me entregasse por escrito para eu mostrar na paróquia. Ela aceitou e me entregou a carta, pedindo apenas sigilo quanto a seu nome. Deixei o escrito original.

Paroquianos, não tenho internet. Fiz 1000 copias, entregarei hoje no fim da missa. Peço a quem receber, leia, copie sem alterar as palavras dela, e envie para seus irmãos católicos pela internet. Tenho quase cem paroquianos que tem computador eles estão enviando pela internet para muita gente.

ATENÇÃO.   LEIAM.    DIVULGUEM.    REPASSEM.

TIRE SUA CONCLUSÃO Dessa IMORALIDADE.

Pe. Francisco.

Estou trabalhando para um político que eu pensei ser um político preocupado na assistência social. Descobri após estes anos de trabalho para ele, que ele só se interessa em ser reeleito pensando sempre em si mesmo com indiferença para com seus eleitores.

Fui enganada, mas agora sei quem ele é por dentro.

Pena eu precisar do emprego dele, senão eu sairia. Devo sair do emprego mesmo precisando do dinheiro para sobreviver? Tenho essa pergunta por que, mesmo ele não sendo mau, sei agora que seus interesses políticos são egoístas. Vejo também que enquanto ele usa os outros, ele é usado por gente mais poderosa do que ele.

Procurei um pastor protestante e ele disse que eu deveria sair do emprego.

DESCOBRI TUDO

Não sou católica praticante, mas acho que as religiões devem ser respeitadas.

Descobri tudo numa reunião.

…Reunião com bebidas, piadas, risadas…

Meu patrão dizia rindo…

Nossa reunião de hoje é para ensinar a estratégia de tirar votos dos religiosos. Pegou um caderninho de anotações e foi dizendo:

(Padre eu fiquei surpresa, ele tinha tudo anotado, era tudo que eu vi ele fazendo na eleição anterior, mas eu não sabia que era tudo farsa) continuando:

Meu patrão dizia: É moleza tirar os votos dos religiosos,

Temos que falar a língua deles,

Participar das reuniões, missas, cultos…

Levar uma vez ou outra, familiares, mulher, filhos, amigos,

Procurar aparecer perto do padre na missa, do pastor no culto, do pai de santo no terreiro, com o espírita no centro espírita, fazer fotos, vídeos,

andar com ele de carro, se fazer de útil para ele, a paróquia do padre, o templo do pastor fazer o padre, o pastor dizer o nome da gente na missa, no culto, agente dá um presente a ele, que ele agradece pra todos ouvirem, (risos).

Andar com a bíblia e os livros que os católicos, evangélicos, espíritas, macumbeiros lêem na frente deles.

Aprender a contar historias dos santos católicos.

Procurar saber quais são os dias de festas religiosas e patrocinar com o nome da gente e do partido.

Patrocinar cartazes, faixas, show de musicas, com o nosso nome.

Dá dinheiro para a religião deles.

Se inscrever como dizimista, e dar o dinheiro a campanha toda, depois…(risos)

Se vestir como gente religiosa, botar cara de santinho quando for às reuniões deles.

Apoiá-los nas campanhas religiosas, andar entre o povo deles, ver quais são seus maiores interesses religiosos, sociais e fazer projetos de leis religiosas, isso agrada muito a eles.

Um assessor interrompeu dizendo…

-Aquele projeto de lei religioso que você fez lhe deu muito voto na eleição passada.

- Uma cabo eleitoral perguntou por que que este projeto ainda não tinha passado.

Meu patrão respondeu:

- Se ele tivesse passado, o que eu iria apresentar agora para os religiosos? Esse projeto de lei vai render muito, vou valorizá-lo, lutar por ele, dizer que não tenho apoio dos ateus, que os religiosos devem me apoiar senão o projeto não passa. Com esse blá, bla’, bla’, vou ter muito voto dos religiosos. Esse projeto já me ajudou e ainda vai me ajudar em muitas eleições, os católicos fanáticos votam em quem defender a causa deles.

Muitas risadas… Ele continuou…

- …Os padres e os dirigentes de associações são vaidosos, precisam de dinheiro para as obras sociais deles, para pintar a igreja, comprar som, microfone, comida para os pobres, aproximação com prefeito, estão com medo dos protestantes… Agente promete dá o que eles querem, vai na missa, deixa se ver na igreja toda, reza um pouco com eles, e pronto, eles caem como patinhos.

Eu conheço as igrejas que dá mais gente nas missas, os padres e lideres mais influentes, é nestes redutos que iremos, será o nosso curral eleitoral.

É voto fácil, difícil são os votos dos sem religião, eles pedem isso e aquilo a toda hora, sugam tudo o que podem, só querem dinheiro, emprego, dentadura, cerveja, óculos, consulta… E depois nem vota na gente.

Os religiosos não mentem, se disserem que vão votar na gente, eles votam. Não querem dinheiro para si, por isso não pedem coisas, eles querem o apoio para suas idéias religiosas.

Tive numa reza, um louvor de religiosos católicos, começaram a cantar e rezar bem alto no meu ouvido com as mãos em cima de mim, mandaram eu fechar os olhos, eu fechei e comecei a gritar como eles, eles me aplaudiram, vi que estavam de braços para cima, então eu levantei os braços e comecei a pular, eles aplaudiram mais, eu vi que tinha uma mulher chorando e dizendo que eu era um santo… (risos)

Eu inventei um choro, e chorei também, cai no chão, eles disseram que eu estava cheio do espírito santo. (risos)

No fim da reza todos me acompanharam até o carro pegando em mim. Ganhei os votos e trabalho de graça até da família deles.

Eles são mão de obra fácil e barata, não podemos perder esse quinhão…

Essa mesma estratégia eu uso com os protestantes, os espíritas, os macumbeiros. Para mim toda seita, seja de que religião for é mina de voto. Eu quero é voto. Hoje está mais fácil enganar os católicos e os protestantes, se não der certo com um, vou pro outro. São todos uns patos.

Padre, encontrei um livro no gabinete dele. O titulo é: ‘O anticristo como possibilidade política imediata’ – ‘Os protocolos dos sábios de Sião’. Comecei a ler, sempre leio tudo dele, e ele nunca disse nada. Nesse dia ele entrou na sala e me viu lendo esse livro, ele ficou muito nervoso, me olhou diferente, foi a primeira vez que tive medo dele. Eu estava copiando uma coisa que me deixou nervosa. Ele tomou o livro de mim, mas não viu o que eu já tinha copiado, senão ele tinha rasgado.

COPIEI O SEGUINTE NA PAGINA 74:

‘Política nada tem de comum com a moral. O governo que se deixa guiar pela moral não é político e, portanto, o seu poder é fraco. Aquele que quer reinar deve recorrer a astúcia e a hipocrisia. A franqueza e honestidade são vícios na política.  O que dá voto é: Astúcia, frieza, estratégia, hipocrisia, mentira, acordo e obrigação podem ser quebrados depois de eleito, apresentação de idéias grandiosas mesmo que irrealizáveis, promessas de leis fictícias para assegurar direitos. Quem empregar essas armas ganhará os votos dos cristãos, e se manterá no poder enquanto souber enganá-los. Quem tiver escrúpulo perde os votos deles’.

Copiei também duas frases que estavam escritas de caneta, tinta vermelha.

‘Se um político for capaz de enganar os cristãos, simulando ser devoto de Cristo, pode e deve fazê-lo’.

‘A política é tudo. Deus exibi-se na terra na semelhança do político… O político é deus vivente, deus encarnado, o político é o homem celeste’.

.

Padre , citei e perguntei para ele o que significavam essas coisas que li. Ele riu, disse que era bobagem, que eu esquecesse, que era só um livro que ele tinha encontrado e estava dando uma olhada.

Padre, depois disso, suas gavetas antes abertas, com exceção da ultima, ficam agora fechadas. Minha preocupação é que ainda trabalho com esse político porque preciso de dinheiro. Ele não é um político tão ruim como muitos que eu conheço nesse meio. Tem me ajudado muito, me paga um salário muito bom, pagou umas dividas de minha mãe, conseguiu uma operação para minha prima, penso em conversar com ele para ver se ele vê que não deve agir assim. Ele só quer ser eleito. Que devo fazer? Meu pai que é muito católico, quer que eu saia, disse que eu nem deveria votar nele, mesmo trabalhando para ele.

Leia:

A Pré-candita a Presidência da República que Acende Uma Vela Para Deus e Outra Para o Diabo!

http://reporterdecristo.com/a-pre-candita-a-presidencia-da-republica-que-acende-uma-vela-para-deus-e-outra-para-o-diabo/?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+ReporterDeCristo+%28Rep%C3%B3rter+de+Cristo%29

Dilma Rousseff, a terrorista comuno-abortista, na Canção Nova

http://reporterdecristo.com/dilma-rousseff-a-terrorista-comuno-abortista-na-cancao-nova/

ACORDA BRASIL: Dilma subiu nas pesquisas e com ela a aprovação do aborto também

http://reporterdecristo.com/acorda-brasil-dilma-subiu-nas-pesquisas-e-com-ela-a-aprovacao-do-aborto-tambem/

A carta que Lula desprezou

http://reporterdecristo.com/a-carta-que-lula-desprezou/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.