22 de jul de 2010

Os 10 Primeiros Papas da Igreja




São Pedro (século I a.C., Betsaida, Galiléia — cerca de 67 d.C., Roma) foi um dos doze apóstolos de Jesus, como está escrito no Novo Testamento e, mais especificamente, nos quatro Evangelhos. São Pedro foi o primeiro Bispo de Roma
Segundo a Bíblia, seu nome original não era Pedro, mas Simão. Nos livros dos Atos dos Apóstolos e na Segunda Epístola de Pedro, aparece ainda uma variante do seu nome original, Simeão. Jesus mudou seu nome para כיפא, Kepha, que em aramaico significa “pedra”, “rocha”, nome este que foi traduzido para o grego como Πέτρος, Petros, através da palavra πέτρα, petra, que também significa “pedra” ou “rocha”.

São Lino nascido em 10 d.C – 76 d.C foi o segundo Bispo de Roma, sucedendo o apóstolo São Pedro, motivo pelo qual é identificado como o segundo Papa. Pouco se sabe sobre a sua vida. Teria nascido em Volterra na Toscânia, Itália. De acordo com o enciclopedista Zedler, a sua mãe chamava-se Cláudia, e o seu pai Herculeanus.

Santo Anacleto,  também conhecido por São Cleto, foi o terceiro Papa da Igreja Católica, portanto, o segundo  sucessor de São Pedro na Sé apostólica.   Era de origem romana, da família  dos pretorianos. Convertido à fé, fez-se discípulo de São Pedro, se bem que por pouco tempo, mas o suficiente para absorver as virtudes angélicas na escola de  seu mestre, de forma que destacou-se  por seu grande fervor e admirável devoção.  Com sua afabilidade, conquistou o coração de todos, tendo especial simpatia mesmo entre os pagãos.  São Pedro tanto apreciou Santo Anacleto que, assim como São Lino, o designou para importantes  trabalhos apostólicos em Roma e lugares circunvizinhos. 

São Clemente I,também conhecido como Clemente Romano (em latim, Clemens Romanus), foi o quarto papa da Igreja Católica, entre 88 e 97. Nascido em Roma, de família hebraica, foi o sucessor de Anacleto I (ou Cleto) e autor da Epístola de Clemente Romano (segundo Clemente de Alexandria e Orígenes), o primeiro documento de literatura cristã, endereçada à Igreja de Corinto. Ele foi o primeiro Papa Apostólico da Igreja.

Santo Evaristo (latim, Evaristus) foi o quinto papa entre 97 e 105 (datas aproximadas). Nascido em Tuscia, na Ásia Menor (ou em Belém, Palestina?), sucedeu a Clemente I (88-97). Formou-se na Grécia.
Pouco sabe-se sobre a vida de Santo Evaristo, mas ele era filho de um judeu-cristão da cidade de Belém, que emigrou para Antioquia por volta do ano 15. O seu nome original era Aristus e mais informações a seu respeito são muito incertas. Fez três ordenações criando 17 sacerdotes, 9 diáconos e 15 bispos, destinados a diferentes igrejas.
O Papa Alexandre I entre 106 e 115. Foi um nobre e jovem romano, bem conhecido na esfera política. O seu principal legado para a Igreja foi ter instituído o uso de água benta em casa para aspersão. Como grande parte de seus contemporâneos cristãos, Alexandre I morreu decapitado sob o reinado de Trajano, imperador romano, foi canonizado santo.
São Sisto I (Xystus em latim) foi sétimo Papa da Igreja Cristã Romana entre 117 ou 119 até 126 ou 128, sucedendo a Alexandre I. Sisto era descendente de uma família tradicional da Elvidia (Grécia), mas era romano por nascimento e o nome de seu pai era Pastor. As suas principais contribuições foram no sentido de sistematizar e normalizar os vários procedimentos sagrados nas cerimónias religiosas, como o de que qualquer objecto sagrado só poderia ser tocado por ministros sacramentados. É atribuída a Sisto a introdução do tríplice canto do Sanctus na missa, bem como as cartas apócrifas que tratam da doutrina da Trindade e ao Primado da Igreja de Roma. Também entrou em conflito com alguns procedimentos da Igreja da Ásia.

Papa Alexandre I

São Telésforo (em latim, Telesphorus) foi um papa de origem grega da igreja cristã romana, reinando entre 126 e 136. Natural de Roma, foi indicado para substituir o Papa Sisto I, como o oitavo pontífice depois de São Pedro.
O seu pontificado, embora desenrolado num período de paz, quando os imperadores Adriano e Antonino não publicaram éditos de perseguição aos cristãos, foi marcado por conflitos com as comunidades não-cristãs.
Segundo fragmentos de escritos creditados a São Irineu, Telésforo morreu mártir e foi sepultado junto do túmulo de São Pedro e, santificado.

Papa Higino

Papa Higino(em latim, Hyginus) foi um Papa da Igreja Católica Romana (136-140) nascido em Atenas, na Grécia, eleito como sucessor do Papa Telésforo (126-136) e que ficou conhecido por tornar mais precisa a questão da hierarquia na Igreja e pelo estabelecimento do costume de haver padrinho e madrinha no batismo.
Filho de um filósofo grego, governou a Igreja por quatro anos e teve um pontificado perturbado pelas perseguições aos cristãos e pelos focos de heresia que começavam a nascer na Igreja dos primeiros tempos. Contando com a ajuda do filósofo São Justino, condenou as heresias e os heresiarcas, e conseguiu triunfar com êxito diante desses perigos.
São Pio I (em latim, Pius) foi o décimo papa da Igreja Apostólica Romana entre 140 e 154. Pio nasceu em Aquiléia, norte da Itália.
Foi eleito papa após três dias de jejum e oração dedicados pelos fiéis romanos na escolha do novo Pontífice, em sucessão a São Higino, morto no ano anterior.
O seu pontificado foi marcado por questões envolvendo judeus convertidos e com heresiarcas como os gnósticos Valentino, Cerdão e Marcião, criador das marcionites.

"Pois Ele, evidentemente, não socorre anjos, mas socorre a descendência de Abraão. Por isso mesmo, convinha que, em todas as coisas, se tornasse semelhante aos irmãos, para ser misericordioso e fiel sumo sacerdote nas coisas referentes a Deus e para fazer propiciação pelos pecados do povo."(Hb 2:16-17)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.