26 de ago de 2010

Participe do Fórum!

Participe do Fórum:

"As ameaças do Programa Nacional dos Direitos Humanos-3 continuam!"

Dia 26 de agosto de 2010
Local: GOLDEN TULIP- Paulista Plaza
Endereço: Alameda Santos, 85 - Jardins - São Paulo

Preocupados em atender a muitos que gostariam de estar presentes ao Fórum sobre o PNDH 3, mas que não poderão fazê-lo por causa da distância, os organizadores do evento transmitirão ao vivo, via internet, todo o debate.

Acesse o site da Campanha Nascer é um Direito e veja como proceder. As inscrições são gratuitas. 

http://www.fundadores.org.br/AbortoNao/principal.asp?IdTexto=1247&pag=1&categ=1

Conferencistas:

Prof. Ives Gandra da Silva Martins
As inconstitucionalidades no PNDH-3.

Príncipe D. Bertrand de Orleans e Bragança
A corrosão do direito de propriedade no PNDH-3.
Reforma agrária, quilombolas, questão indígena.

Deputado Federal Jairo Paes de Lira
O PNDH no Congresso Nacional.
Aborto, "casamento homossexual" e desarmamento.

Dr. Paulo Uebel, Diretor executivo do Instituto Millenium
Aspectos econômicos do PNDH-3
- A prosperidade e o desenvolvimento humano

Mais detalhes em:
http://www.fundadores.org.br/AbortoNao/principal.asp?IdTexto=1247&pag=1&categ=1

Em 22 de dezembro de 2009, por decreto, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pôs em vigor o Plano Nacional de Direitos Humanos-3 (PNDH-3), texto agressivo, totalitário e coletivista, que traumatizou a Nação. O diploma legal, saudado com entusiasmo pelas esquerdas, não teve condições políticas de sustentação. Quase cinco meses depois, premido pelo clamor da inconformidade popular e por conveniências eleitorais, o governo finalmente alterou em pontos fundamentais o PNDH-3. Foi verdade ou show? Você precisa saber para ficar atualizado. 

O que pensar deste programa da coligação governista, que procura enfiar o Brasil nos moldes de sua utopia de destruição?

O governo, ao ajustar pontos do programa que traumatizaram a Nação, ferindo-a em seus sentimentos de religião, nacionalidade e autonomia pessoal, recuou como foi noticiado por certa imprensa? Ou fez retirada momentânea sem abandono a objetivos programáticos irrenunciáveis para revolucionários, hoje no governo, obcecados por seus ideais de demolição? 

Estas e outras perguntas de enorme atualidade serão respondidas por especialistas na matéria, com grande experiência da vida pública brasileira.

Mais detalhes em:
http://www.fundadores.org.br/AbortoNao/principal.asp?IdTexto=1247&pag=1&categ=1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.