7 de ago de 2010

Que gracinha....

Um dia minha mãe saiu e deixou meu pai tomando conta de mim. Eu tinha uns dois anos e meio. Alguém tinha me dado um "jogo de chá" de presente e era um dos meus brinquedos favoritos.

Papai estava na sala vendo o Jornal, quando eu trouxe para ele uma "xícara de chá", que na realidade era apenas água. Após várias xícaras de chá, onde recebia elogios entusiasmados do papai a cada xícara servida, minha mãe chegou.

Meu pai fez ela se sentar na sala, para me ver trazendo a ele uma xícara de chá, porque era "a coisa mais fofa do mundo!". Minha mãe esperou, e então, vinha eu pelo corredor com uma xícara de chá para o papai e ela o viu beber todo o chá.

Então ela disse o que apenas uma mãe saberia: - Passou pela sua mente que o único lugar que ela alcança água é na privada?

Os pais não pensam igual às mães.

Colaboração: Ana Cristina Paiva – Pastoral Familiar de São Gerardo
33catolico a serviço da Igreja – Comunidade São Paulo Apóstolo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.