23 de out de 2010

CNBB: bispos podem orientar fieis, mas não indicar candidatos



LUCIANA COBUCCI
Direto de Brasília
O secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Dimas Lara Barbosa, disse, nesta sexta-feira (8), que considera "perfeitamente normal" que padres e bispos orientem os fieis durante os sermões em missas. De acordo com Dom Dimas, a Igreja tem o direito e o dever de orientar os fieis a respeito de questões morais e éticas, mas não indica quais candidatos devem receber votos.
O secretário-geral da CNBB comentou o pedido de direito de resposta feito pela candidata petista à presidência da República, Dilma Rousseff, contra a TV Canção Nova. Na manhã da última terça-feira (5), a emissora transmitiu um sermão do padre José Augusto pedindo que os fieis não votem na petista no segundo turno porque ela seria a favor do aborto em gestações indesejadas.
"A CNBB não legisla sobre o que os bispos e padres devem fazer. Eles são livres para dizer o que é melhor para seus fieis. O aborto entrou na pauta e é um tema de grave importância. O que espero é que todos os candidatos trabalhem na defesa da vida desde a concepção até a morte natural", disse.
Dom Dimas afirmou que a discussão sobre temas religiosos polêmicos, como o aborto, devem ser alvo da preocupação das autoridades. "O Estado é laico, mas não é ateu. A população brasileira é fundamentalmente religiosa, de modo que é quase impossível pedir para o cidadão fazer essa separação", declarou.
Fonte: Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.