23 de nov de 2010

AS PALAVRAS DO PAPA SOBRE A SEXUALIDADE E O PRESERVATIVO



No livro-entrevista que se publicará nesta terça-feira

CIDADE DO VATICANO, domingo, 21 de novembro de 2010 (ZENIT.org) – Meios de comunicação de todo o mundo publicam comentários e notícias sobre a posição moral de Bento XVI sobre o preservativo, desde que se veicularam algumas passagens de seu livro-entrevista “Luz do mundo”. O livro, realizado pelo jornalista alemão Peter Seewald, será publicado no dia 23 de novembro.
Apresentamos uma tradução de trabalho sobre a passagem sobre “A sexualidade” divulgada por L'Osservatore Romano.
* * *

Concentrar-se só no preservativo quer dizer banalizar a sexualidade e esta banalização representa precisamente o motivo pelo qual muitas pessoas já não veem na sexualidade a expressão de seu amor, mas só uma espécie de droga, que se fornecem por sua conta. Por este motivo, também a luta contra a banalização da sexualidade forma parte do grande esforço para que a sexualidade seja valorizada positivamente e possa exercer seu efeito positivo no ser humano em sua totalidade.
Pode haver casos justificados singulares, por exemplo, quando um prostituto utiliza um preservativo, e este pode ser o primeiro passo para uma moralização, um primeiro ato de responsabilidade para desenvolver de novo a consciência sobre o fato de que nem tudo está permitido e de que não se pode fazer tudo o que se quer. No entanto, este não é o verdadeiro modo para vencer a infecção do HIV. É verdadeiramente necessária uma humanização da sexualidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.