22 de abr de 2011

NOVENA À DIVINA MISERICÓRDIA



Queridos irmãos e irmãs, vamos unir-nos de maneira toda especial à Mãe da Divina Misericórdia e à Santa Faustina, durante estes próximos nove dias, unindo-nos também entre nós para realizarmos aquilo que Jesus mesmo nos pede.


Como preparação para a Festa da Misericórdia Divina, que este ano ocorrerá no dia 01 de maio, Ele deseja que se faça uma NOVENA, começando na SEXTA-FEIRA SANTA e terminando no sábado de aleluia, com a seguinte promessa:“Nessa novena concederei às almas todas as graças”.


Nesta novena, escreve Santa Faustina, devemos pedir “a conversão do mundo inteiro e o conhecimento da misericórdia divina” (Diário, n. 1059).


Diz Jesus:
“Desejo que durante estes nove dias tu conduzas as almas à fonte da Minha misericórdia, a fim de que recebam força e alívio e todas as graças de que necessitam nas dificuldades da vida, especialmente na hora da morte. Em cada dia conduzirás ao Meu Coração um grupo diferente de almas e as mergulharás no oceano da Minha misericórdia. Eu conduzirei todas essas almas à casa de Meu Pai. Realizarás esta tarefa nesta vida e na futura. Por minha parte, nada negarei a nenhuma daquelas almas que tu conduzirás à fonte da Minha misericórdia. Cada dia pedirás a Meu Pai, pela Minha amarga Paixão, graças para essas almas”.
Eu respondi: “Jesus, não sei como fazer essa novena e que almas conduzir em primeiro lugar ao Vosso misericordiosíssimo coração”. E respondeu-me Jesus que me dirá, dia por dia, que almas devo conduzir ao Seu Coração. (Diário, n. 1209)

NOVENA À DIVINA MISERICÓRDIA
(Essa novena é rezada junto com o Terço da Divina Misericórdia)

PRIMEIRO DIA (Sexta-feira Santa)
Hoje traze-me a humanidade inteira, especialmente todos os pecadores e mergulha-os no oceano da minha Misericórdia. Com isso Me consolarás na amarga tristeza em que Me afunda a perda das almas.
Misericordiosíssimo Jesus, de quem é próprio ter compaixão de nós e de nos perdoar, não olheis os nossos pecados, mas a confiança que depositamos em Vossa infinita bondade. Acolhei-nos na morada do vosso compassivo Coração e nunca mais nos deixeis sair d’Ele. Nós vo-lo pedimos pelo amor que Vos une ao Pai e ao Espírito Santo.
Eterno Pai, olhai com misericórdia para toda a humanidade, encerrada no Coração compassivo de Jesus, mas especialmente para os pobres pecadores. Pela Sua dolorosa Paixão, mostrai-nos a Vossa misericórdia, para que glorifiquemos a onipotência da Vossa misericórdia por toda a eternidade. Amém. (Diário, 1210 e 1211)

Terço da MisericórdiaEsse terço é rezado no terço comum, substituindo-se as orações do terço como indicado abaixo.

No início:
Pai Nosso, Ave-Maria, Credo

Nas contas do Pai Nosso:
Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e o Sangue, Alma e Divindade de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e dos do mundo inteiro.

Nas contas da Ave-Maria:
Pela Sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro.

No final, rezar três vezes:
Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.