11 de jul de 2011

8ª ExpoCatólica bate recordes de público e negócios




A 8ª. Edição da ExpoCatólica, realizada de 07 a 10 de julho, no Pavilhão Verde do ExpoCenter Norte, em São Paulo, arrecadou quase 10 toneladas de alimentos, recebeu mais de 50 mil pessoas nos quatro dias de exposição e promoveu mais uma vez, os negócios de cerca de 200 expositores, formados por editoras, fabricantes de artigos religiosos, gravadoras, escolas, vocações, empresas de turismo religioso e os principais santuários do país.


A ExpoCatólica encerrou sua oitava edição com a avaliação de que foi a melhor feira desde seu lançamento, em 2003. A feira é o principal evento católico do gênero e considerada a maior feira de negócios e serviços religiosos da América Latina, é um retrato da expansão do segmento religioso no País. A novidade deste ano foi a abertura para o público leigo durante os quatro dias, o que deu uma nova dinâmica aos corredores da exposição e também à movimentação dos cerca de 150 estandes, que reuniram aproximadamente 200 expositores.

Para a Promocat, empresa responsável pela realização do evento, este ano muitas das barreiras que vinham sendo transpostas a cada edição, estão totalmente superadas. “Considero que hoje temos uma feira madura, consolidada, e cujas diretrizes já estão claras para todos os componentes desse nosso segmento. Cada um dos expositores e a própria Igreja já sabem o que esperar da Promocat, e a gente, que organiza a feira, consegue assim, melhorar ainda mais a qualidade do nosso trabalho”, diz Kiara Castro, diretora comercial do evento.

A fala dos expositores

EDIÇÕES CNBB - “A feira tem ganhado corpo e tem favorecido o crescimento da editora. Este ano foi melhor divulgada em relação aos anos anteriores. Quem não mostra a cara não é lembrado. Para as Edições CNBB, é bom que a feira seja anual, pois esta é a melhor oportunidade de negócios entre a editora e os distribuidores e livreiros. A ExpoCatólica é a minha segunda melhor vitrine, claro, depois da Assembléia dos Bispos”, diz Pe. Valdeir Goulart, das Edições CNBB.

ARQUIDIOCESE DE SÃO PAULO - “A ExpoCatólica, em uma avaliação geral, foi muito boa”. Em nome da Arquidiocese de São Paulo, Rafael Alberto Alves, secretário de Comunicação da Arquidiocese de São Paulo, destaca a integração com a Promocat este ano. “Participamos como expositores nos anos anteriores, mas este ano tivemos uma participação maior, uma parceria muito boa e um diálogo estreitado. Para o ano que vem, deveremos participar mais ativamente das atividades litúrgicas”.

TOCA DE ASSIS - Os alimentos arrecadados por meio das doações dos visitantes foram doados às obras de espiritualidade franciscana. “Foi muito gratificante ver a alegria dos visitantes em dar essa contribuição. É preciso destacar que essas mais de oito toneladas de alimentos servirão para atender muitos moradores de rua e serão suficientes também para partilhar com outras obras, todas essas graças que recebemos por meio da ExpoCatólica”. Ir. Aquila, ecônomo da Toca de Assis em São Paulo.

ANEC – “O saldo foi positivo, atingimos plenamente o nosso objetivo, que era o de potencializar e dar visibilidade às ações da Educação Católica e dos nossos parceiros. O fórum promovido pela ANEC também foi positivo como espaço de reflexão, aprofundamento e troca de experiências das escolas católicas no Brasil, na área da Gestão Educacional. Pretendemos continuar com essas ações e esperamos no ano que vem, expandir o Salão ANEC”. Janaína Paim, coordenadora de educação básica da Associação Nacional de Educação Católica (ANEC).

SALESIANOS - A presença salesiana no Brasil, dentre elas, a Rede Salesiana de Escolas, as universidades e as obras sociais, ocupou um dos maiores estandes do Salão ANEC de educação. “Uma das finalidades da ExpoCatólica é a promoção dos carismas e não há como falar do Carisma Salesiano se não falarmos em rede. Por isso nosso estande tem essa finalidade de socializar com os participantes da feira, a presença carismática dos salesianos em suas diferentes expressões”. Pe. Nivaldo Luiz Pessinatti, diretor da Rede Salesiana de Escolas.

MILAGROS - “A feira foi muito boa. Verificamos um crescimento de vendas e de contatos e de consolidação dos negócios. Atingimos todos os nossos objetivos, e se Deus quiser, estaremos aqui no ano que vem, porque é uma excelente oportunidade para divulgar a nossa marca e nos posicionar no mercado. Martinho Rocha – Milagros Incensos de Resina.

NOVA LUZ - “A abertura da feira para o público leigo nos quatro dias, dinamizou as vendas das nossas velas. A feira foi a melhor de todas as que participei nos últimos cinco anos, em volume de vendas e de negócios. E digo isso com propriedade, pois participo de outras feiras ao longo do ano. Vou voltar para a empresa com os talões de notas recheados de pedidos e com trabalho para os próximos seis meses. Ano que vem estarei aqui, certamente, e pretendo ampliar a área de exposição, onde poderei trazer novos produtos que já estão sendo desenvolvidos. Esta feira tem de ser anual, pois a dinâmica do segmento católico assim exige”. Flavio Teixeira.

ESPÍRITO SANTO - O governo do estado do Espírito Santo participou pela primeira vez, do Salão Peregrinus de Turismo Religioso. “O objetivo aqui foi divulgar os nossos destinos, como o Santuário de Nossa Senhora da Penha, no contexto da feira e do salão. O contato com os expositores do turismo e com os visitantes nos entusiasmou. No ano que vem estaremos por aqui novamente”. Marcia Abrahão, gerente de Gestão do Turismo do ES.

Visitante ilustre - A feira, mais uma vez, recebeu a visita de Luis Henrique Correa, presidente da ExpoCatólica de Medelin, na Colômbia. “Esta foi a mais bela, mais variada, mais pastoral e social, com mais liturgia, apresentações musicais, dentre as anteriores. Tudo estava muito bonito e o que enxergo é há uma combinação equilibrada entre o pastoral e o comercial”.

9ª. Edição

A próxima feira será realizada em julho de 2012, mas a Promocat deverá reunir os expositores para alinhamento de interesses e para melhorar ainda mais, os propósitos do próximo evento. “O interesse do expositor em se envolver na organização da feira foi um dos resultados positivos desta edição, com vistas à próxima, ou seja, mais um catalisador de toda a diversidade que esse segmento apresenta, e que irá contribuir para o crescimento de todos”, reflete Fábio Castro, diretor da Promocat. “O nosso trabalho tem de ser sempre pautado pelos princípios da fé católica, e quando nos alinhamos em uníssono, quem ganha é toda a Igreja e suas obras sociais, suas frentes de educação, suas frentes de evangelização. A nós cabe a preocupação de nos manter no foco e cumprir esses desígnios com humildade e responsabilidade.”, encerra Castro.

Atendimento à imprensa
Sandra de Angelis (MTB 15911)
(11) 3641-6787 ou 9911-3798
Ana Cosenza (MTB 25847)
(11) 8709-5357
sandra@promocat.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.