13 de jul de 2011

Informativo Cléofas- 14/07/2011

Informativo Cléofas, 13 de julho de 2011 - Ano VI - Número 178

Notícias do Site Cléofas

+ Cientistas alertam que nova variedade de doença sexualmente transmissível poderá ser ameaça mundial à saúde

+ Dom Celli: A Igreja é consciente de que deve anunciar a mensagem de Cristo no atual contexto do homem

+ Inscrições para o Mutirão de comunicação

+ Igreja condena aberrante operação "mudança de sexo" em meninas na Índia

+"Não queremos só técnicos, mas testemunhas de Cristo"

+Jornal Vaticano apresenta visão positiva do último filme de Harry Potter

+ Ainda há sinais de vida?

+ Ensinar os filhos a observar a natureza


O programa Escola da Fé, é exibido toda quinta-feira às 20h40 na TV Canção Nova (Link)


Para meditar...

O Sangue do Senhor

Foi pelo Seu preciosíssimo Sangue derramado na cruz redentora que cada um de nós, batizados, foi salvo da morte eterna e da corrupção do pecado. Que mistério insondável! Mas não há como fugirmos dele para conseguirmos a graça da salvação. Infelizmente pouco se fala sobre este "mistério da fé" em nossas igrejas e reuniões; e, no entanto, sem ele toda a nossa fé se esvazia.
O mistério do Sangue do Senhor, derramado por você e por mim, é o mistério insondável do infinito amor de Deus por nós. O próprio Senhor no-lo revelou quando disse a Nicodemos: "Com efeito, de tal modo Deus amou o mundo, que lhe deu seu Filho único, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna" (Jo 3,16). Ninguém será autenticamente cristão enquanto não perceber esse amor de Deus e não responder a ele com grande fidelidade. Dizia São João da Cruz que "amor só com amor se paga".

A oblação do Sangue vertido na cruz por Jesus, vítima de expiação por nossos pecados, é a prova da vida do Senhor oferecida por nós.

São Paulo disse: "Cristo adquiriu-nos com Seu Sangue uma redenção eterna" (citação livre de Hb 9,11-12); destruiu pela sua morte "aquele que tinha o império da morte, isto é, o demônio" (Hb 2,14b); "entregou-se por nós, para nos remir de toda iniqüidade e purificou para Si um povo" (citação livre de Tt 2,14). O apóstolo não se cansou de repetir esta verdade essencial e central de sua pregação: "Ele nos arrancou do poder das trevas e nos introduziu no reino de seu Filho muito amado" (Cl 1,13); "[Ele] me amou e se entregou por mim" (Gl 2,20c).

Enquanto não sentirmos profundamente esta verdade - "Ele me amou e se entregou por mim" -, nossa vida cristã não poderá chegar à perfeição querida por Deus. É a contemplação desse amor por mim e desse sangue derramado por mim que produz em nós toda a propulsão da vida espiritual. Nenhum santo chegou à santidade sem a profunda contemplação e adoração da cruz e do Crucificado. Todos, sem exceção, encontraram aí toda a razão e a força da sua caminhada.

É o Sangue de Cristo que salva!

"Eis o Cordeiro de Deus" (Jo 1,36b).

Ele próprio deixava claro que o mundo não seria salvo por Seus milagres, mas por Sua morte. É um mistério que devemos aceitar com grande amor  e reverência. Dizia aos discípulos: "É necessário que o Filho do Homem padeça muito, seja rejeitado pelos anciãos, pelos sumos sacerdotes e pelos escribas e seja morto, mas ressuscitará depois de três dias" (citação livre de Mc 8,31). E, quando Pedro O repreendeu, Ele lhe disse: "Afasta-te de mim, Satanás, porque teus sentimentos não são os de Deus, mas os dos homens" (Mc 8,33b).

Cristo nasceu para morrer! Sabia disso, e nada podia impedi-lO de derramar Seu Sangue por nós. Na ceia, Ele declarou: "Isto é meu sangue, o sangue da Nova Aliança, derramado por muitos homens em remissão dos pecados" (Mt 26,28).

É esse Sangue que salva e purifica cada um de nós. Já que ele foi derramado por nós, temos de invocá-lo constantemente para nos livrar de todos os males do corpo e da alma.

O apóstolo São João, segundo o Apocalipse, viu aquela grande multidão, e lhe foi dito: "Esses são os sobreviventes da grande tribulação; lavaram as suas vestes e as alvejaram no sangue do Cordeiro" (Ap 7,14b). Só o Sangue bendito desse Cordeiro imaculado pode nos purificar de todo o mal. Ainda não nos apropriamos devidamente desta grande graça: o Sangue do Senhor derramado por nós. Ainda não aprendemos a invocá-lo nas horas de tribulação, de dor, de angústia...

É preciso fazermos como os santos faziam: invocar este Sangue redentor e deixá-lo lavar a alma e a consciência, para podermos viver segundo a justiça de Deus.

"Por este Sangue", disse São Paulo, "Jesus entrou no céu para agora apresentar-se a nosso favor ante a face de Deus" (citação livre de Hb 9,24); e, cheio de esperança, afirmou: "temos ampla confiança de poder entrar no santuário eterno, em virtude do sangue de Jesus" (Hb 10,19). Por isso: "Aproximemo-nos, pois, confiadamente do trono da graça, a fim de alcançar misericórdia e achar a graça de um auxílio oportuno" (Hb 4,16).

Precisamos olhar constantemente para a cruz do Gólgota e implorar que o Sangue sacrossanto do Cordeiro nos liberte de todo o mal e nos dê a Sua vida.

Blog do Prof. Felipe Aquino

 

Processo de Nulidade de casamento

Passos para iniciar junto ao Tribunal Eclesiástico

Muitas pessoas, que se separaram, e mesmo algumas que já estão em um segundo casamento apenas civil, desejam saber como se faz o “Processo de Nulidade” no Tribunal da Igreja.
Em nosso artigo “Nulidade de casamento” explicamos rapidamente as causas que podem levar o Tribunal da Igreja a declarar nulo um matrimônio. Em caso de dúvida, a pessoa deve procurar o Tribunal da Igreja de sua Diocese e fazer uma consulta sobre o seu caso particular. Esta é a melhor maneira de tirar qualquer dúvida. Em qualquer época, pode-se entrar com o Processo de Nulidade, mesmo que já se tenha filhos, ou tenha passado bastante tempo da separação.
Para quem quiser saber mais sobre o assunto, com detalhes, recomendo a leitura do livro “Casamentos que nunca deveriam ter existido” do Padre Jesús Hortal, doutor em Direito Canônico (Ed. Loyola, SP).
Se você separou-se de seu esposo(a) e acha que esta separação é definitiva, não tem mesmo volta, e desconfia que o seu matrimônio possa ter sido nulo na celebração, deve, então, procurar o Tribunal da Igreja em sua Diocese e dar início a este processo.

+Leia mais


Livro da Semana

SEREIS UMA SÓ CARNE

Mais de 30% dos casais de hoje se separam antes de completar um ano de vida conjugal. É preciso parar e analisar profundamente essa questão vital para que também você não seja surpreendido de maneira tão dura.

É hora de refletir: De onde vêm as brigas, os desentendimentos, os rancores, que acabam levando o casal à separação, frustrando para muitos a sua vida conjugal e familiar?

Este livro apresenta algumas soluções para as crises dos casamentos. Certamente você – como todos nós – precisa conhecer estas soluções, válidas não só para os casais de hoje, mas, também, para os de amanhã.

Depoimento:

Conheço o Felipe Aquino, autor deste livro, desde 1970. Tive a graça de poder orientá-lo em sua formação cristã e humana, participando de sua intimidade; por isso, tenho-o como um filho muito amado.

Fico feliz e agradecido a Deus por suscitar em Felipe o desejo de escrever. Hoje, com a sua experiência conjugal de mais de vinte anos, pai de cinco filhos, professor e educador, ele pode falar aos casais sobre casamento.
É com satisfação e alegria no Senhor que recomendo este seu livro, rogando a Jesus e à sua Mãe que o façam dar muitos frutos.

Pe. Jonas Abib



Ficha Técnica
ISBN: 978-85-88158-44-3
Ano: 2010
Edição: 33
Número de páginas: 120
Idioma: Português BR
Acabamento: Brochura
Formato: 14x21 cm

 


* Caso não deseje mais receber a newsletter, entre em contato e escolha o assunto "Newsletter - REMOVER".
Lançamento



OS DOGMAS DA FÉ

14x21 cm - 392 páginas


Shopping Cléofas



O SEGREDO DA SAGRADA EUCARISTIA

14x21 cm - 160 páginas



A MORAL CATÓLICA

16x23 cm - 200 páginas


_______________________________

EVENTOS

APROFUNDAMENTO SOBRE IGREJA

22 A 24 DE JULHO

Presenças de:

Prof.Felipe Aquino

Pe.José Augusto

LOCAL:CASA DE LAVRINHAS-SP

Faça já sua inscrição!

Informações:(12)3146-1122

blog.cancaonova.com/lavrinhas

Realização: Canção Nova

 

_______________________________

ACAMPAMENTO PARA CASAIS

"QUANDO A FAMÍLIA REZA"

29 A 31 DE JULHO

 

Presenças de: Prof. Felipe Aquino, Diácono Nelsinho e Márcia, Ricardo e Eliana Sá, Pe.Vicente ,entre outros.

_______________________________

 

 


© 2011 - Editora Cléofas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.