26 de out de 2011

Informativo Cléofas - 26/10/2011

Informativo Cléofas, 26 de outubro de 2011 - Ano VI - Número 192

Notícias do Site Cléofas

 

+Cura milagrosa de mexicana atribuída ao Beato João Paulo II será estudada

+Bebê de 14 dias aparece vivo entre escombros 46 horas depois de terremoto na Turquia

+Tribunal Europeu felicitado por proibir uso de embriões em pesquisas

+A morte de Kadafi "não é motivo para festejar" afirma núncio apostólico na Líbia

+   O Papa proclama 3 novos Santos para a Igreja

+  Homem queima bíblia na frente do Papa

+   Cardeal Cañizares explica impulso do Papa à renovação da liturgia

+   Papa destaca dimensão espiritual da obra social católica

+ CNBB promove II Encontro de Universitários Cristãos


Conheça também o documento da Igreja:

+ Nota Doutrinal sobre alguns aspectos da Evangelização

O programa Escola da Fé, é exibido toda quinta-feira às 20h40 na TV Canção Nova (Link)


Para Meditar...


Benção e Maldição

"Eis que estou convosco todos os dias até o fim do mundo" (Mt 28,20).

QÉ impressionante notar como Deus sempre exigiu do povo escolhido, consagrado a Iahweh (Dt 7,6; 14,2-21), a observância das Suas Leis, para que este povo fosse sempre feliz e abençoado. O Antigo Testamento mostra isso.

É no livro do Deuteronômio (Segunda Lei) que essa exigência é mais explícita. Ao povo libertado da escravidão do Egito, Deus manda através de Moisés:

"Observareis os mandamentos de Iahweh vosso Deus tais como vo-los prescrevo" (Dt 4,2).

"Iahweh é o único Deus... Observa os seus estatutos e seus mandamentos que eu hoje te ordeno, para que tudo corra bem a ti e aos teus filhos depois de ti, para que prolongues teus dias sobre a terra que Iahweh teu Deus te dará, para todo o sempre" (Dt 14,40).

É interessante notar também como Deus tem um grande ciúme do seu povo, e não aceita que este deixe de cumprir suas Leis para adorar os deuses pagãos.
(...)

+Leia mais



Pergunte e Responderemos

O que é a Teologia da Libertação?


Em face da condenação de um livro de Jon Sobrinho, um dos teólogos líderes da teologia da libertação, pela Sagrada Congregação da Doutrina da Fé, do Vaticano, a discussão sobre esta teologia voltou a campo.

Um grupo de teólogos desta linha acaba de publicar um livro contestando a ação do Vaticano e do Papa. São eles: Marcelo Barros, Leonardo Boff, Teófilo Cabestrero, Oscar Campana, Víctor Codina, José Comblin , Confer de Nicaragua, Lee Cormie, Eduardo de la Serna, José Estermann, Benedito Ferraro, Eduardo Frades, Luis Arturo Garcia Dávalos, Ivone Gebara, Eduardo Hoornaert, Diego IrarrázavaI, Jung Mo Sung, Paul Kmitter, João Batista Libânio, María y José Ignacio López Vigil, Carlos Mesters, Ricardo Renshaw, Jean Richard, Pablo Richard, Luis Rivera Págan, José Sánchez, Stefan Silber, Ezequiel Silva, Afonso Mª Ligório Soares, José Sols, Paulo Suess, Luiz Carlos Susin, Faustino Teixeira, Tissa Balasuriya, e José María Vigil.
A Associação Ecumênica de Teólogos/as do Terceiro Mundo  Mundo publicou o livro "Bajar de la cruz a los pobres: cristología de la liberación".
 
Muitos perguntam, o que é afinal, esta teologia da libertação? Vou responder esta pergunta com a resposta que deu a ela a autoridade da Igreja Católica; o Cardeal Joseph Ratzinger
(...)

 

+Leia mais


 

Blog do Prof. Felipe Aquino

O Pecado da Preguiça

O trabalho não é uma penalidade, mas uma colaboração

Após o pecado ter entrado na nossa história, Deus impôs ao homem “a lei severa e redentora do trabalho”, como disse Paulo VI. “Comerás o teu pão com o suor do teu rosto, até que voltes à terra de que foste tirado” (Gn 3,19).
A partir da tragédia do pecado original, o trabalho passou a ser um veículo redentor para o homem, além de ser o meio pelo qual ele é chamado a ser cooperador de Deus na obra da construção do mundo.

Michel Quoist disse que “o trabalho não é uma punição, mas uma honra que Deus concede aos homens. O Pai não quis acabar sozinho a criação, por isso convida sua criatura a colaborar com Ele”.

O Senhor derrama Sua graça sobre aquele que trabalha com diligência. Este caminha para a perfeição. Não foi sem razão que Confúcio disse certa vez: “Deus colocou o trabalho como sentinela da virtude”.

O trabalho traz para o homem uma misteriosa e agradável recompensa que ninguém e nada pode tirar. O trabalho sério imprime na própria matéria o espírito, e isto glorifica o Criador. Se com humildade oferecemos a Ele o nosso trabalho, este adquire um valor eterno. Assim, o temporal se transforma em eterno; e esta é a grande recompensa do trabalhador.
Esta reflexão nos deixa entrever todo o mal da preguiça. Nenhum bem valioso e nenhuma virtude autêntica podem ser conquistadas sem o trabalho diligente e paciente.(...)

 

+Leia mais


Livro da Semana

FAMÍLIA, SANTUÁRIO DA VIDA

-  Vida Conjugal e Educação dos Filhos  -



A família é o “Santuário da Vida”, como disse o Papa João Paulo II, na Carta às Famílias (n. 11).

Após o seu livro “Sereis uma só carne”, que já ajudou a tantos casais a reencontrarem o sentido da vida conjugal, o prof. Felipe Aquino, pregador de Retiros de Aprofundamento para Casais, em todo o país, apresenta agora um estudo profundo sobre a realidade da família no mundo moderno, com as ameaças que tem sofrido de todos os lados.

Toda esta reflexão e estudo está baseada rigorosamente nos ensinamentos da Igreja — “coluna e sustentáculo da verdade” (1 Tm 3,15) — de acordo com o Sagrado Magistério, com as Sagradas Escrituras e com a Sagrada Tradição.

Aqui são enfocados, tanto a vida conjugal (namoro, harmonia conjugal e sexual, diferenças pessoais e demais problemas do casal), bem como os aspectos da educação dos filhos, em face dos graves males que atingem os jovens, fruto da desagregação moral e familiar: violência, drogas, tentativas de suicídio, músicas alienantes, bebidas, ociosidade…

É apresentado ainda um estudo das causas que podem levar a Igreja a reconhecer a nulidade de um matrimônio, segundo as normas do Código de Direito Canônico.


Ficha Técnica
Editora: Cléofas
ISBN: 978-85-88158-59-7
Ano: 2011
Edição: 19
Número de páginas: 232
Idioma: Português (BR)
Acabamento: Brochura

 

 


 


* Caso não deseje mais receber a newsletter, entre em contato e escolha o assunto "Newsletter - REMOVER".
Lançamentos



Por que confessar? Como confessar?

11x18 cm - 88 páginas

Como preparar-se bem para comungar
11x18 cm - 136 páginas



Shopping Cléofas



O Socorro de Deus para as aflições da alma
14x21 cm - 176 páginas



Credo do povo de Deus
11x18 cm - 96páginas


Como fazer a vontade de Deus?
14x21 cm - 240 páginas


_______________________________

 

 


© 2011 - Editora Cléofas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.