1 de nov de 2011

APARIÇÕES DE MARIA SANTÍSSIMA EM BAYSIDE, QUEENS, NOVA YORK, EUA (1970)

“Existe um grupo de planejadores que pretendem implantar uma república universal. Seu propósito consiste em eliminar lentamente a verdadeira Igreja de Jesus”.
(A Santíssima Virgem à Veronica Lueken, Bayside, Nova Iorque).

Veronica Lueken, nascida em 12 de julho de 1932, em Flushing, Nova Iorque, era uma “típica dona-de-casa” e mãe de cinco filhos, sendo que um deles também viu a primeira aparição da Virgem.
A documentação dessa aparição é farta e riquíssima.
Durante os êxtases, os diálogos de Veronica com a Santíssima Virgem foram gravados em fitas cassetes.
Há centenas de fotos sobrenaturais tiradas por fiéis, depoimentos, entrevistas, comprovações de curas milagrosas, além da cobertura de respeitáveis veículos da imprensa como New York Times, Time e Newsweek.

Os primeiros fenômenos tiveram início em 1968, quando Veronica soube pelo rádio do assassinato de Robert F. Kennedy. 
Ela começou a chorar e a rezar mentalmente para ele quando sentiu um inexplicável “perfume de rosas”. Posteriormente, a aparição apresentou-se como “Nossa Senhora das Rosas, Auxílio das Mães”. Sem dúvida é a aparição mais eloqüente de todas.O desenrolar dos acontecimentos é complexo e, como sempre, com muitos sofrimentos para a vidente, que nem sempre sabia interpretar o teor de algumas visões e mensagens.
Veronica se viu às voltas com processos jurídicos, repetidas recusas por parte do clero em aceitar a possibilidade de serem autênticas as aparições, sem contar as difamações, intransigência dos vizinhos devido ao crescente número de romeiros.Estes são alguns de exemplos de provações por que passam os escolhidos de Maria Santíssima.

O que caracteriza essa aparição é que, desde o início, a Santíssima Virgem deixa claro que Seu recado seria primeiramente para os “sacerdotes de Meu Filho”. E nunca em mensagens anteriores a Mãe de Jesus foi tão dura e jamais fez denúncias tão comprometedoras, inclusive citando nomes de altos prelados que, segundo Ela, estariam “a serviço de Satanás” e agindo corruptamente dentro do Vaticano. Nossa Senhora das Rosas também referiu-se à cidade de Nova Iorque como “aquela pocilga de perversão”. Fez advertências graves sobre o aumento do sexo aberrante e do uso de drogas. Advertiu sobre a“criação de uma juventude sem moral”vítima inconsciente da implementação de técnicas nocivas de educação e televisão de“lavagem cerebral” psicopolítica a longo prazo.
Segundo Ela, tudo isso teria como finalidade a “criação de uma geração indiferente de jovens adultos que aceitam sem resistência os planos para criar a hegemonia universal”. Essa geração culminaria na aceitação passiva do anticristo previsto nas Sagradas Escrituras.

Nossa Senhora das Rosas também denunciou os resultados adversos da “atividade da música de rock sob o controle de um grupo internacional que cultua o diabo”. Surpreendentemente, bateu forte e de frente com as conspirações dos iluministas e sua“hegemonia” anti-religiosa, antiindividualistas, oposta à “liberdade das massas” e “impregnada de controle” mental e físico. Condenou as seitas que promovem a evocação dos mortos e wicca (bruxaria) dizendo que “não existem bruxas boas”, mas que todas servem ao Inimigo de Deus.Denunciou insistentemente sobre o futuro“governo universal e a religião satânica para formar um só mundo”, isto é, o mundo globalizado. As Escrituras alertam que o anticristo terá poder absoluto sobre todos os seres. (1)

Nossa Senhora das Rosas profetizou que “o assassinato de 16 milhões de bebês norte-americanos no útero”aconteceria por causa da enorme falta de julgamento, moral e responsabilidade individual. Secas, fome, safras estragadas, furacões e terremotos aumentariam “em proporção ao que o homem se permite ser pior e mais maligno”.Previu a investida violenta de doenças misteriosas e guerra. Como em outras mensagens, a Senhora mencionou que, mais cedo ou mais tarde, o pecado individual e coletivo “atrai o castigo de Deus”. Durante todo o processo das aparições suplicou comovedoramente por oração, conversão e penitência.

Mas no contexto desse nosso estudo, o que mais chama atenção na aparição de Baysaide, são os constantes pedidos de orações que a Mãe de Jesus fez por intenção do papa Paulo VI, afirmando que ele estava sofrendo muito. 

Nestas possiveis aparições, Nossa Senhora das Rosas denunciou que o sucessor de Paulo VI, que fora João Paulo I, reinou apenas 33 dias porque “foi assassinado por envenenamento”. (3)

Sabe-se que João Paulo I tinha em mente investigar a fundo as denúncias e os escândalos que pipocavam nessa época comprometendo autoridades clericais da alta hierarquia católica. Entre essas investigações constava a lista de prelados maçons, divulgada pelo periodista Mino Pecorelli, que fora assassinado misteriosamente com sinais de ritual.
Para termos idéia do teor dessas mensagens de Nossa Senhora das Rosas, transcrevemos a seguir, alguns trechos. (4)

Sobre o calvário desconhecido de Paulo VI: 

"Filha Minha, trago-te uma triste verdade, uma que devo dar a conhecer a toda humanidade… Nosso amado Vigário, Papa Paulo VI, sofre muito nas mãos daqueles em quem ele confia... Não é capaz de cumprir sua missão. Eles o afastaram do caminho, filha Minha – foi usado o melhor cirurgião para criar este impostor”.

“Grita por sobre os telhados! Ele deve ser exposto e removido. Por trás dele, filha Minha, há três que se entregaram a satanás. Não recebes a verdade em tua nação nem no mundo. Teu Vigário é prisioneiro...”


“Casaroli, condenareis vossa alma ao inferno! Giovanni Benelli, que caminho haveis tomado? Estais no caminho que leva ao inferno e à condenação. Villot, líder do mal, apartai-vos desses traidores; não sois desconhecido para o Pai.”
(Nossa Senhora das Rosas, Auxílio das Mães, 27 de setembro de 1975)

Como vemos, essas denúncias são gravíssimas, pois Maria Santíssima cita nomes de três prelados diretamente ligados ao Papa, personalidades eminentes da alta hierarquia do Vaticano.

“Minha filha, eles conversam sobre o segredo que Eu vos dei em Fátima. É uma explicação simples. Não podia ser revelado completamente devido a natureza drástica de Minha mensagem. Eu vos adverti que satanás entraria nos mais altos reinos da Hierarquia em Roma. O terceiro segredo, filha Minha, é que satanás entraria dentro da Igreja de Meu Filho.”
(Nossa Senhora das Rosas, Auxílio das Mães, 13 de maio de 1978)

É relevante ressaltar aqui que palavras ainda mais explícias sobre a situação de Paulo VI já tinham sido reveladas pelo próprio Jesus à vidente Rosa Quatrini, em San Damiano, Itália (aparição abordada também neste nosso estudo):

“Meu pobre filho (o papa Paulo VI) é prisioneiro de Satanás, cuja autoridade dita as leis no Vaticano, hoje transformado num covil do demônio. O meu representante é a sua vítima, a ponto de dispensarem a opinião do papa ao publicarem decretos, dizendo terem sido assinados por ele. O supremo pastor da Igreja é refém do marxismo e da franco-maçonaria. 
É mártir desta Igreja que súditos infames querem deitar abaixo. Em breve, porém, conhecerão o poder do Senhor. Esmagarei essas víboras enrodilhadas nas colunas do templo que sustentam a obra por mim construída ao preço do meu sangue. Todos eles vão morrer nos seus crimes e planos inconfessáveis. Depois de limpar esta podridão, Deus será finalmente servido por seu povo fiel, que terá encontrado a paz e a alegria de viver, seguindo minha doutrina. Minha filha, o que te ordeno escrever é chocante, mas necessário. Conheço tua provação e teu medo. Mas ninguém tocará em ti... Eu bem que gostaria de salvar a todos, apesar de seus graves desvios. Entrentanto, a maior parte deles recusará nossos apelos. Morrerão no seu orgulho e irreligião”. (5)

As denúncias de Maria Santíssima, em Bayside, foram tão incisivas que o reconhecido mariólogo René Laurentin concluiu que tal aparição não poderia ser verdadeira:

“No Vaticano está sendo tramada uma conspiração... Rezai muito pelo papa Paulo VI, que sofre cada vez mais nas mãos de seus inimigos. Ele é prisioneiro no Vaticano.

“Agora tudo está pronto para a capitulação total da Igreja, nas mãos do grupo que dirige a Sinagoga de Satanás (expressão usada em Ap. 2,9 e 3,9, referindo-se aos falsos judeus). O papa é, na verdade, um prisioneiro em sua própria morada”.

“Ao redor dele, os inimigos preparam sua queda. Através dos meios de informação —vossos jornais, vossas emissoras de rádio e este agente chamado de televisão— os inimigos conseguirão imprimir graves erros, entrevistas falsas, conceitos errôneos e mentiras”.

A Mãe de Jesus, com inexprimível veemência, prediz que, depois da morte de Paulo VI:

“A Igreja passará por grandes provações. Haverá bispo contra bispo, cardeal contra cardeal, e Satanás no meio deles. Meus avisos em Fátima foram postos de lado e agora rejeitados”.

E confirmando a tese de muitos estudiosos sérios, tanto eclesiásticos quanto independentes, a própria Virgem confirma que essa infiltração no Vaticano tem em vista a instauração de um governo único mundial, sob o comando do anticristo:

“No vosso país (EUA) existe um homem que se esconde atrás de uma máscara. Mas, em breve, irá se revelar. Ele tem nas mãos todos os poderes econômicos do mundo para estabelecer um governo único na terra”.

E em outras ocasiões, novamente denunciou:

“Existe um grupo de planejadores que pretendem implantar uma república universal. Seu propósito consiste em eliminar lentamente a verdadeira Igreja de Jesus”.

“Agora vou revelar-te um segredo: este homem procurará copiar o meu Filho. Convencerá a muitos de que ele é o Messias... Este erro, já aceito por vós na terra, deriva do humanismo, da falsa fraternidade, do modernismo, tudo dissimulado pela malícia de Satanás”. (6)

Verdadeiramente, essas comprometedoras afirmações alegadas à Virgem Santíssima através de Veronica Lueken ainda são interpretadas por muitos 
apenas mera histeria de uma beata fanática e desrespeitosa. Mas isso se não houvesse inquitantes indícios de um possível impostor realmente ocupando (ou autando como dublê em determinadas ocasiões) o lugar daquele que recebeu o primado das mãos do próprio Senhor.


Certamente jamais saberemos o que realmente ocorreu neste obscuro período da Igreja. Muito menos o que ainda pode estar ocorrendo atualmente... Apenas sabemos que Cristo e Sua Igreja triunfarão definitivamente, como sempre vêm triunfando nesses dois mil anos.


À esquerda: Cardeal Jean-Marie Villot, ao centro o Cardeal Giovanni Benelli e Cardeal Agostino Casaroli. Em 27 de setembro de 1975, Nossa Senhora das Rosas mencionou esses três prelados por seus nomes, acusando-os de agentes do mal infiltrados em Roma para estabelecer completamente o reino do anticristo na sede da Igreja de Cristo. Os nomes de Villot e Casaroli figuravam na lista dos prelados maçons divulgada por Pecorelli.

"Há um plano para destruir vossos filhos com drogas, usando vossos sistemas escolares, vossos meios de comunicação..."

Sobre a existência e as intenções satânicas dos Illuminati:
"Há um grupo nos Estados Unidos e em todo o mundo… chamam a si mesmo os Iluminados, proveniente da palavra ‘portador de luz’. Naturalmente, filhos Meus, esta luz que eles levam representa Lúcifer, e como tais, eles vão através do mundo secretamente como luciferianos. Eles têm traído a vossa nação, os Estados Unidos e o Canadá. Um grupo de prática de bruxaria. Eles traçaram muito bem seu plano para destruir vossos filhos com drogas, usando vossos sistemas escolares, vossos meios de comunicação...”
(Nossa Senhora das Rosas, Auxílio das Mães, 25 de novembro de 1978).

Do centro do paganismo do mundo, alertando sobre bruxaria, paganismo e degradação moral, Nossa Senhora das Rosas disse:

"Recordai os Mandamentos de vosso Deus: ‘ Eu,’ diz o Senhor, ‘Eu sou vosso Deus; não tereis falsos deuses diante de vós.’ E quem são estes deuses estranhos da Maçonaria e da bruxaria? Isis! 
Filhos Meus, o homem aceitou a deuses da natureza! Haveis vos convertido em pagãos! vós rechaçais a vosso Deus e Pai, vós rechaçais a Trindade, e haveis experimentado e queimado vossos dedos no desconhecido, na obscuridade do satanismo.”
(Nossa Senhora das Rosas, Auxílio das Mães, 1 de novembro de 1977)

"Durante muitos anos este monstro (o Inimigo de Cristo) esteve escondido sob o disfarce de sociedades secretas. Filha Minha e filhos Meus, o oculto deve ser banido de vosso país!... Satanás tem uma vantagem, filhos Meus. Ele convenceu a muitos de que não está ali, nem ao redor, nem sequer que ele existe! Ele convenceu a muitos que é apenas um mito!"
(Nossa Senhora das Rosas, Auxílio das Mães, 31 de dezembro de 1977)

"Vossos filhos estão sendo criados para não conhecer pecado algum. Eles se comportam como pagãos adorando ídolos falsos, entregando-se a drogas destruidoras da mente, buscando prazeres que são abominações à carne humana!”
(Nossa Senhora das Rosas, Auxílio das Mães, 2 de outubro de 1975)

"Entristece-me muito como Mãe, porque verdadeiramente sou uma Mãe de grande dor – entristeço-me enquanto vejo Meus filhos sucumbindo às artimanhas de satanás, entregando-se às luxúrias da carne. Paganismo, lascívia, nudez – que será de vós e de vossos filhos? A menos que mantenhais pensamentos puros e santos em vossas mentes e mantenhais limpos vossos corpos, não podereis entrar no Reino dos Céus. Vosso corpo é o templo de vosso espírito eterno. Vossos olhos são o espelho de vossa alma! Por que buscais abominações e colocais abominações em vossos lares para destruir a alma de vossos filhos? Por que não tendes os monumentos (imagens) de vosso Deus? Todos os que mantiverem os monumentos em vosso lares serão salvos.”
(Nossa Senhora das Rosas, Auxílio das Mães, 25 de julho de 1974)

“Levai vosso crucifixo com orgulho em vossos pescoços. Estais envergonhados em dar a conhecer que estais com Meu Filho?”
(Nossa Senhora das Rosas, Auxílio das Mães, 6 de outubro de 1974)

Sobre a família e a responsabilidades dos pais sobre os filhos, Nossa Senhora das Rosas falou sobre disciplina rígida e alertou que a responsabilidade da salvação das almas dos filhos recai sobre os pais:

“Vossos filhos, que será de vossos filhos? Que classe de exemplo permitis seja dado a vossos filhos? Mães e pais de família, tendes agora que exercer disciplina rígida em vossos lares.
Como pais de família, tendes obrigação de proteger as almas de vossos filhos, não dependais, nem espereis que vossos pastores ou vossos mestres nas escolas protejam e construam as defesas para vossos filhos em contra ataque ao mal. Como pais de família, a completa responsabilidade pela salvação das almas de vossos filhos recai sobre vós.”
(Nossa Senhora das Rosas, Auxílio das Mães, 18 de março de 1977)

Sobre os tempos previstos e o triunfo final de Cristo e de Sua Igreja:

“O homem fez do pecado um modo de vida, e o pecado é loucura. Os jovens, homens e mulheres, e as crianças, são as principais vítimas atuais de seus maiores, mas ai! Ai, dos pais de família pela falta de disciplina. Ai! Dos pais de família que não protegem bem as almas de vossos filhos; por que Vos digo, estas mesmas criaturas se voltarão contra vós. Será o pai contra o filho, mãe contra filha, discórdia nos lares. A maior força para os pais de família em vossa chamada civilização moderna é o conhecimento que o triunfo eventual sobre este mal será do Céu. Ainda assim Minha Igreja sairá desta batalha purificada.”
(Aparição de Jesus à Veronica, em 15 de março de 1978)

Em 18 de junho de 1986, durante a vigília de orações, mil e quinhentas pessoas foram testemunhas do “milagre do sol” que girou exatamente como ocorrido no episódio de Fátima.
Há fotografias desse fenômeno, tiradas em máquinas Polaroid 600 (que são reveladas instantaneamente e não permitem retoques).
Essas fotos foram examinadas nos próprios laboratórios Polaroid que comprovaram a inexistência de fraude. (8)

Um desses sinais foram os dizeres que ficaram impressos no filme de uma Polaroid, durante a aparição de 14 de setembro de 1971 à vidente Veronica Lueken. Em lugar da estátua da Virgem, motivo da fotografia, apareceu uma espécie de mensagem telegráfica luminosa, referente à carta de Jacinta, pastorinha de Fátima.

Nessa carta, a menina, já doente e pouco antes de morrer, em 1920, entrega à religiosa Irmã Godinho. Essa mesma carta foi enviada ao papa Pio XII, em 1954, e continha os seguintes e inquietantes dizeres:

“As irmãs de sua Ordem (clarissas) devem manter-se unidas ao Vaticano e preparar-se para 1972, já que neste ano os pecados de impureza, a vaidade e o luxo desenfreado atrairão sobre o mundo grandes castigos. Mas logo virá o triunfo de Nosso Senhor”. (9)
Por fim, diante de todas esses sombrios vaticínios, a Virgem Santíssima apela para nossa responsabilidade como apóstolos dos últimos tempos:

“A quem muito foi dado, muito será cobrado. Não podeis ficar sentados, sorrindo, sem considerar o que se passa ao vosso lado. Deveis trabalhar no mundo, sem vos retirardes dele. Ninguém pode contentar-se apenas com a própria salvação” (27/09/1996).(10)

Foto sobrenatural tirada durante a aparição de 14 de dezembro de 1971 à vidente Veronica Lueken em máquina Polaroid (que não permite adulteração). "Jacinta 1972", refere-se a uma carta escrita pela vidente de Fátima, Jacinta Marto, pouco antes de morrer, que foi entregue à madre Godinho e cujos dizeres eram os seguintes: “As irmãs de sua Ordem (clarissas) devem manter-se unidas ao Vaticano e preparar-se para 1972, já que neste ano os pecados de impureza, a vaidade e o luxo desenfreado atrairão sobre o mundo grandes castigos. Mas logo virá o triunfo de Nosso Senhor”. Neste mesmo ano, no dia 29 de junho de 1972 que o bom papa Paulo VI proferiu a enigmática frase: "Por uma fresta, a fumaça de satanás adentrou o templo de Deus". Ainda assim, Nosso Senhor promete estar com Sua Igreja até o final dos tempos e ela permanecerá intacta.


Obs: a aparição de Bayside jamais foi aceita pela Igreja. Não houve sequer a instauração de uma comissão de investigação. Ao contrário, o Monsenhor J. Emmett McDonald, ex-pároco da igreja de São Roberto Belarmino, mostrou-se irritado com todo o episódio, chegando a dissuadir os fiéis num programa de televisão. Disse que as aparições e suas mensagens eram “produto de uma imaginação fértil”. Declaração que nem de leve abalou a convicção e o afluxo de peregrinos. Veronica, por sua vez, com a pertinaz firmeza e sinceridade dos videntes de Maria, jamais se retratou, pagando um preço muito alto por isso.


Fontes:
1 - EWTN, Global Catholic Network. http://www.ewtn.com/Library/NEWAGE/MUGABAY.TXT - acesso 3m 10/03/2009.
1 -“E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas, para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome. Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis” (Ap 13, 16-18)
2 - KOLBERG, Theodor; 'Der Betrug des Jahrhunderts', The Deception of the Century,
Ernsbergerstrasse 19, 8000 Münich 60, Germany, November 1977.
3 - SWANN, Ingo. pp. 333-345.
4 - Cf. no livro Our Lady of the Roses, Mary help of mothers: a book about the heavently apparitions to Veronica Lueken at Bayside. New York(sem autor. Lansing, Mich., 1981) e também no website Virgin Mary's End-Times Prophecies, em www.tldm.org.
5 - CESCA. op. cit. p. 80.
6 - CESCA. op. cit. pp. 80-81.
7 - SWANN, Ingo. op. cit. p. 336.
8 - Cf. Our Lady of the Roses, Mary Help of mothers: a book about the heavenly appartitions to Veronica Lueken at Bayside. New York (sem autor), Lansing, Mich., 1970.
9 - CESCA. op. cit.
10 - CESCA. op. cit. p. 84.
11 - 45.- MENSAGEM DE MARIA SANTÍSSIMA EM BAYSIDE, QUEENS, NEW YORK, ESTADOS UNIDOS (1970) Mensagens de Maria Santíssima e o último embate entre Igreja x anti-Igreja
http://www.mensagensdemaria.org/VerMensagensDeMaria.php?codigo_artigo=52



FONTE: 
http://nossasenhorademedjugorje.blogspot.com/2010/12/mensagens-de-maria-santissima-em.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.