22 de dez de 2011

As maravilhas do Natal

“Os profetas anunciaram suas maravilhas e milhares o adoraram”.

Natal é tempo de profunda reflexão, solidariedade, reconciliação, é a festa da família, de confraternização, de amor, paz, felicidade, de fé e esperança para o próximo ano de saúde e prosperidade para toda humanidade.

Os profetas anunciaram o nascimento de Jesus Cristo: “Porque um menino nos nasceu, um filho nos foi dado, ele recebeu o poder sobre seus ombros, e lhe foi dado este nome: Conselheiro – Maravilhoso, Deus – Forte, Pai – Eterno e Príncipe – Da – Paz” (Is 9,5).

“Mas tu, (Belém), Éfrata, embora o menor dos clãs de Judá, de ti sairá para mim aquele que será dominador em Israel” (Mq 5,1).
As maravilhas do Natal são fatos que mudaram a história da humanidade.
Nada na História do Mundo foi tão importante do que o maravilhoso nascimento de Redentor dos homens.

Vejamos as incalculáveis maravilhas do Santo Natal:

1. Nosso Senhor Jesus Cristo nasceu para salvar o povo dos seus pecados
(Mt 1,21; Lc 2,30 – 32; 19,10; Jo 3,17).

2. Para instaurar o Reino de Deus (Mt 4,17). Apresentar a sua ação na linha das manifestações do reinado messiânico escatológico, anunciado pelos profetas (Is 61,1-3; Mt 4,23: Lc 4,17-19; 9,27), “Jesus reinará na casa de Jacó para sempre, e o seu reinado não terá fim” (Lc 1,33).

3. Libertar o ser humano de toda injustiça e tirar-lo das trevas para a maravilhosa luz (Lc 4,18. 19; At 26,17. 18; Cl 1,13).

4. Desfazer as obras do diabo (Lc 11,21. 22; Jo 12, 31; I Jo 3,8).

5. Destruir a morte e nos dar moradas eternas ao lado do Pai (1 Cor 15, 26; 1 Tm 1, 10; Hb 2, 14; Lc 24, 43; Jo 14.1-6).

O nascimento de Jesus Cristo trouxe a graça salvadora, o brilho da vida e a nossa imortalidade pelo seu evangelho (1 Tm 1, 9. 10).

O Natal é amor, porque Deus é amor (1 Jo 4, 8). É paz, porque Jesus é o Príncipe da Paz (Is 6, 9). É consolo e alegria, porque o Espírito Santo é o Consolador e alegria (Jo 14, 16; Gl 5, 22).
É a magistral comunhão trinitária que faz do Natal a verdadeira festa comunitária.

O fundamento do Santo Natal é nosso Senhor Jesus Cristo. Nada ofusca o brilho e o esplendor do Menino na manjedoura de Belém, seja: o Papai Noel; a Árvore de Natal; o Presépio; os banquetes e os presentes.

O Natal só é maravilhoso porque é o dia do nascimento do Menino Jesus. Este é o maior e o mais belo presente do bom Deus para todas as pessoas.

Você já recebeu esse glorioso presente?

Os Magos vieram do Oriente para adorar o Menino Jesus em Belém da Judéia e os pastores que estavam nos campos glorificaram e louvaram a Deus por esse tão grande acontecimento!

Você adora e louva a Jesus?

O cerne da reflexão do Natal parte da pessoa de Jesus Cristo.
Dele somos levados à consciência de trabalharmos por um mundo melhor: sem ódio, sem egoísmo, sem fome, sem violência e sem guerras.

Feliz Natal

E um abençoado Ano Novo.

Créditos à: Padre Inácio José do Vale, OSBM
E-mail: pe.inaciojose.osbm@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.