"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12

31 de ago de 2011

Informativo Cléofas- 31/08/2011

Informativo Cléofas, 31 de agosto de 2011 - Ano VI - Número 186

Notícias do Site Cléofas

+ Bento XVI anuncia lema da próxima JMJ 2013 no Rio

+ Bote fé! JMJ Rio-2013: é a nossa vez!

+ Concurso vai escolher o hino e o logo da JMJ 2013

+Bento XVI aos jovens: "Não tenham vergonha de Cristo"

+ Croácia comemora 600 anos do Milagre Eucarístico de Ludbreg

+ MDV denuncia: Senado brasileiro recebe proposta de legalização do aborto

+ 2ª Jornada de Bioética da Diocese de Lorena

Conheça também o documento da Igreja:

+ Concílio Vaticano II - Dei Verbum, sobre a Revelação Divina - Parte 1

+ Concílio Vaticano II - Dei Verbum, sobre a Revelação Divina - Parte 2

O programa Escola da Fé, é exibido toda quinta-feira às 20h40 na TV Canção Nova (Link)


Para Meditar...

O poder das nossas palavras

Um dos mais excelentes dons que Deus nos deu foi a palavra. Alguém já disse que elas são mais poderosas que os canhões. De fato, um canhão pode ser aprisionado, mas aprisionar a palavra não será possível. Como tudo o que Deus fez, também a palavra é bela, construtora do bem e da paz; encanta os corações e as mentes; contudo, mal empregada pode ser muito destruidora.

Através dela geramos grandes amizades, elevamos o ânimo abatido do irmão que sofre, despertamos forças adormecidas; mas também, podemos destruir a honra e a imagem do outro, sufoca-lo até a asfixia de suas forças e podemos gerar a guerra. É incrível o poder da palavra! Ela leva consigo o próprio espírito e poder da pessoa que a comunica. Jesus disse que: "A boca fala daquilo que está cheio o coração" (Lc 6,45). Se você só pensa em política, você fala de política. Se você só pensa em dinheiro e em negócios, você também só fala de dinheiro e de negócios. Se você pensa em Deus, gosta de falar de Deus... e assim por diante. Se o seu coração estiver em paz; vivendo na mansidão, na humildade, cheio de misericórdia, também as suas palavras transmitirão essas virtudes. Mas se o seu coração for exaltado, rebelde, violento, cheio de ódio... cuidado com as suas palavras, elas transmitirão o seu espírito. As palavras "mostram" o coração.

+Leia mais


Pergunte e Responderemos

Como lidar com a infertilidade?

Em primeiro lugar é preciso buscar os recursos da medicina. Há muitas causas que podem gerar a infertilidade. Para o homem pode ser, por exemplo, um problema hormonal: nível baixo dos hormônios testosterona ou prolactina; isto pode ser detectado por exames em uma consulta com um endocrinologista.   Também a varicoceli pode causar infertilidade no homem; bem como o baixo número de espermatozóides (hipoespermia); um exame pedido pelo urologista pode detectar a contagem, qualidade e motricidade dos mesmos.

Em relação à mulher, ela deve consultar um ginecologista e endocrinologista; pois qualquer glândula com a sua função desequilibrada na mulher pode levá-la à infertilidade. Assim, os ovários, as suprarrenais, tireóides, hipófise, etc., precisam ser examinadas. Além disso, pode haver problemas uterinos como miomas, pólipo, endometriose, que podem ser resolvidos em muitos casos com cirurgia. Há além disso as más formações congênitas que podem impedir a fertilidade.

Alguns médicos também apontam o fator psicológico da mulher, às vezes a ansiedade em querer engravidar pode dificultar a gravidez; não são poucos os casos de mulheres que conseguiram engravidar após a adoção de uma criança... Para esse tipo de problema recomenda-se um acompanhamento psicológico.


 

Blog do Prof. Felipe Aquino

Não aceite soluções fáceis...

 
 

Há sempre duas maneiras de solucionar um problema

Muitos erros e sofrimentos acontecem porque queremos dar soluções facéis e rápidas para problemas difíceis; o que é um grave erro que causa sérios problemas.

Quanto mais difícil o problema, tanto mais difícil será a sua solução, pois não há solução fácil quando o problema é difícil.
Na vida também é assim, não há solução fácil, cômoda, rápida e barata para os problemas difíceis. Mas, infelizmente, no campo do comportamento estamos cheios de “soluções fáceis”, que, em vez de solucionarem os problemas, os tornam ainda mais graves.

Há sempre duas maneiras de solucionar um problema: a primeira será “fácil”: improvisada, rápida, cômoda, sem sacrifícios e, muitas vezes, imoral. A segunda será “difícil”: demorada, planejada, árdua e dispendiosa. A segunda maneira de se resolver um problema será eficaz e duradoura; a primeira, inócua e falsa. Não se arrisque.

+Leia mais


Livro da Semana

OS ANJOS

Com as 7 Catequeses do Papa João Paulo II sobre os anjos     

A onda de misticismo que atravessa o mundo, faz com que as pessoas busquem também nos Anjos o socorro para os seus males.

Ao lado do que há de bom nisto, há também uma mistura de crenças que não estão de acordo com o que ensina a Igreja Católica sobre os seres puramente espirituais.
Uns negam a sua existência e outros exageram o seu papel na vida da Igreja e dos cristãos.

Este livro sobre os Anjos, em poucas páginas, apresenta o que a Igreja Católica ensina sobre esses seres espirituais maravilhosos, com base no que diz o Sagrado Magistério da Igreja, a Sagrada Escritura e a Sagrada Tradição, passando pela Liturgia.

Para dar consistência absoluta a esses ensinamentos, traz as sete indispensáveis Catequeses sobre os Anjos, que o Papa João II proferiu em 1986, e a memorável Alocução do Papa Paulo VI – Livrai-nos do Mal – sobre o demônio, a fim de que se dissipem todos os erros sobre os anjos maus.


Ficha Técnica
Editora: Cléofas
ISBN: 978-85-88158-69-6
Ano: 2010
Edição: 6
Número de páginas: 160
Idioma: Português (BR)
Acabamento: Brochura
Formato: 14x21 cm

 


* Caso não deseje mais receber a newsletter, entre em contato e escolha o assunto "Newsletter - REMOVER".
Lançamento



Os Dogmas da Fé

14x21 cm - 392 páginas


Shopping Cléofas



Aborto?Nunca!
14x21 cm - 248 páginas



Histórias para Meditar
14x21 cm - 168 páginas



As sete palavras de Cristo na Cruz
14x21 cm - 104 páginas


_______________________________

 

 


© 2011 - Editora Cléofas

Vote urgente! É só até hoje!!!


VAMOS VOTAR LOGO, QUEM SABE ASSIM AS COISAS POSSAM MUDAR, POIS A OPINIÃO PUBLICA É MUITO IMPORTANTE, EU JÁ VOTEI.
 INFELIZMENTE ISSO NINGUEM DIVULGA, A VOTAÇÃO SE ENCERRA HOJE 31/08/2011.
Amigo, tem uma enquete no site do senado: senado.gov.br/noticias/DataSenado/ (fica
na parte superior do site, à direita, bem pequena)
pesquisando a opinião pública sobre um projeto de lei
que busca colocar a corrupção no rol dos crimes hediondos.
Até agora 99% dos votos foram 'a favor', mas foram apenas 27.000
votos. Vamos convocar os amigos internautas para uma
avalanche em favor tipificação da corrupção como
crime hediondo!! OBS - A enquete termina dia 31/08!
Ajudem a divulgar, vamos nos mobilizar!

Menino americano diz ter estado no Céu


A história do menino americano Colton Burpo que disse ter estado no céu quando ficou em coma depois de uma operação de apendicite virou livro e motivo de polêmica nos programas de TV.
Colton está hoje com 11 anos, mas foi aos 4 que ele passou por essa experiência.


Colton as 4 anos
Os pais dele contam que suas lembranças vieram aos poucos e, entre elas, Colton citou o encontro que teve com o bisavô por parte de pai que ele nunca conhecera. Descreveu-o como um ser iluminado, de cabelos encaracolados e asas enormes. Disse que ele perguntou por seu pai e contou várias histórias de família.
Outro detalhe considerado impressionante foi quando Colton narrou o momento em que uma menina aproximou-se dele dizendo-se sua irmã. Ela confidenciou ao menino que não chegara a nascer e não tivera um nome na terra, mas que estava muito feliz em conhecê-lo pessoalmente já que o via apenas à distância.
Quando Colton contou essa passagem aos pais, os dois se emocionaram e chegaram a chorar. A mãe do garoto havia realmente perdido um bebê de forma natural, sem nem mesmo saber o sexo, e combinou com o marido nunca revelar isso a ninguém pois a perda havia doído muito. Portanto, Colton não sabia do ocorrido pois nem era nascido.
É aí que o mistério começa a aumentar.
Depois desses dois momentos, que chegaram a abalar as concepções religiosas da família, Colton contou outros detalhes intrigantes sobre a viagem que ele descreve como uma ida ao paraíso. Disse que naquele lugar, onde tudo é mais brilhante e colorido, as pessoas vestem-se com roupas luminosas e vaporosas, não usam óculos e parecem sempre jovens, felizes e sorridentes.
Numa outra lembrança, Colton disse que esteve sentado no colo de Jesus, e este lhe dissera que ele teria a missão de levar uma mensagem de esperança ao mundo. Ao mesmo tempo Colton revelou que ao lado de Jesus estava também João Batista, que sorriu para ele e o abençoou.
Além de todas essas revelações outras não menos desconcertantes estão no livro de Colton, “Heaven is for real” (O céu é real, em tradução livre) , que já virou best-seller desde novembro de 2010 quando foi lançado. Já vendeu quase dois milhões de cópias nos Estados Unidos e já há pedidos para ser traduzido em outros idiomas.
Ao divulgar suas lembranças aos pais, Colton não sabia o quanto estaria deixando-os intrigados, assim como a todas as pessoas que tomaram conhecimento do caso. A midia logo de interessou e Colton foi alvo de reportagens em sites, jornais, revistas e na TV. Ao ser entrevistado no programa Today, da rede NBC, ele deixou os apresentadores boquiabertos com sua naturalidade ao contar detalhes de sua “viagem”.
Os jornalistas começaram a entrevista entre curiosos e incrédulos, e acabaram completamente emocionados e convencidos de que Colton estava realmente falando a verdade. Comentaram que o menino já fora ouvido por especialistas, psicólogos e médicos em geral para uma investigação mais detalhada do assunto. A conclusão foi surpreendente. Nenhum desses profissionais soube dar uma explicação científica sobre o que ocorrera com o menino.
Para deixar as pessoas ainda mais convictas Colton contou com firmeza que viu, do alto do quarto onde estava sendo operado, os médicos correndo de um lado para o outro para tentar salvá-lo. Dali ele conseguiu ver também o pai falando ao telefone celular no corredor do hospital, preocupado e nervoso e a mãe chorando e rezando na capela. Segundo os pais de Colton, ele não poderia saber de tudo isso ao mesmo tempo, pois ninguém os viu nessa situação naquele momento de desespero quando Colton entrara em coma.
Bem, a história e a polêmica estão lançadas. Nessa viagem ao céu o menino Colton, um pré-adolescente normal, que faz tudo o que um menino da sua idade faz regularmente, disse que trouxe na bagagem uma mensagem de Deus.
Fonte: www.diretodaredacao.com e www.rainhamaria.com.br