16 de nov de 2011

Novidade no site Cléofas

Boa tarde!


Gostaríamos de informá-lo que partir de hoje estará disponível na página
inicial do site, alguns Podcasts. Por meio desta ferramenta você poderá
escutar breves e ricos comentários do Prof. Felipe Aquino e se aprofundar
ainda mais nos assuntos de nossa Igreja.

Acesse o link abaixo e confira:

+Família - Santuário da Vida :

http://www.cleofas.com.br/ver_conteudo.aspx?m=pod&cat=122&scat=196&id=5071


Fique com Deus!

Editora Cléofas

Informativo Cléofas - 16/11/2011*

Informativo Cléofas, 16 de novembro de 2011 - Ano VI - Número 196

Notícias do Site Cléofas

+Paris: cinco mil católicos marcham contra a cristianofobia

+A maconha e a invasão na USP

+Inverno demográfico e mito da superpopulação são debatidos

+Indulgência Plenária no Jubileu da Diocese de Lorena

+ Cultura da morte para resolver problemas da vida?

+ Um mapa da criminalidade global

+ Questões de vida e família permeiam todas as questões econômicas na crise mundial de dívida

+ Bioética: Igreja Católica rejeita estar em luta contra a ciência, diz responsável por congresso sobre células estaminais

+  Declaração Final do II Congresso Internacional pela Verdade e pela Vida

Conheça também o documento da Igreja:

+Exortação Apostólica pós-sinodal Verbum Domini do Papa Bento XVI (Parte 5)

+Exortação Apostólica pós-sinodal Verbum Domini do Papa Bento XVI (Parte 6)

 

O programa Escola da Fé, é exibido toda quinta-feira às 20h40 na TV Canção Nova (Link)


Para Meditar...


Mando no meu coração?

O relacionamento de duas pessoas, sejam amigos, namorados ou casados, tem a sua base no amor mútuo, que une os dois e os faz crescer. Sem isto qualquer relacionamento cai no vazio.

Amar é construir o outro; faze-lo feliz, faze-lo crescer como pessoa; mas, para isto é preciso possuir-se; ser senhor de si mesmo; porque para amar alguém é preciso saber renunciar-se. E só pode renunciar-se a si mesmo quem aprendeu a se dominar.  As pessoas transformam o amor em egoísmo porque não têm o domínio de si mesmas, por isso não conseguem amar.

Saiba que a grande crise do homem moderno é que ele dominou o macrocosmo  das estrelas e o microcosmo das bactérias e dos átomos, mas perdeu o domínio  de si mesmo; por isso não consegue amar de verdade; continua muito egoísta.

Para que você possa amar de verdade, como Deus quer, é preciso que você caminhe "de pé", isto é, respeitando a primazia dos valores: em cima, o espírito; abaixo o racional; e mais abaixo o físico. Assim você terá o controle e o comando dos seus atos  e de sua vida.

+Leia mais

 

 


Pergunte e Responderemos

Por que os Papas escolhem novos nomes?

 

Eleito em 13 de agosto de 523, São João I foi o primeiro Papa a mudar de nome

Pio XII, Leão XIII, João Paulo II, Bento XVI... O que significam esses nomes? Por que ao serem eleitos, os Papas assumem outros nomes?

Atendendo ao pedido de uma internauta, o noticias.cancaonova.com entrevistou o professor Felipe Aquino para entender melhor esse assunto.

Professor Aquino conta que a tradição da troca de nomes surgiu com o Papa João I, no século VI, o qual se chamava Minerva, que era o nome de um deus pagão. A partir daí, os papas passaram a mudar de nome. Mas a mudança de nome tem também um significado. Na Bíblia, quando Deus muda o nome de alguém, Ele está dando-lhe uma função especial
. (...)

+Leia mais


 

 

Blog do Prof. Felipe Aquino

 

Ninguém pode ser feliz se não for amado

Amar é construir alguém querido

O amor gera a vida; o egoísmo produz a morte. A psicologia mostra hoje com toda clareza que as graves perversões morais têm quase sempre como causa principal uma ‘frustração de amor’. Os jovens se encaminham para as drogas, para o sexo vazio, para o alcoolismo e para tantas violências, porque são carentes de amor, ‘desnutridos’ de amor.  A pior anemia é a do amor. Leva à morte do espírito. Ninguém pode ser feliz se não for amado; se não fizer uma experiência de amor.

Se isso é importante na infância e na adolescência, também na vida conjugal isso é verdade. E esse ‘amor conjugal’ começa a ser aprendido e treinado no namoro. Na longa viagem da vida conjugal, que começa no namoro, você precisa levar a bagagem do amor. Você amará de verdade o seu namorado não só porque ele é simpático, bonito ou porque é um atleta, mas porque você quer o bem dele e quer ajudá-lo a ser ainda melhor com a sua ajuda.

Muitas vezes, você quis e procurou uma namorada perfeita, ou um rapaz ideal, mas saiba que isso não existe. A primeira exigência do amor é aceitar o outro como ele é, com todas as suas qualidades e defeitos. Só assim você poderá ajudá-lo a crescer, amando-o como ele é.(...)

+Leia mais


Livro da Semana

NÃO VOS CONFORMEIS COM ESTE MUNDO!


NUNCA FOI TÃO DIFÍCIL como hoje defender Cristo, o Evangelho e a Sua Santa Igreja, pois o chamado “politicamente correto” é exatamente uma vivência de valores anticristãos (aprovação de casamentos gays, aborto, pílula abortiva do dia seguinte, eutanásia, bebê de proveta, manipulação genética de embriões, “produção independente” de filhos sem casamento, etc.). Campeia a imoralidade no meio de nós; o pecado é chamado de virtude e o vício é legalizado como um bem.

COMO UM ROLO COMPRESSOR movido pela mídia, os falsos valores vão invadindo os nossos lares e escolas, criando uma cultura neo-pagã e anticristã, deformando a educação das crianças e dos jovens. É preciso com coragem combater tudo isto por amor a Deus e ao homem. Este é o drama que você vai ver se desenrolar neste livro.


Ficha Técnica
ISBN: 978-85-88158-30-6
Ano: 2007
Edição: 2
Número de páginas: 232
Idioma: Português BR
Acabamento: Brochura
Formato: 14×21 cm

 


 


* Caso não deseje mais receber a newsletter, entre em contato e escolha o assunto "Newsletter - REMOVER".
Lançamentos



Por que confessar? Como confessar?

11x18 cm - 88 páginas

Como preparar-se bem para comungar
11x18 cm - 136 páginas



Shopping Cléofas



Para entender a Inquisição
16x23 cm - 304 páginas



Uma História que não é contada
16x23 cm - 272 páginas

A Igreja
14x21 cm - 216 páginas


_______________________________

 

 


© 2011 - Editora Cléofas

 

ATO DE REPULSA

Um motorista do Senado ganha mais para dirigir um automóvel do que um oficial da Marinha para comandar uma fragata !


- Um ascensorista da Câmara Federal ganha mais para servir os elevadores da casa do que um oficial da Força Aérea que pilota um Mirage.


- Um diretor que é responsável pela garagem do Senado ganha mais que um oficial-general do Exército que comanda uma Região Militar ou uma grande fração do Exército.


- Um diretor sem diretoria do Senado, cujo título é só para justificar o salário, ganha o dobro do que ganha um professor universitário federal concursado, com mestrado, doutorado e prestígio internacional.


- Um assessor de 3º nível de um deputado, que também tem esse título para justificar seus ganhos,  mas que não passa de um "aspone" ou um mero estafeta de correspondências, ganha mais que um cientista-pesquisador da Fundação Instituto Oswaldo Cruz, com muitos anos de formado, que dedica o seu tempo buscando curas e vacinas para salvar vidas.


- O SUS paga a um médico, por uma cirurgia cardíaca com abertura de peito, a importância de R$ 70,00, equivalente ao que uma diarista cobra para fazer a faxina num apartamento de dois quartos.



PRECISAMOS URGENTEMENTE DE UM CHOQUE DE MORALIDADE NOS TRÊS PODERES DA UNIÃO,  ESTADOS E MUNICÍPIOS, ACABANDO COM OS OPORTUNISMOS E CABIDES DE EMPREGO.

OS RESULTADOS NÃO JUSTIFICAM O ATUAL NÚMERO DE SENADORES, DEPUTADOS FEDERAIS, ESTADUAIS E VEREADORES.

TEMOS QUE DAR FIM A ESSES "CURRAIS" ELEITORAIS, QUE TRANSFORMARAM O BRASIL NUMA OLIGARQUIA SEM ESCRÚPULOS, ONDE OS NEGÓCIOS PÚBLICOS SÃO GERIDOS PELA “BRASILIENSE COSA NOSTRA”.

O PAÍS DO FUTURO JAMAIS CHEGARÁ A ELE SEM QUE HAJA RESPONSABILIDADE SOCIAL E COM OS  GASTOS PÚBLICOS.

JÁ PERDEMOS A CAPACIDADE DE NOS INDIGNAR.
PORÉM, O PIOR É ACEITARMOS ESSAS COISAS, COMO SE TIVESSE QUE SER ASSIM MESMO,  OU QUE NADA TEM MAIS JEITO.

VALE A PENA TENTAR.

PARTICIPE DESTE ATO DE REPULSA.

14 de nov de 2011

Que a missão saiba responder às exigências do mundo de hoje


Prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos: que a missão saiba responder às exigências do mundo de hoje
◊   Cidade do Vaticano (Rádio Vaticano) - "A Universidade Urbaniana tem como finalidade preparar e formar culturalmente o missionário do amanhã. De fato, a evangelização não é teoria, mas praxe iluminada e aprofundada pela Palavra de Deus." Foi o que disse no início de sua conferência "Missão hoje: experiências e perspectivas", o Prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos e Grão-chanceler da Pontifícia Universidade Urbaniana de Roma, Dom Fernando Filoni.

Na inauguração do novo ano acadêmico da instituição pontifícia, Dom Filoni – que também presidiu a celebração eucarística – ressaltou a docentes e estudantes que a Igreja e o mundo missionário devem reler o evento cristão, a validade perene do Evangelho e da missão evangelizadora para contextualizá-la nos tempos modernos, porque existem novas emergências sobre as quais refletir para inserir-se como protagonistas nesta transição de época.

O Prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos ressaltou, em particular, a realidade nas quais hoje atua a Igreja, sem omitir que entre os problemas que lhe dizem respeito encontra-se também a tendência das Igrejas particulares de se "fecharem em si mesmas, preocupadas com suas necessidades e às presas com grandes desafios que a humanidade apresenta ao cristianismo".

Diante disso, a missão deve renovar a sua mentalidade e metodologia e deve ser um canteiro aberto, frisou.

O Arcebispo pediu aos docentes e estudantes que olhem para a humanidade considerando o aspecto multiétnico, multicultural e multirreligioso do mundo de hoje acrescentando que "a formação cultural teológica se dá em vista e em função do anúncio" e que para tal motivo "a teologia deve tornar-se teologia da missão, teologia do anúncio", mas que – como evidenciado na homilia da missa solene de inauguração do ano acadêmico – para isso é preciso também cultivar "silêncio e contemplação para sintonizar-se com o mistério de Deus, traduzir o conhecimento em amor, porque "não basta conhecer Deus", é também necessário "dar espaço às virtudes teologais da fé, da esperança e da caridade". (RL)

Bolo de sorvete e bolacha de chocolate recheada

Tipo de prato: Sobremesa
Preparo: Rápido (até 30 minutos)
Rendimento: 12 porções
Dificuldade: Fácil
Categoria: Sorvete
Calorias: 576 por porção



Ingredientes

. 1 pote de calda quente de chocolate para sorvete
. 2 litros de sorvete de creme
. 100ml de creme de leite fresco
. 2 colheres (sopa) de açúcar
. 2 pacotes de biscoitos tortinhas musse Bono de chocolate
Modo de preparo

No liquidificador triture um pacote de biscoito. Com a farofa que se formou, forre o fundo de uma fôrma de aro removível com 23cm de diâmetro. Pressione bem. Espalhe sobre essa base 1 xícara (chá) de calda quente de chocolate. Leve ao freezer por 15 minutos ou até endurecer a calda. Amoleça levemente um litro de sorvete e espalhe sobre a camada de calda. Faça bolas com o restante do sorvete e distribua sobre a camada de sorvete. Leve ao freezer até endurecer. Desenforme a torta e coloque os biscoitos restantes em volta. Bata a creme de leite com o açúcar, até dar ponto de chantilly. Coloque em um saco de confeitar com bico pitanga e decore a torta. Finalize com a calda restante e sirva logo em seguida.

Dica: Use o sorvete com sabor de sua preferência, assim como os biscoitos.

Fonte: Mdemulher/Culinária

12 de nov de 2011

Em Cássia/Itália - Padre Tiago Roney Sanxo













Santa dos Impossíveis e Advogada das Causas Perdidas. Exemplo de virtude em todos os estados de vida pelos quais passou. Sua intercessão é tão poderosa, que se tornou advogada de pessoas com problemas insolúveis

Dedicação e amor a Deus talvez sejam as qualidades que mais definam o caráter de Santa Rita de Cássia; essa mulher humaníssima agüentou como poucos a “tragédia da dor e da miséria, moral e social”.

Rita nasceu na Úmbria, bispado de Espoleto, em Roccaporena um pequeno povoado de Cásscia (Província de Perúgia) na Itália no dia 22 de maio de 1381.

Seus pais, Antonio Mancini e Amata Serri, ambos católicos praticantes, já eram de idade provavelmente casaram em 1339 e tiveram sua única filha, Rita, depois de mais de 40 anos de casados. Seu nascimento foi um grande milagre. Foi batizada, e recebeu a primeira Eucaristia na Igreja de Santa Maria dos Pobres, em Cássia.

Conta uma história que, certa vez, seus pais a levaram para o campo e, enquanto trabalhavam na roça em seus afazeres, deixaram a recém-nascida debaixo de uma árvore, na sombra num berço dormindo. Um enxame de abelhas brancas como a neve voou até a menina e girava em torno de seus lábios, como se fossem flores das mais perfumadas.

Um homem que passava por ali, e que tinha pouco antes ferido a mão, ao ver Rita e as abelhas, gritou assustado aos seus pais. As abelhas foram embora e o homem teve a mão curada naquele mesmo instante.

O CASAMENTO FORÇADO E INFELIZ

Foi num lar católico que Rita cresceu. Antonio e Amata a educaram na fé em casa, e a ensinaram a rezar. Desde a infância, ela demonstrou uma grande afeição a Nossa Senhora e a Jesus Crucificado.

Na adolescência os 12 anos, tinha um desejo intenso de consagrar-se a Deus na vida religiosa. Em Cássia havia um mosteiro das monjas agostinianas. Seus pais, porém, já idosos, queriam que ela se cassasse.

Seu temor a Deus e a obediência que mostrava ter aos seus pais a obrigaram renunciar ao seu desejo de se entregar a religião e se fechar em um convento, para aceitar abraçar o matrimônio com um jovem rapaz da religião, tido como violento daqueles que “não levava desaforo pra casa”, chamado Paulo Ferdinando.

Rita foi obediente, casou-se. Ele se embriagava com freqüência, brigava com os amigos e, chegando em casa, espancava Rita. Houve uma ocasião em que Rita esteve à beira da morte de tanto apanhar do marido.

Foram muitas as vezes em que Rita não foi à igreja porque Paulo Ferdinando a impediu de ir. Ela, contudo, rezava por ele diante do crucifixo, pedindo pela conversão.

Durante o seu matrimônio, Santa Rita de Cássia era uma mulher doce, preocupada com o bem-estar de seu marido. Mesmo consciente de seu caráter violento, sofria, mas rezava em silêncio, oferecia tudo a Deus.

A bondade de Santa Rita de Cássia era tão aparente que seu marido foi contagiado por ela. Passado um tempo, e perseverando Rita na oração pelo seu marido, Paulo Ferdinando caiu aos seus pés, pediu perdão a ela e a Deus, e mudou sua vida e seus costumes. Rita feliz, agradeceu a graça recebida.

Rita e Paulo Ferdinando tiveram dois filhos: Tiago Antonio e Paulo Maria. Ambos foram educados na fé por seus pais e, com Rita, constantemente saíam de casa para visitar os enfermos e os pobres.

11 de nov de 2011

Aborto Explora as Mulheres

Este vi­deo enternecedor mostra o testemunho de mulheres que passaram pela experiencia do aborto nos EUA, onde este e totalmente legal.
Faz parte da campanha Silent No More (www.SilentNoMoreAwareness.org)



Rezar é voltar para casa - Padre Tiago Roney Sanxo

Claustro do Mosteiro dos Jerônimos em Lisboa: que vontade de ser Monge lá e rezar a vida inteira até Jesus voltar!!

"Quando rezamos, falamos com Deus. Quando lemos a Sagra Escritura, Deus fala conosco." Santo Isidoro

"Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele"
(Apocalipse 3,19).


Para ouvir a Deus, precisamos do silêncio da oração!

Alguém já disse que rezar é colocar a alma de joelhos e quando alma fica de joelhos, Deus se levanta.

Quem reza tem um afrouxamento dos nós. Quem reza se sente menos só. Quem reza se conecta com o seu eu mais profundo e verdadeiro. Quem reza mata a infinita saudade de Deus.

Rezar é respirar. Rezar é escutar o que Deus nos diz. Rezar é perdoar a si mesmo. Rezar é vigiar. Rezar é apaziguar o espírito. Rezar é voltar para casa.

Deus te abençoe!!!

10 de nov de 2011

Anjos - Padre Tiago Roney Sanxo

Anjos da Guarda, são espíritos celestes a quem Deus confiou a guarda e proteção dos homens. A cada ser humano, desde a hora de seu nascimento, foi confiado um Anjo da Guarda, que o acompanhará até o dia de sua morte, protegendo e assistindo não só contra os perigos temporais, mas especialmente contra os perigos espirituais. Embora o homem moderno procure desmistificar sua existência ou a sua permanência ao lado do homem como fiel companheiro, há provas evidentes e indiscutíveis nas Sagradas Escrituras sobre o seu ofício divino.
Devemos ao Santo Anjo um afeto todo especial e temos por obrigação amá-lo, honrá-lo e invocá-lo, pois é um grande amigo que temos e que vê incessantemente a face de Deus que está no Céu. Do berço até o túmulo, o Anjo da guarda vela por nós, nos defende e desvia das ciladas do demônio.

Oração do Anjo de Portugal:

Meu Deus, eu creio, adoro, espero e amo-Vos.
Peço Vos perdão para os que não crêem, não adoram, não esperam e não Vos amam.

Santíssima Trindade, Pai, Filho, Espírito Santo, adoro-Vos profundamente e ofereço Vos o preciosíssimo Corpo, Sangue, Alma e Divindade de Jesus Cristo, presente em todos os sacrários da terra, em reparação dos ultrajes, sacrilégios e indiferenças com que ele mesmo é ofendido. E pelos méritos infinitos do Seu Santíssimo Coração e do Coração Imaculado de Maria, peço-Vos a conversão dos pobres pecadores.

Posso Viver? (Can I live) - Nick Cannon

O que você vai ver é um lindo relato pró-vida de um famoso cantor de rap americano, Nick Cannon. Se trata de um videoclip chamado "Can I live", "Posso viver", em português. O rapper narra um episódio verídico de sua vida, quando sua mãe, ainda grávida com 17 anos e 300 dólares na mão, procurou uma clínica de aborto decidida a abortá-lo. Nas cenas dirigidas pelo próprio cantor, Nick Cannon se mostra já adulto tentando entrar em contato com sua mãe momentos antes de praticar o aborto. É quando ela começa a sentir uma forte conexão com seu bebê e ganha forças para desistir de tudo.

"O aborto é um assassino silêncioso de muitos afro-americanos, afirma Day Gardner, diretor dos Negros Americanos pela Vida. A maioria das mulheres que decidem abortar suas crianças o fazem sem um conhecimento total das implicações morais, espirituais e físicas. Neste vídeo, elas podem ver que existe um esforço, bebês que foram quase abortados podem crescer e se tornarem cientistas, advogados, professores e até rappers".





9 de nov de 2011

Informativo Cléofas - 09/11/2011

Informativo Cléofas, 09 de novembro de 2011 - Ano VI - Número 195

Notícias do Site Cléofas

 

+Estatísticas da Igreja Católica

+Em Paris, protestos contra peça teatral na qual crianças atiram objetos em imagem de Jesus Cristo

+ Pessoas felizes reduzem risco de morte em até 35%

+México estuda legalizar o casamento com prazo para evitar gastos com divórcio

+    Perito norte-americano: não existem leis internacionais que garantam o aborto como direito

+ Casal espanhol "surpreso e abençoado" pela vocação religiosa de suas cinco filhas

+ Santuário acolhe Cruz dos Jovens e o ícone de Nossa Senhora na 3a. Romaria da Juventude

+ Rebeldes católicos desafiam bispos austríacos

+ Comunicado da Santa Sé: Reunião do Conselho especial para a América

Conheça também o documento da Igreja:

+Exortação Apostólica pós-sinodal Verbum Domini do Papa Bento XVI (Parte 3)

+Exortação Apostólica pós-sinodal Verbum Domini do Papa Bento XVI (Parte 4)

O programa Escola da Fé, é exibido toda quinta-feira às 20h40 na TV Canção Nova (Link)


Para Meditar...


Amizade verdadeira

 

Na guerra, um dos soldados disse ao seu superior:- Senhor, meu amigo ainda não regressou do campo de batalha. Solicito permissão para ir buscá-lo.

Permissão negada,  respondeu o oficial, não quero que você arrisque a vida por um homem que provavelmente está morto.

O soldado, desconsiderando a proibição, saiu, e uma hora mais tarde regressou mortalmente ferido, transportando o cadáver de seu amigo.
O oficial ficou furioso.

 Eu te disse que ele já estava morto! Agora, por causa da sua indisciplina, eu perdi dois homens!  Me diga, valeu a pena ir até lá para trazer um cadáver?
E o soldado, moribundo, respondeu:

 Claro que sim, Senhor! Quando eu encontrei o meu amigo, ele ainda estava vivo e pôde me dizer: "Eu tinha certeza que você viria!"

  (autor desconhecido)

Pensamento: "Amigo é aquele que chega quando todo mundo já se foi".

 


Pergunte e Responderemos

O que é incorrupção dos corpos?

 

Transcrevemos a seguir um interessante artigo do padre Oscar González Quevedo (Fonte: Lista "Reflexões" - www.veritatis.com.br) sobre corpos de santos que não se corromperam após a morte.

No livro do Eclesiastes, se lê esta frase: "Lembra-te que és pó. E ao pó retornarás". Além de lembrar ao homem sua condição perecível e transitória, esta sentença recorda a aniquilação física, a decomposição do organismo, após a morte. A realidade é constatada quase universalmente. Digo quase universalmente, por se darem exceções, embora raríssimas, de não decomposição física. Exceção esta conhecida pelo nome de Incorrupção. A Incorrupção é a preservação do corpo humano da deteriorização que comumente afeta todo organismo poucos dias após a morte. É evidente que são excluídas as mumificações, as saponificações e outros processos químicos de preservação dos corpos dos mortos; pois seriam incorrupções artificiais.

O primeiro documento de autenticidade indiscutível que relata uma Incorrupção, data do século IV e é redigido por Paulino, secretário de Santo Ambrósio, Bispo de Milão: este documento é redigido em forma de carta dirigida ao Bispo de Hipona, Santo Agostinho. Paulino descreve o descobrimento feito por Ambrósio: "Por este tempo, ele (Ambrósio) encontrou o corpo do mártir Nazário que se encontrava enterrado num jardim fora da cidade de Milão; recolheu o corpo e o transladou para a Basílica dos Apóstolos. No túmulo foi encontrada a cabeça que fora decepada pelos inimigos, em perfeito estado, como se tivesse apenas sido colocada junto ao corpo, do qual emanava sangue vivo e uma fragrância que superava todos os perfumes". Tinham transcorrido 200 anos do martírio.
Mais preciso e mais digno de crédito é o relato de Eugippius acerca do corpo de São Severino, bispo de Noricum, morto em 482. Seis anos após sua morte, o corpo foi encontrado incorrupto.
(...)

+Leia mais


 

 

Blog do Prof. Felipe Aquino

 

Cultive as boas amizades

Uma amizade só é verdadeira se baseada na fidelidade

Não preciso falar aqui da importânica de cultivar as boas amizades para ser feliz. Milan Kundera diz que “toda amizade é uma aliança contra a adversidade, aliança sem a qual o ser humano ficaria desarmado contra seus inimigos. Os amigos recentes custam a perceber essa aliança, não valorizam ainda o que está sendo contraído. São amizades não testadas pelo tempo, não se sabe se enfrentarão com solidez as tempestades ou se serão varridos numa chuva de verão.”

A verdadeira amizade nos socorre quando menos esperamos! Podemos esquecer aquele com quem rimos muito, mas nunca nos esqueceremos daqueles com quem choramos. Os corações que as tristezas unem permanecem unidos para sempre.

Na prosperidade, os verdadeiros amigos esperam ser chamados; na adversidade, apresentam-se espontaneamente. A fortuna faz amigos. A desgraça prova se eles existem de fato. É preciso saber fazer e cultivar amizades. Isso depende de cada um de nós; antes de tudo, do nosso desprendimento e fidelidade ao outro. Para conquistar um amigo é preciso criar um “deserto” dentro de si, aceitando que o outro venha ocupá-lo..(...)

+Leia mais


Livro da Semana

A IGREJA


A Igreja é um projeto nascido no coração do Pai, prefigurada desde a origem do mundo, preparada na Antiga Aliança, instituída por Jesus Cristo, manifestada pelo Espírito Santo em Pentecostes; é o Corpo de Cristo, a Esposa do Cordeiro, o Templo do Espírito Santo, o Povo de Deus, enfim, o “Sacramento Universal da Salvação” e o mistério e sinal da íntima união dos homens com Deus (cf. Catecismo n. 759 a 797).

O pedido dos nossos Pastores neste novo milênio é para “Ser Igreja”. Antes de tudo, então, é preciso conhecê-la, sem o que não será possível amá-la e serví-la como convém. E ninguém melhor do que o próprio Papa para nos ensinar quem é esta Mãe que nos gera para a vida eterna.

Neste livro você tem 51 Catequeses que o Santo Padre ministrou sobre a Igreja, de maneira sistemática, completa e profunda. Beba desta autêntica eclesiologia.


Ficha Técnica
Editora: Cléofas
ISBN: 85-86283-15-0
Ano: 2004
Edição: 2
Número de páginas: 216
Idioma: Português (BR)
Acabamento: Brochura
Formato: 14x21 cm

 


 


* Caso não deseje mais receber a newsletter, entre em contato e escolha o assunto "Newsletter - REMOVER".
Lançamentos



Por que confessar? Como confessar?

11x18 cm - 88 páginas

Como preparar-se bem para comungar
11x18 cm - 136 páginas



Shopping Cléofas



A Moral Católica
14x21 cm - 200 páginas



A Intercessão e o culto dos santos
14x21 cm - 144 páginas


Ciência e Fé em harmonia
14x21 cm - 304 páginas


_______________________________

 

 


© 2011 - Editora Cléofas

</

Cidadão de Roma - Padre Tiago Roney Sanxo

Ó Roma Eterna, dos Mártires, dos Santos,
Ó Roma eterna, acolhe nossos cantos!
Glória no alto ao Deus de majestade,
Paz sobre a terra, justiça e caridade.

A ti corremos, Angélico Pastor,
Em ti nós vemos o Doce Redentor!
A voz de Pedro na tua o mundo escuta,
Conforto e escudo de quem combate e luta.
Não vencerão as portas do inferno,
Mas a verdade, o doce amor fraterno.

Salve, salve Roma,
É eterna a tua história,
Cantam-nos tua glória
Monumentos e altares.
Roma dos Apóstolos,
Mãe e Mestra da verdade,
Roma, toda a Cristandade,
O mundo espera em ti.

Salve, salve Roma,
O teu sol não tem poente,
Vence refulgente
Todo erro e todo mal.
Salve, Santo Padre,
Vivas tanto ou mais que Pedro!
Desça qual mel do rochedo
A bênção paternal.

8 de nov de 2011

Mãe Aparecida - Padre Tiago Roney Sanxo

Ó Maria Santíssima, que em vossa imagem querida de Aparecida, espalhais inúmeros benefícios sobre todo o Brasil, eu, embora indigno de pertencer ao número de vossos filhos e filhas, mas cheio do desejo de participar dos benefícios da vossa misericórdia, prostrado a vossos pés, consagro-vos o entendimento, para que sempre pense no amor que mereceis; consagro-vos a língua para que sempre vos louve e propague vossa devoção; consagro-vos o coração para que depois de Deus vos ame sobre todas as coisas.

Recebei-nos, ó Rainha incomparável, no ditoso número de vossos filhos e filhas, acolhei-nos debaixo de vossa proteção; socorrei-nos em nossas necessidades espirituais e temporais, e sobretudo na hora de nossa morte.

Abençoai-nos, ó Mãe Celestial, e com vossa poderosa intercessão fortalecei-nos em nossa fraqueza, a fim de que, servindo-vos fielmente nesta vida, possamos louvar-vos, amar-vos e render-vos graças no céu, por toda a eternidade. Assim seja.

7 de nov de 2011

China lança 'correio do amor' para tentar conter divórcios


O correio de Pequim, na China, criou um esquema para tentar ajudar a conter o número crescente de divórcios no país. Casais recém-casados estão sendo convidados a enviar cartas de amor lacradas que serão entregues aos destinatários no sétimo aniversário de seu casamento. A ideia é que casais pensando em divórcio recebam um lembrete oportuno sobre as razões que os uniram.
Os jovens Zhang Ying e Liu Cheng, de Pequim, estão prestes a se casar, mas querem se prevenir contra a "maldição dos sete anos". Então, a dupla planeja participar do esquema oferecido pelo correio de Pequim. Liu disse que o conteúdo da carta que escreveu para a futura esposa interessa apenas a ela. Zhang disse que pedirá ao futuro marido que "segure sua mão e envelheça com ela".
Atalho
Antes raro, o divórcio é hoje comum na China. Na última década, o número de casamentos fracassados dobrou no país. No ano passado, 1,96 milhão de casais pediram o divórcio, um aumento de 14,5% em relação a 2009. Como acontece em outros países, o fenômeno está sendo atribuído a aumentos na riqueza e nas liberdades individuais.
"Se você observa a indústria da moda, ela passou de Karl Marx a Karl Lagerfeld de um dia para o outro", disse Angelica Cheung, editora da revista Vogue China. "O que nós vivenciamos nos últimos dez anos foi equivalente ao que sociedades no Ocidente vivenciaram em 50 anos".
"As pessoas viam carros caros, casas caras e isso tinha um impacto sobre os casamentos. Mulheres jovens, em particular, achavam que (o casamento) seria um atalho para uma boa vida", acrescentou.
Antimulher
Muitas mulheres, entretanto, que acreditavam no casamento como atalho para boa vida agora têm mais um motivo para tentar evitar o divórcio. Tradicionalmente, cabe ao homem comprar a casa do casal. Em uma pesquisa recente, 70% das mulheres disseram que o homem tem de ter uma casa antes do casamento.
Em casos de divórcio, a casa era dividida entre os dois. Mas graças a uma nova legislação, a casa a partir de agora passa a ser dividida de acordo com a contribuição feita por cada parceiro na compra do imóvel. Essa mudança na lei é grande e, somada a uma alta nos preços de propriedades, está gerando forte reação na opinião pública.
"Eu acho que a nova lei é antimulher", disse uma moradora de Pequim, Liu, enquanto fazia compras. "Por outro lado, casamento não é só propriedades, dinheiro não deveria ser tão importante".
Outros passantes discordam. "As mulheres não têm as mesmas responsabilidades financeiras quando se casam", disse o chinês Gao. "Homens têm mais responsabilidades, já que há a expectativa de que eles comprem a casa. Então talvez (a nova lei) facilite as nossas vidas".
Surpresa Desagradável
Segundo o advogado especializado em divórcios Wang Xiuquan, a nova lei preocupa muitas mulheres. Ele disse que as pessoas esperam mais igualdade no casamento hoje em dia e quando um relacionamento fracassa estão mais inclinadas a pedir o divórcio do que as antigas gerações. "Já que o homem tradicionalmente compra a casa do casal, muitas mulheres se sentem vulneráveis", explicou.
Algumas mulheres, na eventualidade de um divórcio, podem acabar sem casa. Mas se o casal tiver filhos, o pai - na maioria dos casos - terá de dar assistência financeira à mãe que cuida das crianças.
Wang disse acreditar que a nova lei é positiva, porque reflete as mudanças na sociedade. "A nova emenda à lei do casamento ajuda o sistema legal a lidar com casos de divórcio", disse. "Mas não pode mudar a atitude das pessoas em relação ao casamento".
O correio de Pequim espera que seu esquema evite que alguns casais procurem o tribunal para o divórcio. A instituição também está criando selos especiais, cartões postais e até um Passaporte do Amor que pode ser carimbado em cada aniversário do casamento.
O sucesso do esquema não poderá ser avaliado antes de pelo menos sete anos, disse sua criadora, Sun Buxin, gerente de uma agência dos correios em Pequim.
E para os casais que optarem pelo divórcio antes de completarem sete anos de casados, Sun Buxin manda um aviso: "Se os casais não nos disserem para cancelar o serviço, nós vamos entregar a carta".
Fonte

Padre Tiago Roney Sanxo - 10 anos de Sacerdócio

Data de nascimento: 29 de março de 1973 em Santa Teresa, Espírito Santo.

Idade: 38 anos.

Pais: Antônio Carlos Sanxo (faleceu quando Tiago tinha 6 anos) e Glória Regina Barbosa da Silva Sanxo.

Irmãos: Ted Renan Sanxo e Sâmia Regina Coqueto.

Avós: Olivia e Eliza foram seus grandes exemplos de católicos e o incentivaram muito na vocação sacerdotal.

Primo Padre: José Pedro Luchi.

Toda família é muito católica!

Morou em Santa Teresa até os 16 anos. Dos 16 aos 20 morou em Jardim Itapoã, aonde teve uma forte experiência de Deus, e renovando seu chamado ao sacerdócio.

Estudou em São Paulo, 3 anos de Filosofia no Instituto São Boaventura, e 4 anos de teologia na Pontifícia faculdade Nossa Senhora da Assunção. Também é formado em Pedagogia, pelo Centro Universitário Claretiano.

Ordenado Diácono em 21/10/2000 no Santuário do Terço Bizantino.

Ordenação sacerdotal dia 3 de novembro de 2001, na Paróquia Sagrado Coração de Jesus, cidade de São Paulo, Diocese de Santo Amaro. Ordenado por Dom Fernando Antônio Figueiredo.

Trabalhou nas seguintes Paróquias da Diocese de Santo Amaro: Santa Luzia; Nossa Senhora das Dores; Santa Cruz e São Joaquim e Santana.

No dia 21 de dezembro às 19:30, o Padre Tiago Roney Sanxo tomou posse como pároco na Paróquia São José em Guarapari. Uma belíssima celebração presidida por Dom Mário Marquez, contando com as presenças dos padres Hiller, Manuel, Alair, Luis Henrique e Pierre, leigos da Paróquia São Francisco de Assis - Itapuã onde Pe. Tiago foi vigário, leigos da paróquia São José e Comunidade Epifania que foi designada por Dom Luis para auxiliar na formação.

Dia 03 de novembro de 2011, completou 10 anos de sacerdócio! A Missa em ação de Graças ao bom Deus aconteceu ontem, dia 06 de novembro na Comunidade Santa Rita de Cássia da Paróquia São José em Guarapari. A solene Missa reuniu representantes das 26 comunidades da Paróquia São José, além de visitantes de Vila Velha, Comunidade Epifania e é claro os irmãos Ted Renan e Sâmia Regina junto com a mãe dona Glória Regina.

Parabéns Pe. Tiaguinho!

Deus o abençoe mais e mais!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12