11 de mai de 2012

Informativo Cléofas - 02/04/2012*


Informativo Cléofas, 02 de maio de 2012- Ano VII- N°216.



Notícias do Site Cléofas
O programa Escola da Fé, é exibido toda quinta-feira às 20h40 na TV Canção Nova (Link)

Para Meditar...
As dores de Maria
A América foi muitas vezes invadida por holandeses, franceses, que não eram católicos. Porém, sempre os portugueses conseguiram vencer esses povos, e se não fossem eles, talvez a América não seria católica. Nossa Senhora sempre protegeu a nossa Pátria.
A primeira coisa que Nossa Senhora pede é uma Capela, por isso foi feita uma capelinha na beira do Rio Paraíba, e depois a grande Basílica de Aparecida que é para nós um marco. E temos que construir mesmo. Um dia perguntaram para um rapaz perto de mim, porque vemos uma multidão de pessoas muito simples, e aí perguntaram para o rapaz: “Você não acha que esse santuário é muito luxuoso? Você não acha que deveria pegar este dinheiro e dar aos pobres?” E ele respondeu: “Mas foram os pobres que construíram este santuário, são os pobres que deixam o dinheiro aqui, e são eles que querem que a Mãe de Deus seja glorificada e que tenha uma casa bonita para abençoar seus filhos aqui." Continue lendo...
Prof. Felipe Aquino

Pergunte e Responderemos
Em que consiste a Tradição?
A Igreja Católica admite duas fontes de fé: a Escritura Sagrada e a Tradição divino-apostólica; esta, não necessariamente consignada em documentos literários, mas sempre transmitida por via oral. A autenticidade desta segunda fonte sendo não raro controvertida (tradição, na linguagem cotidiana, significa por vezes lenda ou produto da imaginação), propomo-nos estudar o significado que lhe compete, assim como algumas premissas de história que concorrem para ilustrá-la.
1. Significado e valor da Tradição

1. Sabe-se que Jesus Cristo nada deixou escrito nem se preocupou com a redação de seus ensinamentos (a escrita não era veículo habitual do magistério entre os antigos, pois que constituía uma arte dispendiosa e difícil). Apenas mandou aos Apóstolos, fossem pregar pelo mundo e se tornassem testemunhas da verdade; cf. Mt 10, 7; 28, 18-20; Mc 16, 15.
Os Apóstolos e seus discípulos empreenderam, sim, escrever alguma coisa dos ditos e feitos do Divino Mestre, sem, porém, visar expor todo o depósito dos ensinamentos de Jesus, como eles mesmos declararam (cf. Jo 20,32; 21,25; 2Tes 2,15). Consignaram por escrito apenas aspectos fragmentários da vida e da doutrina de Jesus, atendendo a necessidades esporádicas das comunidades cristãs ou da catequese. Continue lendo...

D. Estevão Bettencourt

Blog do Prof. Felipe Aquino
Anjos, uma verdade de Fé
O que a Igreja ensina sobre os Anjos
A Igreja celebra em 29 de setembro a festa litúrgica dos Santos Arcanjos: Miguel (Quem como Deus!), Gabriel (Força de Deus) e Rafael (Cura de Deus).O Catecismo da Igreja afirma sem hesitação a existência dos anjos: “A existência dos seres espirituais, não-corporais, que a Sagrada Escritura chama habitualmente de anjos, é uma verdade de fé. O testemunho da Escritura a respeito é tão claro quanto a unanimidade da Tradição” (§ 328).
O Catecismo lembra que “Cristo é o centro do mundo angélico” (§ 331). Eles pertencem a Cristo, porque são criados por Ele e para Ele, como disse São Paulo: “Pois foi Nele que foram criadas todas as coisas, nos céus e na terra, as visíveis e as invisíveis: Tronos, Dominações, Principados, Potestades, tudo foi criado por Ele e para Ele” (Cl 1, 16). Os anjos também são de Cristo porque Ele os fez mensageiros do seu projeto de salvação da humanidade. “Ainda aqui na terra, a vida cristã participa, na fé da sociedade bem-aventurada dos anjos e dos homens, unidos em Deus.” (§ 336) Continuar lendo...
Prof. Felipe Aquino

Livro da Semana
Para entender e celebra a Liturgia

Através da Liturgia, Cristo continua a obra de nossa salvação.
Sua "eficácia, no mesmo título e grau, não é igualada por nenhuma outra ação da Igreja" (SC,7).

Diz a Sacrosantum Concilium, que por ela, o próprio Cristo exerce o seu múnus sacerdotal para a nossa salvação.

Assim, a celebração litúrgica, como obra de Cristo Sacerdote e de seu corpo que é a Igreja, é ação sagrada por excelência. Entretanto, muitos católicos a desconhecem.

Este livro apresenta de maneira condensada, o rico sentido da Liturgia e os significados dos termos litúrgicos, dos sinais usados, das vestes e objetos litúrgicos, das cores, do rito litúrgico, do Tempo Litúrgico, da Liturgia das Horas, e das principais normas aprovadas para a celebração da Santa Missa contidas na Instrução Geral do Missal Romano.

Assista ao novo Programa do Prof.Felipe Aquino:
PERGUNTE E RESPONDEREMOS
Toda sexta-feira às 15h30 na TV Canção Nova
Participe! Envie sua pergunta!


Você já conhece os podcasts do Prof. Felipe Aquino?
Acesse o link e ouça o PODCAST da semana:
LANÇAMENTOS
Palestra- Cura e Libertação pela Eucaristia
Palestra- A Fé e a Razão em harmonia
Palestra- A Igreja Mãe e Mestra
Palestra- Como vencer a Depressão?
Coleção Família- Com 9 palestras abordando diversos temas sobre família
2 Cd's-Mp3
Coleção Curso Bíblico- Do Gênesis ao Apocalipse
11 Cd's-Mp3
Coleção Catecismo da Igreja Católica
11 Cd´s-Mp3


SHOPPING CLÉOFAS

A mulher do Apocalipse
O Socorro da Virgem Maria
O Segredo de Maria

Facebook
Twitter
Shopping virtual
* Caso não deseje mais receber a newsletter, entre em contato e escolha o assunto "Newsletter - REMOVER".
Editora Cléofas - 2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12