25 de set de 2015

3X sumo pontificie

Bento IX foi papa da Igreja Católica por três vezes.

Nascido em Túsculo, na Itália, entre os anos 1012 e 1020, o que ainda não foi precisamente determinado pelos pesquisadores, Theophylactus III de Túsculo era filho de Albérico III, o conde de Túsculo, e membro de uma família com importante linhagem religiosa e representatividade para os católicos. Era sobrinho dos papas Bento VIII e João XIX. O poder político que sua família possuía no mundo cristão e fora dele era grande o suficiente para fazer de Theophylactus um caso singular na história da Igreja Católica. Por influência de Albérico III, Theophylactus tornou-se papa muitíssimo jovem, quando tinha entre 18 e 20 anos de idade. Algumas fontes e alguns pesquisadores sugerem, inclusive, que essa idade seria ainda menor, entre 11 e 12 anos. No entanto, tudo indica que seu papado precoce não era reflexo de uma vida de devoção ou de destaque religioso. Muito pelo contrário, Theophylactus não tinha qualquer qualificação para o cargo. Sua fama como papa é tão negativa que até a Enciclopédia Católica, publicada pelo Vaticano, o chama de desgraça na Cadeira de Pedro. Theophylactus sucedeu o Papa João XIX, herdando, na verdade, o posto de Sumo Pontífice de seu tio graças ao poder e à riqueza da família. Adotando o nome Bento IX,
 Ele chegou ao cargo máximo da Igreja Católica em outubro de 1032 e, após ter sua fama disseminada, foi forçado a sair de Roma em 1036. Porém retornou pouco tempo depois com a ajuda do imperador Conrado II. A oposição o forçou a abandonar a cidade novamente em 1044 e ainda escolheu um novo papa, Silvestre III.
Bento IX foi sucedido por Silvestre III ao ser afastado do posto em janeiro de 1045. Mas rapidamente reuniu forças para retornar como papa em abril daquele ano. Seu segundo papado duraria pouco tempo. Tudo indica que por foi por consequência de álcool que o Papa Bento IX abdicou de seu papado em troca de matrimônio. O que o levou a vender seu papado a seu padrinho, o sacerdote João Gratian, que seria nomeado Papa Gregório VI, seu segundo sucessor. Mas rapidamente Bento IX se arrependeu e retornou a Roma para ocupar seu lugar.

Silvestre III, que ainda se nomeava papa, e Bento IX foram declarados depostos pelo rei germânico Henrique III. Um novo papa, Clemente II, foi, então, coroado como sucessor. Só que este faleceu em outubro de 1047, abrindo espaço para que Bento IX se apoderasse do Palácio de Latrão. Assim começava seu terceiro papado. Mais uma vez, ele ficaria pouco tempo à frente da Igreja Católica, porque enfrentava forte oposição. Tropas germânicas o expulsaram em julho de 1048, deixando vaga a cadeira papal. Para o seu lugar foi eleito o Papa Dâmaso II, que foi oficialmente reconhecido por todos.

Bento IX foi nomeado para atender aos interesses das classes campestres de Roma. Todavia, nada sabia sobre as funções e obrigações de um papa. Além de ser um dos papas mais jovens da história, seu papado tem outros destaques atípicos. Foi o único homem a ser papa mais de uma vez, o único a vender seu papado e o primeiro a renunciar ao cargo. Bento IX foi excomungado em 1049 e, depois disso, pouco se sabe sobre sua vida. Acredita-se que ele tenha desistido de tentar retomar a cadeira papal e que tenha sido até perdoado pelo Papa Leão IX. Theophylactus viveu, pelo menos, até a década de 1080, quando faleceu provavelmente em 1085 e foi sepultado na abadia de Grottaferrata. É uma dos papas mais detestados pelos católicos.

Fonte:

DUFFY, Eamon. Santos e Pecadores: história dos Papas. São Paulo: Cosac & Naify, 1998.
FISCHER-WOLLPERT, Rudolf. Os Papas e o Papado. Petrópolis: Editora Vozes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.