15 de set de 2015

NOSSA SENHORA DAS DORES

NOSSA SENHORA DAS DORES

A celebração litúrgica das Sete Dores da Virgem foi acolhida no calendário romano pelo Papa Pio VII (século XVII). Pio X fixou a data definitiva para 15 de Setembro, conservada no novo calendário litúrgico, que mudou o título da festa: de Sete Dores de Maria, para Nossa Senhora das Dores. Com este título nós honramos a dor de Maria aceita na redenção mediante a cruz. É junto à Cruz que a Mãe de Jesus crucificado torna-se a Mãe do corpo místico nascido da Cruz, isto é, nós somos nascidos, enquanto cristãos, do mútuo amor sacrifical e sofredor de Jesus e Maria. Eis porque hoje se oferece à nossa devota e afetuosa meditação a dor de Maria, Mãe de Deus e nossa.

A “paixão” de Maria se concentra na cena em que ela está de pé junto à cruz de seu Filho. Sabemos, porém, que Maria, durante toda a sua vida, com seu coração de mãe, conheceu e experimentou o sofrimento ao ver seu Filho rejeitado pelos adversários. Por isso a devoção popular enumerou os principais momentos os principais momentos dolorosos de Maria, suas Sete Dores: a profecia do velho Simeão, a fuga para o Egito, a perda de Jesus aos doze anos, o caminho de Jesus para o Calvário, a crucificação, a deposição da cruz, o sepultamento de Jesus.

Portanto, somos convidados hoje a meditar estes episódios mais importantes que os evangelhos nos apresentam sobre a participação de Maria na paixão, morte e ressurreição de Jesus.

Nossa Senhora das Dores é também chamada Nossa Senhora da Piedade, Nossa Senhora da Soledade, Nossa Senhora das Angústias, Nossa Senhora das Lágrimas, Nossa Senhora das Sete Dores, Nossa Senhora do Calvário, Nossa Senhora do Monte Calvário, Mãe Soberana ou ainda Nossa Senhora do Pranto, e invocada em latim como Beata Maria Virgo Perdolens, ou Mater Dolorosa.

Vamos nós, cristãos, pedir auxílio à Rainha dos Mártires, para que nos mantenha afastados do pecado, e nos dê força, auxílio e paciência para levarmos a nossa Cruz.

Fontes: Dia a Dia com o Evangelho – 2015, Ed.Paulus /
www.cancaonova.com / www.obradoespiritosanto.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.