28 de set de 2015

Reflexões sobre o Amor de Deus


“Queridos amigos, amemos uns aos outros porque o amor vem de Deus. Quem ama é filho de Deus e conhece a Deus. Quem não ama não o conhece, pois Deus é amor”. 1 João 4,7-8

Irmãos, falar de Deus é quase impossível. Ele é o inexprimível. Esta tarefa é quase insana se não fosse a revelação do próprio Deus a nos dizer quem é Ele. E Deus se revelou de forma maravilhosa e ainda hoje se revela por vários meios. E mais incrível ainda: Deus se revelou de forma humilde, isto é, de forma que todos pudessem compreendê-lo. Todos podem compreendê-lo! Isso é maravilhoso! Já meditou sobre isso? Deus se coloca acessível a nós para que o compreendamos e entremos em seus mistérios!

Mas espera aí! Tem um detalhe: Deus se fez tão simples, tão humilde, tão pequeno que Ele pode ficar não tão entendível pelos que não possuem um coração simples, humilde, pequeno. O Majestoso, o Criador do universo se fez amor... E o apóstolo diz que “quem não ama não o conhece, pois Deus é amor”.

Deus não tem a virtude do amor. A virtude do amor na sua essência mais pura reflete um pouco da essência de Deus. Deus é amor; Deus é amor; Deus é amor...

Mas o que é amor? Sentimento? Razão? Ação? Vontade? Vamos ouvir o que o próprio Jesus tem a nos dizer sobre o amor:

“Ninguém tem mais amor pelos seus amigos do que aquele que dá a sua vida por eles”. João 15,13
Dar a vida. Doação, gestos concretos de auxílio ao outro. De sofrer privações para que o outro receba o que precisa. Deus fez isso conosco. Já pensou nisso? É um mistério a se meditar por toda vida...

Deus não fez, Deus faz isso conosco hoje! Deus me ama... Deus te ama... Deus nos ama...

Ele não rejeita ninguém que vai a ele. Ninguém. Pode ir a Ele com toda segurança! Não tenha medo de Deus. A Palavra de Deus nos chama a temer a Deus e não a ter medo dele. É muito diferente. (Saiba a diferença clicando aqui).

Ele é um pastor que cuida das suas ovelhas. Você conhece uma ovelha? Já cuidou de ovelhas? Sabe como ela é limitada e frágil?

A ovelha é um animal muito frágil. Não consegue discernir a erva boa para comer da erva venenosa. Se o pastor do rebanho não estiver de olho incessante, ela vai cometer erros gravíssimos. É um animal medroso, quando não sente o cheiro do pastor ela fica insegura e desorientada. Facilmente ela afasta-se do rebanho e ela não enxerga direito. E afastada do rebanho, ela se torna presa fácil de predadores. É o pastor que a guia, alimenta e protege. Uma vez que uma ovelha se afasta do rebanho, ela não possui forças próprias para retornar ao aprisco. Ela precisa ser encontrada pelo pastor e ser trazida de volta.

Lembra da passagem da ovelha perdida? Somos estas ovelhas. Somos dependentes de Deus. Necessitamos dele. Ele não nos abandona nunca! Se Deus tirasse um pouquinho os olhos de nós, seríamos destruídos pelo inimigo instantaneamente! Por mais piores que sejamos, por mais frágeis que sejamos, Deus é amor para nós, para todos nós sem distinção!

Mas há algo que Deus não pode fazer conosco, que o amor não pode fazer conosco: nos acorrentar e obrigar a segui-lo. Porque aí não seria mais amor, mas escravidão. Este é o preço do amor: a liberdade. Deus não quer robôs obrigados a estar com ele, Deus quer ovelhas que queiram ser cuidadas por amor. Não seja uma ovelha rebelde, insensata, infiel. Seja uma ovelha obediente, amorosa e atenta ao pastor.

Ele quer nos levar para verdes prados verdejantes. No capítulo 10 do livro de João, Jesus fala que Ele é o pastor e que as suas verdadeiras ovelhas escutam a voz dele. Elas o conhecem e Ele as conhece.
Você tem escutado a voz do Mestre em sua vida? O pastor nos fala de diversos meios...
Abra seus ouvidos para escutá-lo!

Trago aqui um trecho deste capítulo 10 do Evangelho de São João. Reflita:
“1. Em verdade, em verdade vos digo: quem não entra pela porta no aprisco das ovelhas, mas sobe por outra parte, é ladrão e salteador.
2. Mas quem entra pela porta é o pastor das ovelhas.
3. A este o porteiro abre, e as ovelhas ouvem a sua voz. Ele chama as ovelhas pelo nome e as conduz à pastagem.
4. Depois de conduzir todas as suas ovelhas para fora, vai adiante delas; e as ovelhas seguem-no, pois lhe conhecem a voz.
5. Mas não seguem o estranho; antes fogem dele, porque não conhecem a voz dos estranhos.
6. Jesus disse-lhes essa parábola, mas não entendiam do que ele queria falar.
7. Jesus tornou a dizer-lhes: Em verdade, em verdade vos digo: eu sou a porta das ovelhas.
8. Todos quantos vieram antes de mim foram ladrões e salteadores, mas as ovelhas não os ouviram.
9. Eu sou a porta. Se alguém entrar por mim será salvo; tanto entrará como sairá e encontrará pastagem.
10. O ladrão não vem senão para furtar, matar e destruir. Eu vim para que as ovelhas tenham vida e para que a tenham em abundância.
11. Eu sou o bom pastor. O bom pastor expõe a sua vida pelas ovelhas.
12. O mercenário, porém, que não é pastor, a quem não pertencem as ovelhas, quando vê que o lobo vem vindo, abandona as ovelhas e foge; o lobo rouba e dispersa as ovelhas.
13. O mercenário, porém, foge, porque é mercenário e não se importa com as ovelhas.
14. Eu sou o bom pastor. Conheço as minhas ovelhas e as minhas ovelhas conhecem a mim,
15. como meu Pai me conhece e eu conheço o Pai. Dou a minha vida pelas minhas ovelhas.
16. Tenho ainda outras ovelhas que não são deste aprisco. Preciso conduzi-las também, e ouvirão a minha voz e haverá um só rebanho e um só pastor.
17. O Pai me ama, porque dou a minha vida para a retomar.
18. Ninguém a tira de mim, mas eu a dou de mim mesmo e tenho o poder de a dar, como tenho o poder de a reassumir. Tal é a ordem que recebi de meu Pai.
19. A propósito dessas palavras, originou-se nova divisão entre os judeus.
20. Muitos deles diziam: Ele está possuído do demônio. Ele delira. Por que o escutais vós?
21. Outros diziam: Estas palavras não são de quem está endemoninhado. Acaso pode o demônio abrir os olhos a um cego?
22. Celebrava-se em Jerusalém a festa da Dedicação. Era inverno.
23. Jesus passeava no templo, no pórtico de Salomão.
24. Os judeus rodearam-no e perguntaram-lhe: Até quando nos deixarás na incerteza? Se tu és o Cristo, dize-nos claramente.
25. Jesus respondeu-lhes : Eu vo-lo digo, mas não credes. As obras que faço em nome de meu Pai, estas dão testemunho de mim.
26. Entretanto, não credes, porque não sois das minhas ovelhas.
27. As minhas ovelhas ouvem a minha voz, eu as conheço e elas me seguem.
28. Eu llhes dou a vida eterna; elas jamais hão de perecer, e ninguém as roubará de minha mão.
29. Meu Pai, que mas deu, é maior do que todos; e ninguém as pode arrebatar da mão de meu Pai.
30. Eu e o Pai somos um.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.