24 de dez de 2015

Natal

Sobre o Natal!  Vc sabia?

Algo que não é unanimidade entre os Cristãos é o natal e sua data de comemoração, alguns pontos de vistas tem de ser observados e olhados de maneiras isolados para entender o porque de cada um comemorar a santa natividade em datas diferentes!
 Primeiramente, mas algo no inicio do cristianismo até o Século IV, o natal era comemorado no dia 17 de agosto, mas como com sentido igual, nascimento de nosso Senhor, porem porque em agosto, pois bem sendo no hemisfério SUL, da terra a biblia apresenta na leitura do dia que Maria e José se encontravam em uma instalação para colocar os animais e protege-lo do frio, inverno, no nosso hemisferio teria que ser por essa data, e claro a resseção para cadastro esse fato se encontra registrado no dia 17 de Agosto de nossos dias segundo o calendário Juliano(Guardem esse nome), e nesse calendário consta o nome de José vindo da casa de Daví, e toda a sua genealogia, ele se encontra atualmente na biblioteca do Vaticano!
 Uma coisa interessante a ser observadas e relatadas é que não haviam mais vagas em Belém, uma coisa pouco falada mas era quase que para todos, como foi profetizado o Messias nasceria em Belém, um costume muito comum era que as gestantes se mudassem para Belém para ter seus filhos lá, na esperança de que ele fosse o Salvador, por isso, que a cidade que tinha por volta de 11.000 habitantes em um dia teve quase dez vezes mais, não foi só Maria e José que ficaram de fora, mas por sorte Arrumaram a instalação mais chucra que tinham para eles! Por pena de Maria.
 Explicando de maneira simplificada: a Igreja Ortodoxa não aceitou a reforma do calendário promovida pelo Papa católico Gregório, em 1582. A reforma corrigiu a defasagem de 13 dias que havia entre a data do calendário e a data real da mudança das estações – equinócios e solstícios. Assim sendo, os ortodoxos continuam celebrando o Natal em 25 de dezembro, só que pelo calendário Juliano, criado por Júlio César em 45 a.C, enquanto nós adotamos a reforma católica e utilizamos o calendário Gregoriano. ficou aceito que o  Natal seria comemorado dia 6 de Janeiro, já sendo aceito com algumas mudanças, como a festa do Batismo, da circuncição do nosso senhor e da purificação de Maria no mesmo periodo ele não entendia o porque do natal tão longe. E nesse sentido a separação própria dos próprios ortodoxos, alguns diferenciados, como a igreja Copta Etiope, que ainda comemora o natal em agosto, enquanto as demais igrejas Ortodoxas menos a Armena, comemoram no dia 6 de Janeiro a Armena comemora no dia 7!

Feliz vespera de natal para todos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12