29 de jul de 2016

Chamados à Vida Intelectual




IMPORTÂNCIA

Irmãos, hoje, mais do que nunca, a necessidade de sabedoria neste mundo louco é urgente. Já diz as Sagradas Escrituras: "meu povo se perde por falta de conhecimento" (Oséias 4,6). O conhecimento da Verdade é uma busca fundamental da vida cristã. Sobre essa verdade essencial que todo cristão deve buscar sugiro ler o post "O Conhecimento da Verdade é tudo que precisamos".

Após eu ter descoberto a importância espiritual e mental da Vida Intelectual através do livro do Padre Sertillanges, grande estudioso de São Tomás de Aquino, e mais: que a Vida Intelectual é um chamado, uma vocação, confesso que meus olhos se abriram para muitas coisas que antes não enxergava devido a minha ignorância e conceitos tortos aprendidos desta sociedade pagã...

Chamo a todos pregadores, formadores e líderes que também se sentem chamados, mesmo que ainda veladamente, ainda que não entendam este chamado de forma plena, pois eu também não, pois estou ainda na busca e descoberta, convido a todos que comecem a empreender desde já uma busca sobre o que é essa tal 'Vida Intelectual', que é tão valorizada por muitos santos, doutores da igreja, filósofos, místicos e incentivada pelas Sagradas Escrituras.

Para isso quero compartilhar aqui uma série de informações essenciais aos que querem entender melhor tudo isso e aos que já se sentem chamados à vocação sublime da Vida Intelectual.



ATAQUES MALICIOSOS

Mas antes vou fazer um pequeno comentário introdutório a respeito do atual ataque àqueles que se esforçam sincera e diligentemente pela busca ao verdadeiro conhecimento:

Infelizmente a Vida Intelectual é muitas vezes "criminalizada" no Brasil.
Exagero? Me explico: quantas vezes ouvi dentro das igrejas críticas constantes e gratuitas às pessoas que possuem alguma bagagem de conhecimento... São muitas vezes rotuladas como pessoas isoladas ou soberbas sem nenhuma prova concreta de tais vícios... Como se o conhecimento fosse sinônimo de orgulho e prepotência. Nada mais mentiroso. Aprendi com Santo Agostinho, Santo Tomás de Aquino e Albert Einstein que quanto mais conhecimento, mais há Deus e mais humildade, por se reconhecer a miséria que somos diante de tanto conhecimento disponível. E quanto menos conhecimento, estudo parco,  mais há soberba e menos Deus...

As Sagradas Escrituras se expressam diversas vezes da importância do estudo, da sabedoria, do conhecimento, da ciência. Recomendo ver a série de textos selecionados que fiz aqui no blog sobre a Sabedoria no livro do Eclesiástico parte 1, 2 e 3.

Concordo que há sim pessoas que ao adquirirem algum conhecimento podem se achar superior a outras, mas isso é totalmente relativo e perigoso de se julgar. Como sabemos das intenções secretas do coração de uma pessoa? Como sabemos que ela se acha superior? Só por ter expressado um conhecimento que alguns ao redor dele não possui? Isso é soberba? Ou a verdadeira soberba não estaria nos que não possuem tal conhecimento, e ao invés de se colocarem em atitude de aprendizado, se fecham na sua arrogância invejosa e acusam o outro de não ser melhor que ele? Quem é melhor que alguém? Conhecimento define isso? O conhecimento é para ser partilhado ou oculto por medo de me acharem soberbo?

Lembremos que entre as obras de misericórdia espirituais, muito incentivadas pela Igreja neste ano da Misericórdia, estão estas três primeiras:
1)Ensinar os ignorantes
2) Dar bom conselho
3) Corrigir os que erram

Lembro que fui ensinado no início da minha caminhada sobre a importância da "exortação", que São Paulo insiste em citar nas suas cartas. Foi me ensinado que é obrigação por zelo de ajudar o irmão o fato de corrigi-lo quando ele erra e principalmente quando ele acha que está certo, quando na verdade está indo contra o que ensinou o Senhor. Aprendi que temos que exortar, mesmo que o irmão não aceite. Que é melhor sofrermos por alertar da verdade do que carregar o pecado da omissão ou cumplicidade no mal. Mas hoje o "politicamente correto" tão entranhado nas igrejas nos impedem de ir contra os erros que se espalham em nosso meio.

Orgulho, prepotência, soberba são coisas bem diferentes de conhecimento, sabedoria, ciência e intelectualidade. A primeira família é composta de vícios capitais e são pecados, enquanto a outra família é composta por dons do alto, dons do Espírito Santo.

Na verdade estas críticas, infelizmente, vem muitas vezes de pessoas preguiçosas de dedicação ao estudo ou invejosas de quem o pode ou paga o preço pela busca da sabedoria, como nos diz a Sagrada Escritura. Há outras pessoas que simplesmente não são chamadas a esta vocação intelectual e tenho certeza que não precisam se prestar a criticar quem a tem, mas admiram e incentivam tal dom nos seus irmãos. Às vezes concordo com o que Tom Jobim dizia: "No Brasil, sucesso é ofensa pessoal".



PROPOSTAS PARA CONHECER O QUE É A VIDA INTELECTUAL

Mas passado este comentário introdutório, vamos ao objetivo desta postagem. Gostaria de colocar aqui uma lista de materiais que acho imprescindível que chegue ao conhecimento de quem se sente chamado a desbravar a busca pela sabedoria e conhecimento, quem se sente chamado à pregação, à formação própria e de outros.

Tenho pesquisado bastante e o que vou listar aqui é só um começo, peço que quem tem outros links e materiais a propor que me passe para eu acrescentar nesta lista.

A primeira e fundamental orientação que quero propor é a leitura e estudo da magnânima obra do Padre Antonin Dalmace Sertillanges, o livro "A Vida Intelectual". Eu fiz um resumo da obra e publiquei dois textos do livro aqui neste blog: "O intelectual é um consagrado" e "O intelectual não é um isolado, ele pertence a seu tempo".

Recomendo a leitura destes excelentes artigos da Bruna Luiza:
Como iniciar sua vida intelectual
Vida intelectual: o que é, e por que buscá-la?
Vida intelectual: aprendendo a gostar de estudar
Vida intelectual: guia de organização para iniciantes

Interessante esta coletânea de frases:
Frases marcantes do livro "A Vida Intelectual"

Sugiro também os artigos do Eduardo Costa:
Meu modelo de estudos para a autoeducação
Minuciando meu modelo de estudos (parte 1)
Minuciando meu modelo de estudos (parte 2)

Sugiro os seguintes artigos do Filósofo Olavo de Carvalho:
O poder de conhecer
Educação ao contrário
Espírito e personalidade

Acho um tesouro o curso "Princípios e métodos da auto-educação":
Princípios e métodos da auto-educação

Sugiro estes dois links com vários vídeos que publiquei neste blog mesmo:
Vídeos sobre o livro "A Vida Intelectual"
Dicas para leitores

E aqui algumas dicas sobre a leitura de livros:
Os quatro níveis de leitura e a maneira ideal de ler um livro, segundo Mortimer Adler
A leitura analítica e as 15 regras para ler um livro, segundo Mortimer Adler

Esses materiais todos são de uma riqueza enorme. Guarde este post nos seus favoritos e se organize para ler e estudar todos estes materiais, pois são essenciais para introdução na Vida Intelectual. Espero, com este post, ter ajudado alguém que está iniciando, conhecendo este caminho abençoado da busca pela verdade e o desejo de aprofundar no conhecimento dela.






NOTA
CONVITE PESSOAL

Gostaria de finalizar fazendo um convite.
Gostaria de convidar meus próximos mais próximos a formarmos um grupo de amigos que estudam.

Devemos parar de só reclamar do governo por proporcionar uma educação de péssima qualidade, ou de só reclamar da Igreja a formação doutrinal que ela não proporcione e começarmos a "correr atrás de resolver o prejuízo".
Educar-se é dever de cada um. Aliás, Educar-se é dever de todos.

Vocês verão que o caminho desta Vida Intelectual não é fácil. É cheia de dificuldades, provações, sofrimentos, aprendizados e purificações. E uma das coisas que ajudaria muito seria a amizade. Sim, desbravar tal caminho, não sozinho, mas acompanhado por irmãos que sintam o mesmo chamado.
Portanto gostaria de propor criarmos um grupo de amigos chamados à Vida Intelectual para se unir em reuniões trimestrais para compartilhar seus aprendizados, ajudarem-se mutuamente trazendo dicas, experiências, orarem juntos e outras coisas que acharem necessário. 
Sem grandes obrigações. Apenas uma reunião de amigos que tem objetivos iguais: aprender mais sobre a verdade e levar um pouco do conhecimento ao mundo sedento.
Quem mora nas redondezas de Guarapari-ES e quiser fazer parte deste grupo de amigos, entre em contato comigo, pois gostaria de fazer esta primeira reunião ainda neste mês de agosto ou setembro.

Deus nos abençoe!
Shalom!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12