16 de nov de 2016

Aprendendo a orar como Jesus - 2

Vejamos o que Jesus nos ensinou sobre o local específico para orar.


Nos Evangelhos, temos algumas passagens que nos mostram que Jesus gostava de fazer Suas orações "em segredo " se retirando para "lugares solitários para orar"(Lucas 5, 16); "ao monte para orar" (Marcos 6, 46); "à montanha para orar na solidão. (Mt 14,23). Ele também falou sobre isso: "Quando orares, entra no teu quarto, fecha a porta e ora ao teu Pai em segredo" (Mt 6,6).


Além do lugar reservado a sós para orar, Jesus também " ora com as palavras e nos ritmos da oração do seu povo"(CIC 2599)1, na sinagoga e no Templo:
Sinagoga - A presença de Jesus nas sinagogas é vista em várias passagens dos quatro Evangelhos, por exemplo: "Jesus pregava nas sinagogas da Judéia" (Lc4,44); "Dirigiu-se a Nazaré, onde se havia criado. Entrou na sinagoga em dia de sábado, segundo o seu costume, e levantou-se para ler." (São Lucas 4, 16)"; "Jesus voltou para a Galiléia (...) Ensinava em suas sinagogas e era glorificado por todos." (Lc 4, 14-15); "e foi por toda a Galiléia, pregando em suas sinagogas e expulsando os demônios" (Mc 1, 39); ensinava aos sábados em Cafarnaum, cidade da Galiléia. (Lc 4, 31; Mc 1,21); "Tal foi o ensinamento de Jesus na sinagoga de Cafarnaum." (Jo 6, 59).

Templo - Jesus "professou pelo templo de Jerusalém o mais profundo respeito. Ali foi apresentado por José e Maria, quarenta dias depois do seu nascimento (Lc 2, 22-39). Na idade de doze anos, decidiu ficar no templo para lembrar aos seus pais que tinha de Se ocupar das coisas de seu Pai (Lc 2, 46-49). Ao templo subiu todos os anos, ao menos pela Páscoa, durante a vida oculta (Lc 2, 41). O seu próprio ministério público foi ritmado pelas peregrinações a Jerusalém nas grandes festas judaicas (Jo 2, 13-14; 5, 1.14; 7, 1.10.14; 8, 2; 10, 22-23)."(CIC 583)2. " Jesus subiu ao templo como quem sobe ao lugar privilegiado de encontro com Deus. O templo é para Ele a casa do seu Pai, uma casa de oração, e indigna-Se com o facto de o átrio exterior se ter tornado lugar de negócio (Mt 21, 13)"(CIC 584)2. Nos últimos dias de Jesus, "durante o dia Ele ensinava no Templo, mas passava as noites ao relento, no monte chamado das Oliveiras. E todo o povo madrugava junto com Ele no Templo, para ouvi-Lo." (Lc 21,37-38).
A Igreja Católica também ensina quais são os lugareis favoráveis à oração (CIC 2691)3:

"A Igreja, casa de Deus, é o lugar próprio para a oração litúrgica da comunidade paroquial. E também o lugar privilegiado da adoração da presença real de Cristo no Santíssimo Sacramento. (...)
- para a oração pessoal, pode ser um "recanto de oração", com as Sagradas Escrituras e imagens sagradas, para aí estar "no segredo" diante do Pai. Numa família cristã, essa espécie de peque no oratório favorece a oração em comum; 
- nas regiões onde existem mosteiros, a vocação dessas comunidades é favorecer a partilha da Oração das Horas com os fiéis e permitir a solidão necessária a uma oração pessoal mais intensa; 
- as peregrinações evocam nossa caminhada pela terra em direção ao céu. São tradicionalmente tempos fortes de renovação da oração. Os santuários são para os peregrinos, em busca de suas fontes vivas, lugares excepcionais para viver "como Igreja" as formas da oração cristã.". 

Notas:

1. Catecismo da Igreja Católica, parágrafos 2599. Disponível em: http://www.vatican.va/archive/cathechism_po/index_new/p4s1cap1_2566-2649_po.html
2. Catecismo da Igreja Católica, parágrafos 583, 584. Disponível em: http://www.vatican.va/archive/cathechism_po/index_new/p1s2cap2_422-682_po.html
3. Catecismo da Igreja Católica, parágrafo 2691. Disponível em: http://www.vatican.va/archive/cathechism_po/index_new/p4s1cap2_2650-2696_po.html
1< >3

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.