5 de nov de 2017

5º Dia - NOVENA MEDITATIVA A SÃO LEÃO MAGNO



Sermões de São Leão Magno sobre a importância de combater e denunciar os hereges e heresias.


Texto extraído do livro "Sermões" de São Leão Magno da Editora Paulus.

(...) É prova de grande compromisso desvelar os esconderijos dos ímpios e de combater neles o diabo a quem servem. É preciso, na verdade, caríssimos, que toda a terra e toda a Igreja espalhada em todos os lugares, empunhe contra eles as armas da fé; mas vossa entrega a Deus deve transcender nesta missão...

(...) Não permitamos que fiquem escondidos homens que não crêem na lei deixada por Moisés, através da qual Deus se mostrou autor do universo; eles contradizem os profetas e o Espírito Santo, ousam rejeitar com impiedade condenável os salmos de Davi cantados fervorosamente pela Igreja inteira; negam o nascimento do Cristo Senhor, segundo a carne; dizem que sua paixão e sua ressurreição foram simuladas, não verdadeiras; o batismo, eles o despojam de toda a graça e eficácia, o batismo de regeneração. Para eles, nada é santo, nada íntegro, nada verdadeiro. É preciso evitá-los para que não façam mal a ninguém; é preciso denunciá-los...

(...) Caríssimos, o dever dos médicos competentes e experimentados é prevenir, com remédios, as doenças às quais está exposta a fraqueza humana e indicar os meios de evitar o que prejudica a saúde; do mesmo modo, o nosso ministério pastoral deve velar para que a deturpação da heresia não prejudique o rebanho do Senhor e mostrar como evitar a astúcia dos lobos e ladrões. Com efeito, a impiedade dos hereges nunca pôde ocultar-se tão bem que não fosse descoberta por nossos santos Padres e justamente condenada.

(...) Sobre o espírito ou a intenção que anima a audácia deles não podemos ter nenhuma hesitação: depois que eles se afastaram da verdade do Evangelho e seguiram as mentiras do diabo, eles querem que outros sejam companheiros de sua perdição.

Em nossa solicitude paterna e fraterna, exortamo-vos, pois, a rejeitar todo assentimento e todo acordo de pensamento a esses adversários da fé católica, a esses inimigos da Igreja, a esses negadores da encarnação do Senhor, a esses homens que estão em oposição ao símbolo estabelecido pelos santos apóstolos. Com efeito, diz o Apóstolo: “Quanto ao herege, depois de uma primeira e de uma segunda admoestação, evita-o. Tal homem, tu o sabes, é um desviado e um pecador que se condena a si mesmo”.

(...) Portanto, caríssimos, desses, dos quais estamos falando, fugi como de veneno mortal, execrai-os, desviai-vos deles e se, advertidos por vós, não quiserem corrigir-se, evitar conversar com eles, porque, como está escrito, “a palavra deles é como a gangrena, que corrói”. Àqueles que por um justo julgamento foram rejeitados da unidade da igreja não se deve nenhuma comunhão, comunhão que eles perderam não por ódio nosso, mas por seus crimes.

(...) Poderá haver coisa mais iníqua do que alimentar idéias ímpias e não assentir ao parecer dos mais sábios e doutos? Em tal insipiência caem os que, ao depararem com alguma obscuridade na busca da verdade, não recorrer às palavras dos profetas, nem às escrituras dos apóstolos, nem à autoridade dos Evangelhos, mas a si mesmos. São mestres do erro, porque não quiseram ser discípulos da verdade. Que instrução teve do Novo e do Antigo Testamento quem não compreendeu sequer o início do Símbolo?




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.